Contagem tem retorno presencial às escolas, com segurança e novidades

O retorno dos estudantes às aulas presenciais nas unidades escolares de Contagem inicia com cuidado, segurança e inovação no dia 9 de agosto de 2021, após mais de um ano de paralisação das atividades presenciais devido à pandemia da Covid-19. Para garantir segurança e inovação na volta às escolas, a atual gestão da Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria de Educação de Contagem – Seduc, realizou uma série de investimentos em infraestrutura, modernização e capacitação para receber os estudantes.

Com isso, a volta à escola será amparada por um amplo conjunto de protocolos sanitários e medidas que reforcem a segurança de toda a comunidade escolar. Além disso, o ensino presencial será opcional para as famílias que optarem por este retorno e seguirá o modelo híbrido, intercalando atividades presenciais e à distância. “A escola será diferente do que conhecemos, com uma dinâmica diferente nos processos pedagógicos, adaptadas à nova realidade”, explica a secretária de Educação, Telma Fernanda.

A primeira etapa de retorno ao ensino presencial teve início no dia 2 de agosto, com o acolhimento e recepção dos professores e professoras, corpo pedagógico e administrativo das escolas. Durante a segunda etapa, no dia 9 de agosto, retornam ao ensino presencial os estudantes da Educação Infantil com idades entre 4 e 5 anos. A terceira etapa, que tem início no dia 23 de agosto, contemplará as crianças entre zero e 3 anos. A quarta e quinta etapas acontecerão, respectivamente, nos dias 8 e 22 de setembro, para os estudantes dos anos iniciais do ensino fundamental e, posteriormente, para os estudantes dos anos finais dos ensinos fundamental e médio.

SEGURANÇA E INVESTIMENTOS

A Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, antecipou a segunda dose da vacina AstraZeneca exclusivamente para os profissionais da Educação que atuam no município, para maior segurança dos educadores e educadoras na retomada das atividades educacionais presenciais.

Além disso, foi publicado um protocolo sanitário para possibilitar o retorno presencial. Desta forma, todas as unidades escolares estão equipadas para recepcionar trabalhadores e trabalhadoras, crianças e estudantes. Haverá medição de temperatura com termômetros digitais, álcool em gel estará disponível em todas as dependências das escolas, serão ofertadas máscaras aos presentes e orientações sanitárias estarão espalhadas por todo o ambiente.

Haverá faceshield (material plástico de proteção do rosto) disponível aos trabalhadores e trabalhadoras que necessitem. As salas de aula cumprirão o distanciamento necessário às crianças e estudantes. Por isso, a capacidade será reduzida. Da mesma forma, a presença na escola será de, no máximo, três horas e pode variar de uma a três vezes por semana, dependendo da realidade de cada unidade e da opção das famílias pelo retorno.

Outras medidas adotadas pelas escolas e definidas pelo protocolo sanitário vão desde orientações sobre pessoas no grupo de risco quanto para cuidados com o ambiente, salas de aula, refeitórios, espaços coletivos, sanitários, biblioteca, equipamentos e transporte escolar.

Também foram definidas medidas de identificação de casos suspeitos, surtos e suspensão das aulas; situações de alerta e ações para suspensão das aulas presenciais, por turma e respectivos grupos de trabalho, turno, unidade escolar e das aulas em todo o município. Ainda, foi apresentado o fluxo para atendimento na Rede Municipal de Saúde e encaminhamento às unidades de saúde, bem como realização de testes e orientações e acompanhamento para casos positivos.

Além de orientação, apoio e investimentos para o retorno presencial e seguro às escolas, a Prefeitura de Contagem promoveu diversas ações de amparo aos trabalhadores e trabalhadoras, aos estudantes e às unidades escolares.

MERENDA

De janeiro a julho a Prefeitura Municipal investiu quase R$ 20 milhões de Vale Merenda para cerca de 40 mil famílias inscritas no CadÚnico com filhos em idade escolar e/ou famílias com filhos matriculados na rede municipal, rede parceira e Funec. Foram mais de 56 mil beneficiários que tiveram R$ 50 por mês (com limite de dois benefícios por família) para aquisição de itens de gênero alimentício da cesta básica, hortifrúti e carnes. Quando do retorno presencial dos estudantes, será disponibilizado, também, a merenda na escola.

NOTEBOOKS

Começaram as entregas de 4.480 notebooks de última geração para auxiliar os trabalhadores e trabalhadoras no ensino remoto e híbrido. A metade dos equipamentos será para os professores e professoras e os outros 50% para as escolas, sendo 20 computadores para cada unidade escolar. As entregas se iniciaram pelos profissionais da Educação Infantil, que serão as primeiras a retornar presencialmente. Os equipamentos são alugados, com manutenção inclusa no contrato, assim como a garantia de disponibilidade de equipamentos atualizados e de última geração.

WI-FI NAS ESCOLAS

Já foi realizada o aumento da amplitude e da qualidade do sinal de wi-fi em 69 escolas municipais de Contagem. O raio da amplificação do sinal é de 50 metros, em média, podendo chegar a 122 metros em locais sem obstrução física. O sistema de autenticação é por usuário e senha, individual, por aluno, previamente cadastrados pela direção da escola. Uma vez cadastrado, o aparelho poderá utilizar o sinal de qualquer escola. Estão previstas, ainda, a iluminação de nove áreas públicas na cidade, com amplitude de até 100 metros do sinal do wi-fi.

CHIP COM PACOTE DE DADOS

Serão entregues a todos os professores e professoras, pedagogos e auxiliares de biblioteca da Rede Municipal de Ensino, chips de celular com pacote de dados 4G, 10GB, tarifa zero local, intragrupos e assinatura básica. O investimento da Prefeitura de Contagem é de quase R$ 4 milhões.

SEGURANÇA E MOBILIÁRIO

Será feita a contratação de serviço de videomonitoramento integrado aos equipamentos da Transcon, com a aquisição estimada de 982 câmeras de vídeo e 645 sensores de alarme.

Está em andamento o investimento de quase R$ 20 milhões para aquisição de mobiliário para equipar as novas creches, escolas e fazer a reposição de equipamentos de algumas unidades.

OBRAS, ADEQUAÇÕES E MANUTENÇÃO

Em 2021 já foram autorizadas as manutenções e pequenas reformas nas estruturas físicas dos prédios escolares.

Repórter Fernando Dutra

Foto Janine Moraes

Notícias Relacionadas