Posts com a Tag ‘Obras’

Escola Municipal Prefeito Luiz da Cunha recebe reforma geral

A Semobs, entregou na última segunda-feira (17), para a Secretaria Municipal de Educação (Seduc) e para a comunidade, uma escola totalmente reformada.

A Escola Municipal Prefeito Luiz da Cunha localizada no Centro de Contagem atende mais de 500 alunos da região Sede no ensino fundamental I e II (1º ao 9º ano). Fundada em 1991, a escola ainda não havia sido totalmente reformada. A Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos (Semobs), entregou nessa segunda-feira (17) para a Secretaria Municipal de Educação (Seduc) e para a comunidade, uma escola totalmente reformada. O intuito é contribuir para que o aprendizado seja cada vez mais eficiente. E proporcionar um ambiente agradável para alunos e colaboradores. O investimento da reforma é de cerca de R$ 1,1 milhão.

A diretora da escola, Neide Santos, afirma que o sonho de ter uma escola nova e funcional foi realizado. “A comunidade que a escola atende é carente e precisava de um lugar que aguçasse a vontade de estudar dos alunos. Quando eles receberam um ambiente totalmente reformado, limpo e adequado aos estudos se sentiram estimulados. Sentimos que a atual gestão está comprometida com a qualidade do ensino dando a devida atenção ao desempenho das atividades que desenvolvemos. Há anos estávamos lutando por melhorias deste porte, porém só eram feitas reformas paliativas que não solucionavam os problemas de fato e hoje temos uma escola acessível e apropriada”, salienta.

A escola ficou mais colorida, acessível, com telhado termo acústico, o piso revitalizado, com as instalações hidráulicas e elétricas funcionando. O subsecretário de planejamento e projetos da Semobs, Luiz Otávio Caetano da Fonseca, reforça a importância que tem sobre o cuidado que a comunidade deve ter para com a escola. “Eu fico muito satisfeito quando a Prefeitura conclui uma obra deste porte e contribui para melhorar a educação. Depois do esforço que fizemos, agora é a vez da comunidade adotar a escola e cuidar do que é deles. Manter o ambiente limpo e organizado é fundamental para que o patrimônio se mantenha agradável. Se os alunos, colaboradores e a comunidade ao redor adotar a escola como se fosse a extensão da própria casa, com certeza o espaço será conservado por bastante tempo”, reforça.

Reportagem: Nayara Vianna
Fotos: Elias Ramos
Publicação: 18/09/2018

Novas cores tornam ambiente do anexo Mariângela Bonfim Frederico mais harmonioso

A Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos (Semobs) está executando, desde novembro de 2017, os serviços de pintura em 83 unidades escolares. Das 83, 29 unidades já tiveram os serviços de pintura finalizados.

O anexo Mariângela Bonfim Frederico, que integra a Escola Municipal Domingos Diniz Moreira, está de cara nova e sendo muito elogiada pelos alunos, servidores e comunidade do bairro Monte Castelo, na Regional Eldorado. Com o serviço de pintura iniciado no último mês de julho, foi contemplada toda a estrutura da edificação. As paredes, tetos, esquadrias, muros, passeio, portões e pisos foram totalmente revitalizados. Foi realizada em cada escola uma votação onde alunos, pais e servidores puderam escolher a pintura a ser realizada. A Unidade atende 170 alunos de 4, 5 e 6 anos.

A Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos (Semobs) está executando, desde novembro de 2017, os serviços de pintura em 83 unidades escolares. Das 83, 29 unidades já tiveram os serviços de pintura finalizados.

Segundo o engenheiro Thiago Leite os serviços foram finalizados em agosto, obtendo um resultado muito favorável, alcançando as expectativas da direção, alunos e da comunidade atendida pela unidade em questão.

De acordo com a diretora do anexo Mariângela, Sônia Alves Doetling, a pintura deu um novo aspecto ao espaço. “Já aguardávamos essa revitalização há anos. Ficou lindo e as crianças amaram. Todo o anexo foi revitalizado e deu outra vida aos ambientes. Mantivemos o grafite feito na fachada e estamos agora na expectativa para que a Escola Municipal Domingos Diniz Moreira também receba intervenções”, salientou.

