Warning: file_get_contents(): SSL operation failed with code 1. OpenSSL Error messages: error:14090086:SSL routines:ssl3_get_server_certificate:certificate verify failed in /websites/portalcontagem/novoportal/wp-content/themes/pmc/header.php on line 31

Warning: file_get_contents(): Failed to enable crypto in /websites/portalcontagem/novoportal/wp-content/themes/pmc/header.php on line 31

Warning: file_get_contents(http://www.contagem.mg.gov.br/includes/wordpress_header_top.php): failed to open stream: operation failed in /websites/portalcontagem/novoportal/wp-content/themes/pmc/header.php on line 31

Prefeitura investe em estrutura para favorecer a aquisição de conhecimento por crianças de zero a 5 anos

Educação - 14/12/2021, 17:10:01 - Repórter: - Foto: Elias Ramos/PMC

O maior educador brasileiro, reconhecido mundialmente, Paulo Freire dizia que “ensinar não é transferir conhecimento, mas criar as possibilidades para a sua própria produção ou a sua construção.” E essas possibilidades por Freire citadas se referem a diversos fatores importantes presentes no processo de educação, como o local onde se constrói o conhecimento e também as ferramentas disponíveis para tal construção. Na manhã desta terça-feira (14/12), a prefeita de Contagem, Marília Campos, visitou o Cemei Arvoredo, onde pode ver na prática o que o educador falou em seus ensinamentos. Acompanhada do vice-prefeito Ricardo Faria, da secretária de Educação, Telma Fernanda Ribeiro, da administradora Regional Ressaca, Maria José Pacheco, e da vereadora Silvinha Dudu, a comitiva foi guiada pela diretora do espaço, a professora Ana Paula Rodrigues de Souza, por uma super estrutura em termos  de qualidade e acolhedora para receber crianças de zero a 5 anos de idade.   

Com um modelo moderno e funcional, o Cemei Arvoredo funciona em dois blocos. O bloco A para crianças de zero a três anos conta com duas salas amplas, com solário, estrutura de berçário, um lactário, uma lavanderia, além de refeitório, almoxarifado e sala de professores.  O bloco B, destinado aos alunos de 4 a 5 anos, é um espaço com oito salas igualmente amplas com boa ventilação, além de uma sala multiuso, que serve a creche e a pré-escola. O prédio foi construído nos mínimos detalhes pensando nas necessidades das crianças e de como ensiná-las desde pequenas a se apropriarem e aprenderem o funcionamento de equipamentos como pias para lavar as mãos, bebedouros, sanitários, áreas para banhos. Todos em “miniatura”, instalados na altura dos pequenos e pequenas, estimulando-os assim à independência e autonomia desde a infância.  A importância de todo equipamento estar na altura delas é porque “na educação infantil  todas as atividades são currículos, pois o tempo cronológico das crianças é diferenciado”. Na unidade, o respeito ainda pode ser sentido pelo pé ao pisar o piso tátil e com os espaços acessíveis, incluindo o banheiro, configurado às necessidades das crianças portadoras de alguma deficiência. 

Uma novidade que trouxe tranquilidade tanto para os servidores quanto para as famílias que têm filhos atendidos na unidade é a presença 24 horas durante toda a semana dos porteiros da prestadora de serviços MGS,  que também é responsável pela limpeza.  

Por causa da pandemia o Cemei Arvoredo, que tem capacidade para mais de 300 alunos e alunas, está presencialmente com apenas 114, que vão à unidade três vezes na semana com carga horária reduzida de três horas diárias. Segundo informou Ana Paula Rodrigues de Souza, o retorno gradual aconteceu em  agosto com dez turmas, sendo cinco no diurno e outras cinco no vespertino.  “Devido a pandemia, as turmas foram reduzidas, e só devem voltar ao normal, se o controle da pandemia se mantiver, com 20 turmas no total, com capacidade de atender a mais de 300 alunos e alunas no início de 2022, com  carga horária presencial de 4h30, em 200 dias letivos”. Antes do retorno parcial, as aulas estavam sendo ministradas remotamente, com o envio de material didático e atividades pelas redes sociais e mídias. 

A volta total das atividades presenciais é aguardada, ansiosamente, pela dona de casa, Edna Lima de Andrade, 31 anos. Ela quer que o filho, Matheus Andrade de Souza, 2 anos, aproveite ao máximo as possibilidades do espaço. “Eu fiquei muito feliz por ter conseguido a matrícula para meu filho. Foi um momento em que me emocionei bastante. Agora, estou ansiosa pelo retorno total das atividades“, conta ela, ao destacar que o garoto está com mais energia e animado no convívio familiar após passar parte de seu tempo no Cemei. 

