Posts com a Tag ‘Agente em Cena’

‘Agente em Cena’ oferece programação especial no Parque Ecológico do Eldorado durante as férias

Para que as crianças e familiares possam aproveitar o recesso escolar com mais animação e em contato com a natureza, a Prefeitura de Contagem preparou programações lúdicas e educativas sobre meio ambiente e zoonoses, no Parque Ecológico Eldorado.

As atividades começam nesta terça-feira (19/7) e vão até o dia 29/7, sendo realizadas de terça a sexta-feira, das 9h às 11h e das 13h às 15h30. A programação ficará por conta do grupo “Agente em Cena”.

Com opções de lazer ao ar livre, oficinas de educação ambiental, exposição de animais peçonhentos, orientações sobre febre maculosa, dengue, esporotricose e trilha ecológica, a diversão está garantida.

A integrante do grupo “Agente em Cena”, Jucilene Santos, deixou um convite para a população. “Vamos aproveitar as férias! Venha ao parque Ecológico do Eldorado para passear e conhecer o nosso estande de animais peçonhentos, aprender a cuidar e preservar nosso meio ambiente. Estamos esperando você e sua família!”.

Para aproveitar a programação não é necessário fazer agendamento prévio, basta comparecer ao parque no horário indicado.

As atividades são uma iniciativa das secretarias municipais de Saúde e Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável.

Agente em cena  

Criado há mais de 12 anos, o Grupo Teatral “Agente em Cena” desenvolve peças e atividades que possuem grande poder de comunicação com o público, principalmente com os pequenos. O principal objetivo é contribuir com os programas de Controle de Endemias e Promoção à Saúde, levando de forma lúdica e criativa, informações sobre a saúde e seus diversos temas para toda população.

O grupo, composto por seis agentes, é uma iniciativa do Programa de Educação e Saúde com os Agentes de Combate a Endemias – ACE.

Serviço – Programação especial para as férias 

Data: 19/7 a 29/7 (terça a sexta-feira)

Horário: 9h às 11h / 13h às 15h

Local: Parque Ecológico do Eldorado – rua das Paineiras, 753 – Eldorado – Contagem

Repórter: Laura Oliveira

Conscientização e diversão: Agente em Cena leva às escolas informações para combate ao Aedes aegypti

Chegou a vez das crianças receberem ações educativas e de conscientização sobre o combate às arboviroses – dengue, zika vírus e chikungunya – no município. O grupo de teatro “Agente em Cena”, por meio da peça “A batalha do Aedes x Covid”  vem percorrendo as escolas e os Centros Municipais de Educação Infantil – Cemeis, com objetivo de demonstrar de forma didática ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, além da prevenção e das boas práticas que devem ser adotadas para evitar doenças.

O espetáculo lúdico, no qual os artistas são os próprios agentes comunitários de endemias – ACEs, conta com muita música e diversão. Dayse Assunção, dirigente do Cemei Mundo Maior, no Nacional, que recebeu a peça nesta semana, afirmou que esse momento de interação é muito importante para as crianças e que essas ações educativas, quando feitas em conjunto, têm grande impacto nos pequenos e nos familiares.

“Quando fiquei sabendo desse trabalho, tive vontade de abraçar essa causa, principalmente, pelo fato da comunidade aqui já estar com casos de dengue. Então, quando trabalhamos com as crianças, com certeza, elas conseguem passar informações para os pais. Essas ações contribuem para levar a mensagem adiante. Essa parceria é fundamental.”, ressaltou a diretora.

Essa é mais uma das intervenções da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, realizadas em Contagem no combate às arboviroses. A estratégia tem o propósito de que as crianças levem para casa o que aprenderam por meio do espetáculo, chamando atenção das pessoas que estão a sua volta, sobre a importância de ficarem atentas às doenças e tomarem os devidos cuidados para evitá-las.

O grupo “Agente em Cena” começou as apresentações nas regiões que apresentaram alerta em relação às arboviroses, após o Levantamento de Infestação Rápido do Aedes aegypti (LIRAa), o controle do número de casos e das ovitrampas.

 

Repórter: Laura Oliveira

 

Agente em Cena conscientiza população contra as arboviroses no Eldorado

Nesta segunda-feira (21/2), o grupo de teatro “Agente em Cena” fez uma ação de mobilização social no entorno do Restaurante Popular do Eldorado para conscientizar a população sobre os perigos das arboviroses – dengue, zika vírus, chikungunya e febre amarela.

A iniciativa teve como finalidade mostrar que o controle das arboviroses é um desafio de saúde pública e que é necessário que todos contribuam para evitar a reprodução do Aedes aegypti. Para atrair a atenção do público, as agentes estavam caracterizadas de mosquito e durante a ação foram distribuídos mais de mil folhetos informativos.

