Educadores aprendem técnicas para mediar de conflitos nas escolas

Ações vão ajudar os educadores a solucionar problemas entre estudantes nas escolas

Pedagogos do do 3º e 4º ciclo participaram de uma formação sobre mediação de conflitos. A palestra foi ministrada pela Guarda Civil de Contagem. O objetivo foi orientar os educadores como agir em determinadas situações de conflito no espaço escolar.

Durante o encontro foram debatidos conceitos de conflito, violência, mediação e pacificação. Os educadores também puderam conhecer as diferenças entre crime e contravenção, ato infracional e inimputável. “O conflito pode significar perigo se o impasse permanecer e a situação conflitiva continuar. Mas também representa uma oportunidade para a construção do diálogo e da cooperação”, destacou o guarda civil, Rafael Concesso.

A palestra vai auxiliar os educadores, já que a escola é um espaço de diversidade de pensamentos. Um dos pontos apontados para a restauração das situações conflitivas é a valorização do diálogo, estabelecendo uma igualdade de comunicação.

A proposta é que todos os educadores estejam preparados para lidar com as diferenças e tensões da convivência humana. Os educadores também poderão utilizar o tema como forma de debate entre os estudantes. “Quando a escola desenvolve um trabalho de mediação de conflitos, abordando o assunto com criatividade, aproveitando as oportunidades como momento de reflexão e debate, cria um potencial educativo de formação pessoal para a resolução dos problemas da vida”, destacou a assessora pedagógica, Cleire Silva.

O material de estudo dos pedagogos que participaram da formação está disponível aqui.

Reportagem: Júlio César Santos
Publicação: 04/07/2018

Notícias Relacionadas