Estão previstos investimentos de R$44 milhões em reformas das unidades educacionais. Ao todo, 115 escolas sofrerão intervenções, entre pinturas e reformas.

Para padronização das pinturas foi elaborado um memorial descritivo com o objetivo de criar um ambiente escolar mais harmonioso, que remeta de fato o ambiente escolar, resgatando o interesse dos alunos e orientadores pela convivência escolar e consequentemente a melhoria do ensino ali compartilhado.

Reportagem: Stella Santiago
Fotos: Ricardo Lima
Publicação: 29/08/2018

UMEI Nova Contagem recebe nova pintura

A Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos (Semobs) está executando, desde novembro de 2017, os serviços de pintura em 83 unidades escolares.

A Unidade Municipal de Educação Infantil (UMEI) Nova Contagem recebeu nova pintura e garantiu um ambiente mais harmonioso, limpo e agradável aos usuários. Com o serviço de pintura iniciado no último mês de abril, foi contemplada toda a estrutura da edificação. As paredes, tetos, esquadrias metálicas, muros e pisos foram totalmente revitalizados. Foi realizada em cada escola uma votação onde alunos, pais e servidores puderam escolher a pintura a ser realizada na fachada. A execução dos serviços na fachada segue conforme votação e internamente conforme memorial descritivo, onde cada sala é de uma cor, totalizando sete cores, tendo como referência o arco-íris. A Unidade atende 296 alunos de 3, 4 e 5 anos.

A Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos (Semobs) está executando, desde novembro de 2017, os serviços de pintura em 83 unidades escolares. Das 83, 29 unidades já tiveram os serviços de pintura finalizados. A previsão é de que até dezembro de 2018, todas as unidades sejam contempladas.

Segundo o engenheiro Thiago Leite, a pintura da UMEI Nova Contagem, assim como todas as unidades, seguiu as diretrizes do memorial descritivo elaborado para o projeto de pintura escolares do município.

De acordo com a diretora da UMEI Nova Contagem, Adélia Almeida Prates e Freitas, a satisfação dos pais, alunos e servidores com a revitalização é notória. “A UMEI foi inaugurada em 2009 e pela primeira vez passa por uma mudança dessa grandeza. Os usuários agradeceram muito pelas mudanças e até o astral das crianças melhorou, o que demonstra que o colorido desperta a alegria dos pequeninos. Temos um ipê rosa no pátio, que harmonizou ainda mais o ambiente. Iremos inaugurar a quadra demarcada e um espaço com amarelinha e outras brincadeiras. As crianças ficarão ainda mais vibrantes. Veio tudo em boa hora: uniformes novos e escola revitalizada”, comemorou. E as melhorias na UMEI Nova Contagem não param por aí. Está previsto para os meses de setembro e outubro a arborização da unidade.

Estão sendo investidos R$44 milhões em reformas das unidades educacionais e R$ 11,8 milhões em pinturas. Ao todo, 115 escolas terão serviços de pinturas, obras e outras intervenções. As obras e pinturas estão sendo feitas por etapas e o cronograma se estenderá até o fim de 2018.

Reportagem: Stella Santiago
Foto: Ricardo Lima
Publicação: 24/08/2018

Obras de construção da Umei Arvoredo estão em ritmo acelerado

A construção teve início em outubro de 2017 e tem previsão de ser finalizada em julho de 2019.

Os trabalhos de construção da Unidade Municipal de Educação Infantil (Umei) Arvoredo, na Regional Ressaca, estão em ritmo acelerado para que a cidade tenha em breve, mais um espaço para receber 188 pequeninos contagenses. Localizada na Rua Quatro, s/nº, no bairro Arvoredo II, a construção teve início em outubro de 2017 e tem previsão de ser finalizada em julho de 2019. O valor de investimento é de R$2.025.584,23.

O espaço será contemplado com dez salas para alunos de 0 a 5 anos, sala multiuso, playground, quatro sanitários femininos e masculinos infantis, quatro sanitários femininos e masculinos para adultos, dois sanitários para pessoas com deficiência, refeitório, diretoria, almoxarifado, secretaria, dois fraldários, lactário, sala multiuso, espaço para horta, playground, lavanderia, rouparia, jardim e estacionamento. A nova unidade terá 2 mil metros quadrados de área construída.

