Secretaria de Educação implanta plano para melhorar o aprendizado de estudantes com deficiência

Metodologias evidenciam o perfil do estudante e criam medidas personalizadas de ensino

A Secretaria Municipal de Educação (Seduc) desenvolve um projeto-piloto para a Educação Inclusiva que tem como objetivo é consolidar as Diretrizes para Política de Educação Inclusiva em Contagem. As ações são divididas em três etapas. A primeira consiste na triagem, que vai traçar o perfil e as necessidades dos estudantes. Já a segunda fase vai destrinchar o histórico familiar do estudante. E por último, professores são capacitados para construir um Plano de Desenvolvimento Individual (PDI), no qual vai auxiliar o aprendizado dentro e fora da sala de aula.

Em Contagem existem 1.245 pessoas com deficiência, matriculadas na Rede Municipal de ensino. “A concepção do projeto é em função da demanda da Rede. Temos a obrigação legal de desenvolvermos o Plano de Desenvolvimento Individual (PDI) e queremos garantir que todo estudante, portador de deficiência, matriculado nas escolas municipais e Umeis, tenham um PDI para subsidiar sua trajetória escolar”, disse a Superintendente de Projetos Especiais e Parcerias, Ludmilla Skrepchuk Soares.

Atualmente o projeto é desenvolvido em nove escolas do município, contemplando todas as regionais. A proposta da equipe de Superintendência é a ampliar ainda mais o mapeamento. “A proposta é que a partir do segundo semestre de 2019 possamos ampliar para mais quatro escolas em cada regional”, concluiu Ludmilla Soares.

Reportagem: Nelson Augusto
Publicação: 15/01/2019

Notícias Relacionadas