Vamos falar de coisa séria

Você sabe qual o papel do (a) prefeito (a) e do vereador (a)?

Você já deve ter se perguntado: “Será que há alguma faculdade ou curso que forma prefeitos e vereadores?” Mas, antes de responder, explicaremos qual a função que cada um exerce.

O (a) prefeito (a) é responsável por administrar o município, é função dele (a) decidir como vai ser distribuído o dinheiro público e onde será investido. Esse dinheiro vem dos impostos que todo cidadão paga. O (a) prefeito (a) cuida das áreas de saúde, de educação, de transporte público, de limpeza urbana, de saneamento básico e de manutenção dos espaços públicos da cidade, entre outras inúmeras áreas que necessitem de serviços destinados para a melhoria da cidade e do bem-estar da população.

O (a) prefeito (a), sendo o agente político superior dentro de uma cidade, deve agir como comunicador e defensor da cidade perante a Câmara Municipal e outros órgãos do governo, com o intuito de zelar pelos interesses da população e do bem-estar de todos. O seu mandato é de 4 anos, podendo ser reeleito por mais 4 apenas.

Já o (a) vereador (a) é o porta-voz da população, aquele (a) que fala por você, é ele ou ela quem cuida dos interesses e das necessidades do cidadão. O (a) vereador (a) é responsável por elaborar projetos de leis para o município, discuti-los e votá-los.

Também é sua função fiscalizar as ações do (a) prefeito (a) e de outros funcionários públicos; avaliar os orçamentos dos municípios e aprovar os gastos realizados pelo (a) prefeito (a). O mandato de um (a) vereador (a) é diferente de um (a) prefeito (a), embora também seja de 4 anos, assim como o de um (a) prefeito (a), eles podem ser reeleitos pelo povo. No entanto, o (a) prefeito (a) só pode ter dois mandatos, enquanto o (a) vereador (a) não há um limite de mandato consecutivos, ele pode permanecer no cargo por tempo indefinido, desde que seja eleito pela população.

Mas, afinal, qual curso de faculdade deve-se fazer para ser prefeito (a)?

Esse pode ser o ponto que muitos ficam na dúvida, não é mesmo? Mas não há nenhuma obrigatoriedade de curso ou faculdade específica, por isso temos no Brasil prefeitos que são médicos, advogados, engenheiros e ainda aqueles que, possivelmente, não têm nenhum curso superior. Mas o ideal é que ele tenha uma boa formação, conheça a cidade e o território que representará ao se candidatar, conhecendo as dificuldades e necessidades da população.

Abaixo, seguem alguns vídeos sobre o tema:

Clique aqui e aqui.

Até a próxima e continuem se cuidando!

Notícias Relacionadas