De acordo com o gestor de Engenharia, Dante Luiz Nascimento, a construção da Umei atende a uma demanda da população e a fase atual é de coroamento da alvenaria e concretagem, com previsão de finalização no início de agosto. “A próxima etapa será de colocação de revestimento, piso e execução da estrutura para receber o telhado. O ritmo da obra está dentro do cronograma e pretendemos entregar o empreendimento até julho de 2019. Com a entrega, aumentaremos o número de alunos na educação infantil com ensino de qualidade”, finalizou.

Umeis em construção

Além da Umei Arvoredo, mais três estão em construção na cidade: Tropical, Vale das Orquídeas e Lúcio de Abreu. Atualmente, a rede municipal de ensino de Contagem conta com 37 Umeis, 7 anexos e 27 escolas que atendem estudantes de educação infantil. São 10.358 crianças, de 0 a 5 anos, matriculadas. Em 2017, foram criadas 975 vagas na educação infantil. Já em 2018 foram 700 novas vagas. Com as cinco novas Umeis, a Secretaria Municipal de Educação alcançará a marca de 2.521 vagas criadas em dois anos e meio (fevereiro de 2017 a julho de 2019).

Reportagem: Stella Santiago
Fotos: Paulo Pereira
Publicação: 20/07/2018

Umei Professora Juverci de Freitas Ferreira é revitalizada

Medida contribui para oferecer mais qualidade de ensino e melhorar a condição de trabalho dos educadores.

A Unidade Municipal de Educação Infantil (Umei) Professora Juverci de Freitas Ferreira atende 250 alunos, com faixa etária entre 3 e 5 anos, no bairro Amazonas, Regional Industrial. Nos últimos anos, os alunos e funcionários sofriam com a precariedade da estrutura e com a falta de manutenção no ambiente escolar. Para oferecer mais qualidade de ensino e melhorar a condição de trabalho dos educadores, a Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria de Obras e Serviços Urbanos (Semobs), realizou intervenções na escola e investiu na acessibilidade para facilitar a inclusão de pessoas com deficiência.

A engenheira responsável pela obra de manutenção, Thaís Estanislau, explica como foi feito o projeto. “A intervenção foi planejada de acordo com a necessidade de cada escola, nesta Umei reformamos as salas, biblioteca, banheiro, espaço de recreação, cozinha, faixada, rampas de acesso e refeitório. Trocamos o telhado antigo pelo telhado termo acústico (que também possui isolamento térmico) e fizemos a pintura com cores vibrantes porque sabemos que isso interfere na relação do aluno com o ambiente e pode influenciar positivamente no aprendizado”, relata.

O administrador da regional Industrial, Beto Diniz, alerta ainda que a manutenção e preservação por parte da população é fundamental para que o trabalho feito não seja em vão. “Temos pedido o apoio popular para nos ajudar a fiscalizar e a manter as benfeitorias que estão sendo realizadas nas escolas municipais e Umei”, afirma.

Reportagem: Nayara Vianna
Fotos: Elaine Castro
Publicação: 20/07/2018

Escola em tempo integral: prefeito confere de perto o ritmo das obras

Modelo de construção da escola diminui o desperdício de material.

As obras da primeira escola em tempo integral de Contagem estão em ritmo acelerado. O prefeito Alex de Freitas, secretários municipais e engenheiros visitaram as obras nesta segunda-feira (23). Construída no bairro Arvoredo, na Regional Ressaca, com a parte estrutural bem avançada, 85% das peças pré-fabricadas estão prontas e já estão sendo utilizadas na montagem dos pilares, vigas e laje. A alvenaria também foi iniciada e a próxima etapa é o reboco.

A escola integral tem todo o conceito sustentável. A forma que é construída diminui o desperdício de material. Toda a iluminação será com lâmpadas de LED, haverá sistema de reutilização de água pluvial, aquecimento solar e coleta seletiva.

Segundo o engenheiro da construtora QBHZ, Celso Braga, uma das principais vantagens de fazer uma obra com peças pré-fabricadas é a agilidade no processo de construção. “O diferencial da obra é a estrutura utilizada, pois reduz o tempo de construção e gera menos resíduo de construção”, disse.

