Seduc firma parceria com instituto para capacitar professores do Atendimento Educacional Especializado

Além da formação os educadores recebem orientações sobre a construção do Plano de Desenvolvimento Individual.

Por meio de uma parceria entre a Secretaria Municipal de Educação e o Instituto e Clínica Aprendizagem e Companhia, 32 professores do Atendimento Educacional Especializado (AEE) passam por cursos de capacitação. O objetivo é fornecer instrumentos que auxiliem o ensino/aprendizado em sala de aula. “A parceira traz um subsídio científico com base na psicopedagogia e neurociência para nossas intervenções com os estudantes deficientes. Todo trabalho de Atendimento Educacional Especializado segue um embasamento científico. A formação de base científica é necessária para sermos assertivos no plano de atendimento, fazer intervenções corretas e no momento certo para ter o objetivo alcançado”, destacou a superintendente de Projetos Especiais e Parcerias, Ludmilla Skrepchuk Soares.

Além da formação, os professores são orientados sobre a construção do Plano de Desenvolvimento Individual (PDI). Por lei, todo estudante deficiente deve receber um plano de educação individualizado como forma de garantir o aprendizado e a acessibilidade na escola.

A inclusão escolar é uma conquista de direitos. Em Contagem, no contraturno, é oferecido o Atendimento Educacional Especializado, que ocorre em salas com recursos necessários para o aprendizado do estudante. São 29 salas do AEE nas escolas de Ensino Fundamental.

 

Reportagem: Nelson Augusto
Foto: Geraldo Tadeu
Publicação: 13/03/2019

Notícias Relacionadas