As personagens ganham vida por meio das agentes de endemias da Secretaria Municipal de Saúde, elas desenvolvem ações que envolvem educação e promoção da saúde. Segundo, Luiza de Marilac Rocha, agente de endemia que faz parte da equipe do teatro, esse trabalho de conscientização é muito importante, ainda mais agora que as pessoas não estão “lembrando” de doenças como a dengue, devido à Covid-19.

“Muitas pessoas estão esquecendo do Aedes aegypti e só estão lembrando do coronavírus, então estamos despertando a população para cuidar e prevenir. No geral, as pessoas estão aceitando bem o trabalho de alerta”, ressaltou.

A Prefeitura, por meio da Secretaria de Saúde, tem traçado estratégias para evitar a proliferação do Aedes aegypti, e assim prevenir uma possível epidemia neste período de altas temperaturas e chuvas constantes.

Dessa forma, para dar continuidade ao trabalho de combate e prevenção contra a dengue, zika vírus, chikungunya e febre amarela no município, no dia 24/2 o Distrito Ressaca também contará com ações de mobilização. Todos os distritos estão mobilizados e realizando as blitz educativas.

 

Serviço:  

Ação de mobilização Distrito Ressaca – quinta-feira (24/2)

 

Repórter: Laura Oliveira

Grupo teatral de Contagem apresenta peça no Seminário Estadual sobre Arboviroses

Grupo teatral “Agente em Cena” durante apresentação na Fundação Mineira de Educação e Cultura (FUMEC)

“Um mosquito não pode ser maior que toda população”. Com base nessa frase e com objetivo de transmitir a importância dos cuidados que a população precisa ter em relação às arboviroses, o grupo de teatro “Agente em Cena” se apresentou no Seminário Estadual sobre Arboviroses, na Fundação Mineira de Educação e Cultura (FUMEC).

Com a peça “Minha casa, meu ambiente”, o grupo tratou sobre a dengue, as doenças e a falta de cuidados em casa da população. “Queremos transmitir informação, tratar de doenças que são dadas como comuns, mas que tem solução e mostrar como os cuidados são importantes”, explicou Alexandra de Souza Thomaz, uma das componentes do grupo.

A peça foi encenada durante o seminário, que está sendo realizado entre os dias 12 e 14 de novembro, no auditório da FUMEC. O evento terá ainda palestras que tratarão de temas como vigilância epidemiológica e imunização.

“O Agente em Cena” é um grupo formado por Agentes de Combate às Endemias (ACE), da Secretaria de Saúde Contagem. O grupo de teatro foi criado por iniciativa dos agentes, juntamente com o Programa de Educação e Saúde, há 12 anos.

Arboviroses

São as doenças causadas pelos chamados arbovírus, que incluem o vírus da dengue, Zika vírus, febre chikungunya e febre amarela. A classificação “arbovírus” engloba todos aqueles transmitidos por artrópodes, ou seja, insetos e aracnídeos (como aranhas e carrapatos).

 

 

Repórter: Tayna Oliveira

Foto: Adelcio R. Barbosa

Data: 13/11/2019

 

Projeto Saúde na Escola educa por meio do teatro

Por meio de atividades lúdicas, o projeto levou até a escola dicas de prevenção e combate às arboviroses (Dengue, Zika, Febra Amarela, entre outras).

Olhares atentos, sorriso no rosto e curiosidade. Essas foram algumas das reações dos alunos do ensino infantil da Escola Municipal Pedro de Alcântara, localizada na região Industrial. As crianças assistiram uma peça do grupo teatral Agente Em Cena. O grupo levou até a escola, na quinta-feira (22), o Projeto Saúde na Escola. Por meio de atividades lúdicas, o projeto levou até a escola dicas de prevenção e combate às arboviroses (Dengue, Zika, Febra Amarela, entre outras).

Cerca de 30 pequenos do ensino infantil puderam aprender principalmente sobre a prevenção e combate à Dengue. A pedagoga da Escola Municipal Pedro de Alcântara destacou a importância do projeto. “O teatro enriquece o trabalho já realizado na escola,  que é de combate ao mosquito da dengue. Além de saúde, leva cultura aos nossos alunos”, elogiou.

Agente em Cena

O grupo Agente em Cena foi criado a partir da iniciativa dos Agentes de Combate a Endemias (ACE), juntamente com o programa de Educação e Saúde há 12 anos. Quando surgiu o grupo,  chamado de “Zoonetes”, não contava com o apoio e nem estrutura para exercer suas atividades, sendo desarticulado em 2015. Buscando valorizar os servidores, a nova gestão da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Contagem, por meio da Assessoria de Comunicação da Saúde (Ascom- Saúde), retomou as atividades com o grupo em fevereiro de 2017.