O espaço, de 6.777,78 m², será contemplado com 36 salas de aula, uma ampla biblioteca, cozinha industrial, refeitório, centro de línguas estrangeiras, laboratórios profissionais, refeitório, piscina, ginásio poliesportivo, pista de atletismo, quadras esportivas, salas de música, dança e teatro, estúdio de TV e rádio e anfiteatro com capacidade para 125 pessoas. A escola irá atender 600 estudantes em tempo integral, do 1º ao 9º ano.

A obra está orçada em mais de R$ 15 milhões, que serão somados a outros R$ 5 milhões em obras já efetuadas. A previsão é que o prédio seja entregue pela construtora em outubro de 2018.

Reportagem: Stella Santiago
Fotos: Cassio Matias
Publicação: 25/04/2018

Reforma e pintura de escolas municipais não param nas férias

Prefeitura de Contagem investe quase R$ 56 milhões em melhorias estruturais das instituições de ensino.

O período é de férias, mas o trabalho nas escolas municipais de Contagem não para. Estão sendo feitas a reforma e pintura das instituições de ensino, para oferecer um ensino de mais qualidade e aumentar o bem-estar da comunidade escolar.

São investidos R$ 44 milhões em reformas e R$ 11,8 milhões em pinturas. Ao todo, 32 escolas serão totalmente reformadas. As obras serão feitas por etapas e foram iniciadas no final de 2017 em algumas unidades. O cronograma se estenderá por 2018.

Escolas municipais tradicionais da Regional Vargem das Flores, a Maria do Carmo Orechio e a Professora Ana Guedes Vieira passam pela restruturação física. Para elas, estão sendo destinados R$1,6 milhão.

As secretarias municipais de Educação (Seduc) e de Obras e Serviços Urbanos trabalham para entregar um novo conceito de escola pública no município. A diretora da Escola Municipal Professora Ana Guedes Vieira, Eunice Geralda, está muito satisfeita com as melhorias no telhado, cozinha e toda a estrutura do prédio. “Será um ganho imenso para a comunidade de Nova Contagem. Os moradores amam a nossa escola e acredito que essas mudanças trarão uma nova perspectiva para todos”, enfatiza.

A filha mais velha da auxiliar de serviços gerais Gessy Correia estudou na Ana Guedes Vieira. Agora é a vez da caçula. “Fico satisfeita ao ver que minha segunda filha vai estudar em uma escola toda pintada, aconchegante e valorizada”, salienta.

Na Escola Municipal Maria do Carmo Orechio, a reforma foi iniciada pelo telhado. As telhas de amianto são substituídas, o que acabará com o calor excessivo nas salas de aula e ainda servirá como isolante acústico. “Estou animada com as obras, uma luta antiga que enfim estamos vencendo. A comunidade vai abraçar, zelar e respeitar a nossa nova escola”, disse a diretora Hariadyne de Carvalho Lana.

Confira as 32 instituições de ensino que passarão por reforma completa

Regional Eldorado: Cemei Jardim Eldorado, E.M. Dora de Mattos, E.M.Josefina de Souza Lima, E.M. Pedro Pacheco de Souza, E.M. Sócrates Mariani Bittencourt e E.M. Vasco Pinto da Fonseca

Regional Industrial: Cemei Professora Juverci Maria de Freitas, E.M. Deputado Jorge Ferraz e E.M. René Chateaubriand Domingues

Regional Nacional: E.M. Glória Marques Diniz, E.M. Professor Wancleber Pacheco e E.M. Walter Fausto do Amaral

Regional Petrolândia: Cemei Campo Alto, E.M. Eduarda Pereira de Oliveira, E.M. Isabel Nascimento de Mattos, E.M. Newton do Amaral Franco e E.M. Paulo Cézar Cunha

Regional Ressaca: E.M. Coronel Joaquim Antônio da Rocha, E.M. Maria Silva Lucas, E.M. Padre Joaquim de Souza Silva e E.M. Professora Maria de Matos Silveira

Regional Sede: Cemei Regino Inocêncio de Souza, E.M. Cel. Augusto da Costa, E.M. José Lucas Filho, E.M. Prefeito Luiz da Cunha, E.M. Prefeito Sebastião Camargos e E.M. Walter Lopes

Regional Vargem das Flores: Anexo Maria do Carmo Orechio, Cemei São Judas Tadeu, E.M. Giovanini Chiodi, E.M. Maria do Carmo Orechio e E.M. Professora Ana Guedes Vieira.

