Aprendizado e muita descontração em roda de poesia

Ação faz com que estudantes tomem gosto pela leitura.

Fim de tarde, chá, biscoitos e muita poesia. Parece um encontro de amigos mas é uma atividade da Escola Municipal Maria do Amparo. Uma vez por ano, os estudantes afastam as carteiras, fazem uma roda na sala para recitar e ouvir poemas e poesias. O projeto, intitulado “Chá com Leitura” foi idealizado pelo professor de ensino religioso, Marcos Antônio da Cruz e tem o objetivo de aproximar os alunos da literatura. “Gosto de ressaltar os valores e os sentimentos na minha disciplina. Procuro fazer com que os alunos tenham essas percepções que devem ser aplicadas no dia a dia.”, destacou Marcos.

Os temas são livres. Entre um biscoito e um chá, que ficam disponibilizados no canto da sala, um estudante levanta, vai até o centro da sala e faz a leitura. Em seguida começa a roda de debates. Todos podem opinar sobre os textos. O projeto promove uma grande interação. Além dos estudantes, professores e até os pais entram na roda. “Com o projeto comecei a ter o hábito de ler e a minha escrita melhorou. Acredito que iniciativas como essas podem nos transformar e nos fazer crescer”, ressaltou o estudante John Vitor dos Santos Reis.

Noventa alunos do 7º ano participaram do “Chá com Leitura”. A interação é grande. Em determinados momentos são formadas duplas e cada particpante pode ouvir um poema de forma exclusiva. São utilizados canos de pvc coloridos que são colocados sobre os ouvidos do colega. A atitude é chamada de “cochicho poético”. Assessora pedagógica da Secretaria Municipal de Educação Cleire Cristina Pinto Silva foi uma das convidadas e aprovou a experiência. “A sensação de interagir com os estudantes é muito boa. Aproximar alunos e professores é maravilhoso, ainda mais com projetos que incentivam o hábito de ler”, explicou.

Reportagem: Leonardo Melo
Fotos: Newton de Castro Resende

Notícias Relacionadas