 

 

Reporter: Lucas Santos 

Foto: Fábio Silva  

Data: 23/08/2019

Agente em Cena promove saúde de uma forma lúdica

O projeto leva informações de forma divertida e simples

O grupo Agente em Cena é formado por uma equipe de educadoras em saúde que tem o objetivo de levar informações sobre promoção à saúde e prevenção de doenças, por meio de mobilizações sociais. O educador em saúde é um profissional importante para se alcançar êxitos nos programas de controle de endemias e promoção à saúde e, também, é o elo entre a Secretaria Municipal Saúde e a comunidade. “O educador é um servidor do município, que deve possuir certo carisma, facilidade de comunicação e expressão, além ter um grande desejo de aprender e de ensinar”, explica a agente Jacqueline Lage.

Para Lage, o grupo “tem como objetivo promover a saúde e orientar sobre cuidados com o meio ambiente. É um trabalho em conjunto com os agentes de saúde e de endemia”. Ela concluiu com uma mensagem do grupo: “Saúde é o que interessa e o resto não tem pressa”.

Em conjunto com o setor de Coordenação de Educação e Saúde, os educadores em saúde desenvolvem no município diversas atividades de mobilização social, como apresentações de peças de tetro, palestras e participações em eventos. Atualmente, o grupo é formado por nove agentes da área de saúde. “Esse projeto mudou a minha vida, me tirou da depressão. Foi essencial para minha saúde mental, pois é um trabalho prazeroso”, relatou a agente Jucilene Santos.

Na opinião da também agente Alexandra Souza, o projeto leva informações de forma mais impactante para a população. “Passamos uma mensagem de um modo diferente, então abrangemos um público maior. Quando você assiste uma apresentação acaba entendendo as coisas de um jeito mais divertido e simples”, finalizou.

Para mais informações e marcações deve mandar um email para saúde.ascom@contagem.mg.gov.br.

 

 

 

Repórter:  Lorena Campos

Foto: Fabio Silva

Data: 16/08/2019

 

 

Agentes dos distritos Industrial e Riacho recebem capacitação sobre a Febre Maculosa

Realizada pela Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria de Saúde, a ação tem como objetivo transformar os agentes em interlocutores da comunidade

Contagem segue capacitando os agentes de Saúde e Endemias no combate à Febre Maculosa. Nessa terça-feira (23) foi a vez dos agentes dos distritos Industrial e Riacho serem orientados sobre como prevenir a doença, tendo como foco principal o carrapato estrela, vetor da doença.  

Realizada pela Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria de Saúde, a ação tem como objetivo transformar os agentes em interlocutores da comunidade. A ideia é que eles sejam o canal entre a Secretaria de Saúde e a população.  

 A agente de Endemias, Jade Souza, atua na Região Industrial. Ela destacou a importância da capacitação. “Estamos em contato diário com a população e constantemente somos perguntados sobre a Febre Maculosa e o carrapato. Agora, podemos esclarecer com maior precisão as dúvidas dos moradores”, contou  a profissional. 

Veterinário e mestre em parasitologia (carrapatos) pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Matheus Araújo, ministrou a palestra sobre a Febre Maculosa. O veterinário destacou os cuidados com as regiões infestadas pelo carrapato e, se tiver contatocomo proceder e, também, ressaltou a importância da capacitação para os agentes. “Precisamos repassar à população a forma de transmissão e prevenção”.  

Ele também destacou que a Febre Maculosa é uma doença com difícil diagnóstico, pois se assemelha aos sintomas da dengue. por exemplo. “Aos primeiros sintomas de febre, dor no corpo e manchas na pele, é importante procurar uma unidade de saúde. Além disso, é fundamental informar ao médico o seu históricose teve ou não contato com locais de risco”, orientou.  

O município contaatualmente, com cerca de 700 agentes de Saúde e Endemias distribuídos em oito distritos de saúde.  

Teatro  

 A capacitação iniciou com a apresentação da peça “Cuidados no Campo”, apresentada pelo grupo Agente em Cena. O grupo é formado por Agentes de Combate Endemias da Secretaria de Saúde. De forma lúdica e criativa, o grupo percorre as unidades de saúde e escolas, principalmenteno distrito Nacional, para informar a população sobre a Febre Maculosa.    

