Reforma para proporcionar conforto e segurança aos estudantes

Prédio, de mais de 40 anos, nunca havia passado por reforma integral

A Escola Municipal Isabel Nascimento de Mattos que fica no bairro Petrolândia é uma, entre as 32 escolhidas, para receber reformas integrais. O prédio foi selecionado por meio de análises técnicas de engenheiros. A estrutura, de mais de 40 anos, nunca havia passado por reformas.

As obras começaram em setembro do ano passado e a previsão é que sejam entregues em abril. A sala dos professores já foi pintada e ganhou uma nova janela de alumínio. A sala de reunião foi refeita e também ganhou novas cores, janela e piso antiderrapante.

No pátio foram instalados refletores de LED e todo o telhado foi trocado. As telhas de amianto foram substituídas, o que acabou com o calor excessivo durante as aulas e ainda servirá como isolante acústico. O refeitório foi ampliado e recebeu novos revestimentos.

A quadra vai receber um novo piso e novas as traves. As dez salas de aula já estão bem diferentes. As janelas de ferro estão sendo substituídas por outras mais leves, de alumínio. O piso antigo é substituído por granitina.

Ainda estão previstas a construção de salas de informática e inglês. As melhorias vão trazer mais conforto e segurança aos educadores e os 620 estudantes, matriculados do 6º ao 9º ano. “Eu estudei na escola Isabel Nascimento e hoje como diretora posso dizer que em 40 anos a instituição está recebendo o investimento que merece”, destacou a diretora, Ana Maria Paixão.

O investimento é de 510 mil reais. Por se tratar de uma obra grandiosa, não foi possível concluir o trabalho durante as férias. Por isso, nos primeiros dias do ano letivo, as aulas terminaram mais cedo. Mas a Secretaria Municipal de Educação readequou o calendário escolar e os estudantes não serão prejudicados. Eles terão os 200 dias letivos, previstos em lei.

A orientação é que as obras ocorram em locais isolados, longe dos estudantes. Fabiane Diniz tem um filho matriculado na escola e está satisfeita com a reforma. “Desde que me moro na região, nunca vi uma mobilização tão grande. Eu acredito que a escola ficará mais bonita, segura e confortável. Já estou ansiosa para ver o prédio prontinho”, comemorou.

Confira algumas fotos de como a escola era e como está ficando.

 

Reportagem: Leonardo Melo
Fotos: Newton de Castro Resende
Publicação: 13/03/2018

Notícias Relacionadas