Vigilância Sanitária promove palestra sobre o Programa de Controle de Alergênicos

De acordo com a inspetora de Saúde da Vigilância Sanitária, Fátima Ferreira, o principal assunto foi a contaminação cruzada

O objetivo foi falar, a representantes de empresas, sobre alergia alimentar e sua importância para a saúde pública

A Secretaria de Saúde, por meio da Vigilância Sanitária, promoveu, na quarta-feira (29), uma conversa técnica sobre o Programa de Controle de Alergênicos (Pcal) no auditório da Faculdade UNA Contagem. O objetivo do encontro era apresentar e explicar aos participantes a alergia alimentar, sua importância para a saúde pública, principais alergênicos e a importância do rótulo para o indivíduo portador de alergia alimentar.

A palestra foi ministrada pela inspetora de Saúde da Vigilância Sanitária de Contagem, Fátima Ferreira. O público era formado por representantes de empresas de alimentação de Contagem. De acordo com Fátima Ferreira, o principal assunto da conversa técnica era a contaminação cruzada. “A alergia tem sido uma preocupação das autoridades da saúde pública, pois está havendo um grande crescimento nas alergias alimentares”, afirma.

A palestrante também relatou a importância da conversa técnica: “Com esse encontro, estamos trazendo metodologias para as empresas aplicarem na prática e evitarem que as informações vinculadas nos rótulos dos alimentos não sejam fidedignas”.

De acordo com a gerente de Qualidade de Meio Ambiente da Vilma Alimentos, Carolina Landarina, é essencial que haja essas inciativas da Vigilância Sanitária. “É importante a aproximação das empresas com o órgão público, pois assim a gente pode nivelar o conhecimento e trabalhar todo mundo alinhado, para que as expectativas de ambas consigam ficar equivalentes”, finalizou.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou, em 2015, uma resolução que obriga as empresas a informarem nos rótulos dos produtos a presença de alimentos alergênicos. É por meio dessas informações que a Anvisa vai restringir o consumo daquele alimento que potencialmente pode trazer prejuízo para a saúde do consumidor.

Programa de Controle de Alergênicos (Pcal)

De acordo com a Anvisa, “Pcal é um programa de procedimentos de boas práticas de fabricação destinados a identificar e controlar os principais alimentos alergênicos e seus derivados que estão presentes nas indústrias de alimentos, a fim de reduzir o risco de contaminação cruzada com esses constituintes durante a produção de alimentos”.

 

Repórter: Lorena Campos (sob orientação de Lucas Santos) 

Foto: Adelcio Ramos Barbosa 

Data: 30/05/2019