Dia das crianças é todo dia

Todos nós ouvimos falar que dia 12 de outubro é o dia das crianças, não é mesmo? Mas quando ouvimos algo sobre esse dia, a primeira coisa que nos vem à mente são guloseimas – balas, doces, e para alguns vem à cabeça presentes. Claro que isso não poderia deixar de acontecer, pois quem não gosta de presentes e guloseimas? No entanto, a celebração do Dia das Crianças não tem o intuito de apenas presentear os pequeninos. Na verdade, essa data é bastante significativa para o que realmente a criança representa. CLIQUE AQUI.

Você sabia que uma das primeiras homenagens de comemoração do dia das crianças aconteceu em 1925, durante a Conferência Mundial pelo bem-estar da criança, realizada em Genebra na Suíça? Após esse evento, o dia 1º de junho ficou marcado como o Dia Internacional da Criança. Mas, foi no ano anterior, em 1924, em uma reunião chamada “Liga das Nações” que alguns países reunidos fundaram a “Declaração dos Direitos da Criança” para chamar atenção do mundo todo sobre os cuidados especiais que deveriam ser tomados em relação a todas as crianças, diante da fragilidade do ser humano em sua infância. Foi após essas discussões e reuniões que surgiram atos legais que proibiram o trabalho infantil e a violência contra a criança.

Alguns anos depois, em 1954, durante a Assembleia Geral das Nações Unidas, o dia 20 de novembro foi estabelecido como o Dia Universal da Criança. O objetivo era encorajar os demais países a estabelecerem uma data para promover ações que garantissem direitos e o bem-estar das crianças. Foram muitas discussões, todas as pessoas, países e autoridades eram chamados a pensar e propor ações voltadas para os direitos fundamentais das crianças e dos adolescentes. Em 1959, a Assembleia Geral das Nações Unidas adotou a “Declaração dos Direitos da Criança”, com algumas modificações, e cada país passou a estabelecer uma data comemorativa para celebrar os direitos da criança.

No Brasil, entretanto, a data do dia 12 de outubro já havia sido estipulada ainda na década de 1920. Mas, somente em 1924, com uma lei, conseguiram a aprovação e a definição do dia 12 de outubro como o Dia das Crianças. No entanto, essa data passava-se despercebida até a década de 1950, quando houve uma campanha de marketing de uma empresa de brinquedos que usou a data para promover sua linha de bonecas e chamar atenção dos pais e de todas as pessoas sobre a importância da data.

Porém, como dissemos, este dia não pode ser visto apenas como uma data para se receber guloseimas e brinquedos, ela tem uma importância muito grande na exigência, luta e busca pelos direitos das crianças e dos adolescentes. Nosso país precisou brigar muito, para que se aprovasse um documento que, mesmo após a Constituição, garantisse todos os direitos das crianças, trata-se do ECA – Estatuto da Criança e do Adolescente. Considerado um marco quanto à proteção da infância, tem como base a doutrina de proteção integral, reforçando a ideia de “prioridade absoluta”, inspirado pelas diretrizes fornecidas pela Constituição Federal de 1988 que determina que haja prioridade absoluta na proteção da infância e na garantia de seus direitos, não só por parte do Estado, mas também da família e da sociedade.

No site abaixo, você consegue ver quais são as datas de comemoração do dia das crianças nos demais países. CLIQUE AQUI.

Notícias Relacionadas