Contagem institui primeiro Comitê Municipal de Vigilância do Óbito no Estado

Foto: Fábio Silva/PMC

Contagem instituiu, no mês de maio, o primeiro Comitê Municipal de Vigilância do Óbito de Minas Gerais. O objetivo é investigar os óbitos de causa mal definida, conhecer seus determinantes, em especial, aqueles que tenham relevância epidemiológica para o município. Dessa forma, será possível propor medidas de prevenção e controle dentro do conceito de vigilância epidemiológica. A primeira reunião do comitê foi realizada neste mês de junho, a fim de apresentar o regimento, publicado no Diário Oficial do Município.

Segundo a médica infectologista da Diretoria de Vigilância Epidemiológica, da Secretaria Municipal de Saúde – SMS, Tânia Maria, uma vez que houver um óbito de relevância epidemiológica, ele será analisado pelo comitê, que irá propor medidas e recomendações, para a proteção da população contra propagação de doenças, e assim, trazer melhorias na rede assistencial do município.

“O Comitê é uma iniciativa realizada aqui, em Contagem, que será um diferencial para apontar medidas de intervenção para a redução de óbito por causas preveníveis, sendo o primeiro do Estado”, contou a médica.

Fazem parte do Comitê representantes da Superintendência de Urgência e Emergência – SURG, Hospital Municipal José Lucas Filho, Diretoria de Atenção Básica, Serviço Móvel de Urgência — Samu Contagem e Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde – Cievs Contagem. As reuniões serão realizadas mensalmente.

Laura Oliveira/PMC