Reportagem e fotos: Leonardo Melo
Publicação: 12/01/2018

Escola integral entra em etapa de fundação e preparação da estrutura

Formato da obra prevê agilidade no processo de construção.

A primeira escola em Tempo Integral de Contagem é construída no bairro Arvoredo, na Regional Ressaca. O processo de fundação começou nesta semana e as peças pré-moldadas, que serão usadas na estrutura, já estão sendo fabricadas.

O trabalho é feito por etapas. A terraplanagem já foi feita e agora uma equipe é responsável por perfurar o terreno e preparar o solo para receber as vigas. Enquanto isso, um grupo de operários trabalha na produção dos pilares de sustentação do prédio. As peças de concreto são fabricadas em uma empresa.

O gerente industrial, Márcio Rogério, é responsável por acompanhar o processo de fabricação dos pilares. Segundo ele uma das principais vantagens de fazer uma obra pré-moldada é a agilidade no processo de construção. “A fundação ocorre ao mesmo tempo em que as peças estão sendo fabricadas, enquanto a construção convencional é necessária a preparação do terreno e fundação e somente após esse processo que é iniciada a construção da estrutura”, destacou Márcio.

A primeira escola integral de Contagem tem todo o conceito sustentável. A forma que é construída diminui o desperdício de material. Toda a iluminação será com lâmpadas de LED, haverá sistema de reutilização de água pluvial, aquecimento solar e coleta seletiva.

No espaço, de 6.777,78 m², serão construídas 36 salas de aula, uma ampla biblioteca de dois andares, centro de línguas estrangeiras, laboratórios profissionais, piscina aquecida, ginásio poliesportivo.

A escola vai atender 600 estudantes em tempo integral, do 1º ao 9º ano. A proposta da Secretaria Municipal de Educação é que a instituição também atenda 2.000 estudantes matriculados em outras instituições municipais de ensino da região. “Queremos preparar nossos estudantes para o mundo, que está em constante evolução. Iremos proporcionar conhecimento por meio de diversos recursos, seja em sala de aula ou nos laboratórios”, ressaltou o secretário de Educação, Joaquim Antônio Gonçalves.

A obra está orçada em R$ 18 milhões, que serão somados a outros R$ 5 milhões em obras já efetuadas. A previsão é que o prédio seja entregue no segundo semestre de 2018.

Reportagem: Nelson Augusto e Júlio César Santos
Fotos: Geraldo Tadeu

Escolas municipais começam a ser reformadas

Obras fazem parte do maior programa de revitalização já feito na rede municipal de ensino.

A Prefeitura de Contagem deu início ao maior programa de reforma das escolas já promovido pelo município. Todas as 115 instituições vão receber benfeitorias. Trinta e duas delas serão reformadas integralmente e 83 serão pintadas. A medida é uma forma de proporcionar melhores condições de trabalho aos educadores e mais conforto aos estudantes. “Quando assumimos o governo, fizemos o mapeamento de todas as escolas e encontramos prédios bem degradados. As reformas são fundamentais para que estudantes, educadores e comunidade se sintam bem acolhidos, em ambientes mais organizados e bonitos”, destacou o secretário Municipal de Educação, Joaquim Antônio Gonçalves.

Serão investidos 44 milhões em reformas e 11,8 milhões em pinturas. As obras serão feitas por etapas. O primeiro pacote contempla 13 instituições de ensino. No Centro Municipal de Educação Infantil (Cemei) Professora Juverci Maria de Freitas, no bairro Amazonas, a reforma é geral. Estão sendo trocados o telhado, a rede elétrica e o piso. A obra ficará em 580 mil. A escola, de 45 anos, estava há pelo menos 20 anos sem manutenção. Segundo a diretora, Gisela Lacerda, as benfeitorias eram bastante aguardadas. “Em época de chuva as salas ficavam alagadas, já ocorreu curto circuito ao ligar um aparelho de som. O risco era constante”, destacou a diretora.

