Enem 2020 começa com pedido de isenção e terá versão digital

Estudantes já podem pedir isenção de matrícula no Enem 2020.

Os estudantes da Rede Pública já podem se cadastrar para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 e solicitar a isenção de matrícula. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), alertou que o prazo máximo será até o dia 17 de abril.

Valerá a inscrição para aqueles estudantes que de acordo com o Censo de Educação Básica, tenham cursado todo o ensino médio em escolas públicas ou como bolsista integral na rede privada, além de ter renda per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio. Podem também declarar os alunos em situação de vulnerabilidade socioeconômica, inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

Outro ponto informado pelo Inep é sobre a justificativa de informar a ausência em não ter feito as provas no ano passado (2019). A data também é a mesma, assim como o procedimento no site da instituição (enem.inep.gov.br). Os resultados dos pedidos de isenção e das justificativas de ausência serão divulgados em 24 de abril.

Enem versão digital em Contagem

Segundo previsões do Inep, a consolidação desse modelo deve acontecer até 2026, com aplicação digital para todos os participantes. Em Minas Gerais, neste ano, 12 cidades estão aptas a aplicar provas nesse sistema.

No Estado, as cidades selecionadas são: Alpinópolis (546 vagas), Araxá (593), Belo Horizonte (8.133), Contagem (722), Ipatinga (470), Itajubá (772), Juiz de Fora (3.095), Montes Claros (688), Passos (738), Poços de Caldas (544), Sete Lagoas (481) e Uberlândia (595).

Em 2020, serão oferecidas 100 mil vagas para a participação no Enem Digital, distribuídas em municípios específicos. Portanto, não há vagas para todo o Brasil e o participante deve levar isso em conta na hora da escolha. As provas online será aplicadas em 11 e 18 de outubro.

Reportagem: Leonardo Melo
Foto: Geraldo Tadeu
Publicação: 09/04/2020

Notícias Relacionadas