Escola do Petrolândia encerra semestre com Feira de Ciências

Os 180 alunos do 6º ao 9º ano abusaram da criatividade.

A Escola Municipal Isabel Nascimento de Mattos, regional Petrolândia, realizou no mês de dezembro, a Feira Científica em suas dependências para mostrar os resultados obtidos durante o ano letivo referentes à pesquisa.

Na quadra era possível ver projetos dos 180 alunos, do 6º ao 9º ano, que abordaram o uso correto da água, combate ao mosquito Aedes Aegypti, inclusão, entre outros. A turma da estudante do 9º ano, Gabriela Pereira, elaborou o “Ciências em Libras”, que visa trabalhar igualdade e zelo com os colegas da inclusão de sua escola. “A ideia foi trabalhar o respeito e métodos diversos que visam melhorar a comunicação e expandir também o uso da Língua Brasileira de Sinais”, destaca.

Na avaliação da professora Aparecida Pessoa, a feira foi um sucesso, pois mostrou a criatividade e também o esforço dos estudantes em querer trabalhar a Ciência no cotidiano. “Trazer o contexto ampliado para esse ano foi perfeito. Soubemos trabalhar teoria e prática com as nossas turmas e por meio disso que fomos muito bem na Febrat, realizada na UFMG”, finalizou.

Na VII Feira Brasileira dos Colégios de Aplicação e Escolas Técnicas (Febrat), na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), as Escolas Municipais Bairro Tropical e Isabel Nascimento de Mattos levaram projetos pertinentes e atuais como “Reações químicas no tratamento da água” e “Outros olhares ao combate à Dengue”, em seus stands.

Reportagem: Leonardo Melo
Foto: Geraldo Tadeu
Publicação: 09/12/2019

Notícias Relacionadas