Já na Escola Municipal Maria Silva Lucas o telhado já foi todo retirado. Os 1.178 alunos vão estudar em uma escola mais moderna. A obra está orçada em mais de um milhão. Na Escola Municipal Sócrates Mariani Bittencourt, a quadra já está prontinha. Faltam trocar do piso, o telhado, consertar as paredes e a rede elétrica. As obras, orçadas em 770 mil, devem ser concluídas em janeiro do ano que vem. Na Escola Municipal Vasco Pinto da Fonseca os investimentos serão de 2 milhões. O telhado e o piso já foram trocados. As 17 salas serão remodeladas. O Cemei Jardim Eldorado também está sendo todo revitalizado.

A novidade é que além das reformas e pinturas, as escolas serão plotadas. Ganharão decorações personalizadas para as áreas comuns. Luciene Silva é moradora de Nova Contagem e está ansiosa com a revitalização da escola da filha, de 11 anos. “O ambiente ficar mais confortável e a escola vai ser mais valorizada”, comemorou.

As reformas são realizadas com os estudantes nas escolas, já que não há espaços na cidade para abrigar todos os alunos. As obras são feitas por setores para não prejudicar o andamento das aulas. As áreas onde os operários trabalham são isoladas e nenhum aluno tem acesso. Além disso, a limpeza foi intensificada. “Os empreiteiros são orientados a articular com os gestores a melhor forma de realizarem o trabalho, preservando a saúde e a segurança dos estudantes e educadores e, consequentemente, não atrapalhando o aprendizado”, salientou o secretário.

Ainda neste mês, outras quatro escolas começam a ser reformadas. (Coronel Augusto da Costa, Isabel Nascimento de Mattos, Prefeito Luiz da Cunha e Walter Lopes)

Confira abaixo a lista das 32 escolas que receberão reformas completas.

 Regional                                           Unidades Escolares

  Eldorado                                          Cemei Jardim Eldorado
  Eldorado                                          E.M. Dora de Mattos
  Eldorado                                          E.M.Josefina de Souza Lima
  Eldorado                                          E.M. Pedro Pacheco de Souza
  Eldorado                                          E.M. Sócrates Mariani Bittencourt
  Eldorado                                          E.M. Vasco Pinto da Fonseca
  Industrial                                         Cemei Professora Juverci Maria de Freitas
  Industrial                                         E.M. Deputado Jorge Ferraz
  Industrial                                         E.M. René Chateubriand Domingues
  Nacional                                           E.M. Glória Marques Diniz
  Nacional                                           E.M. Professor Wancleber Pacheco
  Nacional                                           E.M. Walter Fausto do Amaral
  Petrolândia                                      Cemei Campo Alto
  Petrolândia                                      E.M. Eduarda Pereira de Oliveira
  Petrolândia                                      E.M. Isabel Nascimento de Mattos
  Petrolândia                                      E.M. Newton do Amaral Franco
  Petrolândia                                      E.M. Paulo Cézar Cunha
  Ressaca                                             E.M. Cel.Joaquim Antônio da Rocha
  Ressaca                                             E.M. Maria Silva Lucas
  Ressaca                                             E.M. Padre Joaquim de Souza Silva
  Ressaca                                             E.M. Professora Maria de Matos Silveira
  Sede                                                   Cemei Regino Inocêncio de Souza
  Sede                                                   E.M. Cel. Augusto da Costa
  Sede                                                   E.M. José Lucas Filho
  Sede                                                   E.M. Prefeito Luiz da Cunha
  Sede                                                   E.M. Prefeito Sebastião Camargos
  Sede                                                   E.M. Walter Lopes
  Vargem das Flores                          Anexo Maria do Carmo Orechio
  Vargem das Flores                          Cemei São Judas Tadeu
  Vargem das Flores                          E.M. Giovanini Chiodi
  Vargem das Flores                          E.M. Maria do Carmo Orechio
  Vargem das Flores                          E.M. Professora Ana Guedes Vieira

 

Reportagem: Júlio César Santos
Fotos: Newton de Castro Resende