 

 

Repórter:  Lucas Santos

Foto: Lorena Campos

Data: 23/07/2019

 

 

Agente em Cena promove mais uma ação social em restaurante popular, dessa vez no Ressaca

O grupo de teatro, da Secretaria de Saúde, Agente em Cena, promoveu nesta quinta-feira (16), mais uma ação de conscientização contra as arboviroses. Dessa vez o local escolhido foi o Restaurante Popular do Ressaca, que atende em média 1.100 pessoas diariamente.

Moradora do Jardim Industrial, Neusa Ribeiro aprovou a iniciativa da Secretaria de Saúde e do restaurante em promover esse tipo de mobilização. “Nós precisamos disso mesmo todos os dias. As pessoas não têm consciência dessa epidemia, da gravidade que é a dengue. Então todo mundo tem que ter consciência disso, por isso esse trabalho delas é tão importante.”

Com o bloco do AEDES, a equipe de agentes comunitários de saúde apresentaram uma música com coreografia que reitera a importância de todos estarem ligados sobre essa questão da dengue e a importância de tentar acabar com o mosquito. “Se todos tirarmos dez minutos para fazermos um pente fino para não deixar água parada em lugar nenhum, retirar entulho para evitar os roedores e fazer nossa parte, vamos impedir a proliferação desse mosquito que nos faz tanto mal”, diz a agente de saúde, Patrícia Soares.

Para a administradora do Restaurante Popular do Ressaca, Elza Ferreira, esse tipo de mobilização social na região é muito significativo, já que por meio de muitos usuários fica  sabendo de casos de freqüentadores do restaurante que pegaram algum tipo de arbovirose. “Graças ao fluxo de pessoas que vêem ao restaurante diariamente, esse tipo de ação social faz com que as pessoas tenham mais consciência do que estamos enfrentando”, completou.

 

Repórter: Milla Silva (sob a supervisão de Lucas Santos)

Foto: Adélcio Ramos Barbosa

Data: 17/05/2019

Agente em Cena faz apresentação no Restaurante Popular do Eldorado

Objetivo foi mostrar que o combate ao Aedes aegypti é responsabilidade de todos, não apenas do poder público

O grupo de teatro Agente em Cena fez, na sexta-feira (10), uma ação de mobilização social no Restaurante Popular do Eldorado para conscientizar a população sobre o perigo das arboviroses. O objetivo foi mostrar que o combate ao Aedes aegypti é responsabilidade de todos, não apenas do poder público.

Moradora de Nova Contagem, Rira Lerbachi se disse surpresa e feliz por saber sobre esse trabalho realizado pelas agentes de saúde e combate às endemias. “Eu achei legal. Venho sempre aqui, mas nunca tinha visto. Achei muito bom. Desperta a gente para o que é a dengue. Tem pessoas que precisam ouvir, precisam desse puxão de orelha”, comentou.

Morador do bairro Coração Eucarístico, em Belo Horizonte, Mateus Pinto Guedes vem muito a Contagem, cidade pela qual tem um carinho especial, e estava bastante satisfeito pelo que presenciou no Restaurante Popular do Eldorado. “Vocês estão de parabéns. Deus abençoe para que o trabalho delas possa ir o mais longe possível. O pessoal tem um lote vago, tem um imóvel fechado e não tem interesse de fazer nada e nem concorda em deixar outras pessoas fazerem algo, e, com esse interesse de vocês em realizar esse trabalho, eles vão ouvir e ajudar também”, afirmou.

Agente de saúde que faz parte da equipe do teatro, Jaqueline Anastácia explicou que o Agente em Cena apresentou o Bloco do Aedes, que parte de uma mobilização social para chamar a atenção das pessoas para a importância de se evitar a proliferação do mosquito. “Cantamos músicas, fizemos coreografia que desperta para todos que a dengue é uma doença grave, que o Aedes aegypti é perigoso e que as arboviroses matam. Então estamos despertando a todos para isso”, disse.

Segundo o administrador do restaurante, Maurício Steiner Júnior, “o restaurante popular é um dos instrumentos da Prefeitura que mais recebe a população diariamente. Então esse tipo de ação é importante pela proximidade que temos com as pessoas aqui”, avaliou. Cerca de 1.800 pessoas passam no local diariamente.

Agente em Cena

Criado há cerca de 14 anos, para promover a educação em saúde, a partir de uma iniciativa de Agentes de Combate às Endemias (ACEs), juntamente com o programa de Educação e Saúde do município, o grupo acabou se desarticulando em 2015. Suas atividades foram retomadas em abril de 2017, na atual gestão. De lá para cá, o Agente em Cena já contabiliza mais de 700 apresentações em locais como escolas públicas e particulares, faculdades, conferências de Saúde, reuniões de bairro e Unidades Básicas de Saúde (UBS).

