Atendimento da Unidade de Saúde São Joaquim é aprovada pela população

Foto: Luci Sallum

Com uma localização estratégica na Regional Ressaca, a Unidade Básica de Saúde São Joaquim, tem cadastradas 15 mil pessoas. Ela é considerada uma unidade de alto fluxo, que chega a fazer de 120 a 150 atendimentos/dia, além dos realizados na sala de vacina. Para ver de perto como está a satisfação da população com o serviço prestado e dos servidores com as condições de trabalho, a prefeita de Contagem, Marília Campos, visitou a unidade na manhã desta terça-feira (28/06).

No local, ela ouviu dos usuários, que aguardavam atendimento, uma avaliação positiva do serviço de saúde oferecido. “Eu não tenho nada a reclamar. Para mim o atendimento aqui é muito bom. Tenho uma mãe de 98 anos que é acamada e é super bem atendida. Sempre que venho aqui sou muito bem atendida”, falou a aposentada Darcy Madalena Santos, 63 anos, que acompanhava a irmã, a também aposentada, