Contação de histórias estimula hábito pela leitura

Programa da educação infantil será levado a todas as escolas municipais

 

A imaginação rolou solta no anexo José Maria dos Mares Guia, no bairro Riacho das Pedras, em Contagem. Cem estudantes da rede municipal participaram de uma contação de histórias. Eles conheceram o drama de um jacaré com dor de dente que precisava urgentemente de um dentista. A fantasia aliada ao aprendizado,  serviu também para conscientizar a meninada sobre a importância da higiene bucal.

A apresentação faz parte de um projeto da Secretaria Municipal de Educação (Seduc) para que os estudantes tenham acesso diferenciado à literatura, contribuindo para o hábito da leitura. “Nós fazemos com que o estudante desperte o gosto pelos livros. As escolas têm a missão de dar a continuidade, abrindo as portas das bibliotecas”, ressaltou Creuza Almeida, bibliotecária do programa de leitura da Seduc.

As atividade do projeto “Trilhas da História” começaram em março, e nesse semestre, terão como foco os estudantes da educação infantil. Além da contação de histórias, há apresentações de músicas clássicas infantis e brincadeiras.

Trabalhar as questões culturais e do cotidiano de forma lúdica faz parte da grade estudantil. João Pedro,  4 anos, acompanhou atento a apresentação da fábula. Saiu consciente sobre a importância do uso da pasta e escova de dente. “Eu adorei a história. Aprendi bastante com o jacaré”, disse.

A proposta da Seduc é executar o projeto em todas as escolas da rede. As contações de histórias são às terças, quartas e quintas-feiras. Os diretores devem solicitar a visita na Seduc. Os temas são selecionados pela equipe do Programa de Leitura. A vice-diretora Márcia Campos foi uma das primeiras a pedir a visita do projeto na escola onde trabalha. “Devemos formar leitores desde cedo. A leitura é uma grande aliada do aprendizado”, destacou.

 

Reportagem: Leonardo Melo
Fotos: Elias Ramos

Notícias Relacionadas