 

Repórter: Milla Silva (sob orientação de Lucas Santos)

Foto: Adelcio Ramos 

Data: 13/05/2019

Plenária Municipal de Saúde aprova propostas de Contagem para a Conferência Estadual

Além de 15 propostas, foram eleitos os 32 delegados que representarão o município

Com a participação de quase 400 pessoas, entre usuários, trabalhadores e gestores, a Plenária Municipal de Saúde de 2019, realizada sábado (30), na Faculdade UNA, selecionou 15 propostas que serão levadas para a Plenária Estadual, a ser realizada entre abril e junho. Também foram escolhidos os 32 delegados que representarão o município na Conferência Estadual.

Com eixo em três temáticas (Saúde como direito; Consolidação dos princípios do SUS e Financiamento adequado e suficiente para o SUS), a Plenária Municipal discutiu várias propostas até a aprovação final. O coordenador da Comissão de Relatoria, dr. Newton Lemos, ressalta que o foco das propostas foi “a contribuição de Contagem para a melhoria da gestão de Saúde em Minas Gerais e no país”.

Inicialmente, foi feita a eleição dos delegados, com representantes de cada um dos oito Distritos Sanitários e de acordo com a paridade de cada segmento, usuários, trabalhadores e gestores, definida por lei.

O secretário municipal de Saúde, Cleber Faria da Silva, avaliou como muito positiva a Plenária, em todos os aspectos, principalmente quanto à maturidade do Conselho Municipal em termos de condução do processo. “Desde o início, com a mobilização dos conselheiros, com o propósito de fazer uma plenária organizada e bem direcionada, seguindo o que preconiza o Ministério da Saúde. Graças à mobilização via Distritos, tivemos uma das maiores adesões em plenárias de saúde de Contagem”, comenta.

Cleber Faria da Silva destaca também a participação popular nas discussões: “Tive a nítida percepção que as pessoas estavam lá por interesse pelo tema, em participar e colaborar de forma coletiva, com o objetivo de que as propostas pudessem ser construídas da melhor maneira possível para serem levadas a nível estadual e chegar também a nível federal”.

Participação popular

A participação popular, mais uma vez, foi importante para a definição das propostas e eleição dos delegados. “Aqui é o lugar onde podemos dar idéias e pontuar situações que podem ser melhoradas. É um ótimo momento para que possamos relatar a real situação de cada região, para contribuir com melhorias”, avalia Ismênia Freitas, da Regional Ressaca, representante do segmento usuário.

Mesmo quem participou pela primeira vez de uma plenária da Saúde destacou a importância da participação nas discussões. “É importante o debate para esclarecermos vários pontos, como as dificuldades que têm os usuários e as melhorias que podem ser feitas. Ao mesmo tempo, a gente recebe informações da gestão e uma projeção do que vai se fazer. A plenária melhora o campo de visão do usuário. Tenho observado que a saúde tem melhorado em Contagem. O caminho é este: dar sequência ao que tem sido feito”, comenta Jorlim Antônio Barbosa, usuário da Regional Eldorado.

Opinião semelhante tem o usuário Hermínio José Rosa, da Regional Petrolândia: “É a primeira vez que participo. Aqui, a gente fica sabendo direitinho o que está acontecendo com a Saúde em nosso município. Quero entender como tudo funciona, os projetos para a Saúde de Contagem. É bom para votarmos e darmos sugestões”.

Adriana Malta, servidora da UBS Maria da Conceição, na Regional Sede, também aponta os pontos positivos do encontro: “A plenária é boa para olharmos o lado do usuário, ver de que eles estão sentindo falta. Para o trabalhador, vemos o que pode ser melhorado em termos de legislação e de rotina de trabalho. É a primeira vez que participo, mas, pelo que tenho ouvido, sempre tem dado resultados”.

Entre as autoridades presentes, além do secretário municipal de Saúde, Cleber de Faria Silva, estavam presentes a secretária-adjunta Kênia Silveira Carvalho, a presidente do Conselho Municipal de Saúde, Maria José Pinto, a superintendente regional de Saúde, Débora Marques Tavares, representando o secretário estadual de Saúde, Carlos Eduardo Amaral Pereira da Silva; e o vereador Dr. Rubens Campos.

No início da Plenária, houve apresentação do grupo teatral Agente em Cena, com a peça “O secador e o espelho: Democracia e Saúde”. O Programa Movimenta Contagem também esteve presente, fazendo o cadastramento de novos usuários para os mais de 100 núcleos implantados no município.

 

Repórter: Eugênio Moreira 

Foto: Fábio Silva 

Data: 02/04/2019