Mais vagas, mais Cemeis 

É para atender mães como Edna que a Prefeitura de Contagem está trabalhando para garantir vagas para crianças de zero a 3 anos nos Cemeis, uma vez que já contempla toda a demanda para os que têm 4 e 5 anos. 

“Nosso desafio central é ampliar a oferta de educação infantil especialmente para o público  de zero a 3 anos.  Está no nosso planejamento a compra de terrenos para a construção de mais seis Cemeis. Além de um estudo para a construção de mais outras seis unidades”, adiantou a prefeita Marília Campos durante a visita.  “Estamos  conseguindo estruturar a educação infantil que é um direito das crianças e  também das mães, pois deixando os filhos aqui, elas têm como criar os outros filhos e  ainda trabalhar”, completou a chefe do Executivo. 

Outro desafio, agora, apontado pela diretora do Cemei,  é se aproveitar de modo pedagógico da estrutura montada para “ colocar a criança no foco, como protagonista do projeto de ensino: cuidando dela e dando a ela todas as condições para se desenvolver de maneira completa e autônoma”. 

 Segundo o vice-prefeito Ricardo Faria, a visita à unidade foi inspiradora. “De um lado vemos a forma de fazer gestão ao garantir uma escola pública de qualidade, uma escola inclusive, garantindo este direito para as crianças, para as mães, ao fornecer também o kit escolar, merenda escolar, computadores e esse suporte, em meio às dificuldades que as famílias estão vivendo por causa da pandemia, de oferecer a cesta básica. Na outra ponta a valorização dos professores, garantindo essa materialidade, o suporte tecnológico, com pacote de dados, que resulta no brilho no olhar do educador”, comentou ele ao afirmar a satisfação que sentiu ao perceber nos trabalhadores a alegria de compartilhar este momento. 

Cestas Básicas, uma ajuda em meio a pandemia

Desde o dia 3 de dezembro, as famílias que têm filhos na Rede Municipal de Ensino, Rede Parceira e Fundação de Ensino de Contagem – Funec  estão recebendo da Prefeitura de Contagem cestas básicas para os estudantes. Cada família ganha o número de cestas de acordo com a quantidade de filhos matriculados na rede de ensino. O auxílio vem para as famílias contagenses em mais uma ação, desta vez resguardando a segurança alimentar e nutricional das famílias que vivenciaram mais um  ano marcado pelas dificuldades impostas pela  pandemia da Covid-19. Ao todo serão entregues 65 mil cestas básicas, com um investimento de R$87,29 por unidade, somando, aproximadamente, R$5,7 milhões. 

Um ano novo de melhorias 

Durante a visita, a prefeita Marília Campos ainda afirmou aos professores a valorização da classe a partir de 2022, quando o município ficará livre da Lei Federal 173 que proíbe o aumento dos gastos com pessoal dos entes federados. “Estamos programando para melhorar a situação dos servidores e educadores”. 

Já no primeiro semestre, a secretária de Educação, Telma Fernanda Ribeiro, informou que os professores da rede municipal passarão por uma formação promovida em parceria com a Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG, contemplando as áreas de educação infantil, integral e de jovens e adultos. 

Mesmo diante de todos os desafios impostos pela pandemia, 2021 ficará marcado por melhorias nas condições de ensino para alunos e trabalhadores da rede municipal. Segundo a secretaria de Educação, foram locados computadores para 50% dos professores dos ensinos infantil e fundamental, sendo contemplados 100% dos professores da Educação de Jovens e Adultos – EJA. Cada escola receberá 20 notebooks para formar seus laboratórios de informática. Também foram adquiridos chips com pacotes de dados para todos os professores da rede, assim como  tablets. Estes serão distribuídos, no próximo ano, após a realização de um diagnóstico sobre a necessidade do equipamento para estudantes que tiveram ou ainda têm problemas com a internet. “Essas aquisições vêm como resultado de um diagnóstico que revelou os problemas existentes com a materialidade”, frisou Ribeiro. 

CLIQUE ABAIXO E ACESSE A GALERIA DE FOTOS:

 

Prefeita Marília Campos visita o CEMEI Arvoredo - 14/12/2021

Educação - 14/12/2021, 17:10:01 - Repórter: - Foto: Elias Ramos/PMC

Notícias relacionadas


Warning: file_get_contents(): SSL operation failed with code 1. OpenSSL Error messages: error:14090086:SSL routines:ssl3_get_server_certificate:certificate verify failed in /websites/portalcontagem/novoportal/wp-content/themes/pmc/footer.php on line 4

Warning: file_get_contents(): Failed to enable crypto in /websites/portalcontagem/novoportal/wp-content/themes/pmc/footer.php on line 4

Warning: file_get_contents(http://www.contagem.mg.gov.br/includes/wordpress_footer.php): failed to open stream: operation failed in /websites/portalcontagem/novoportal/wp-content/themes/pmc/footer.php on line 4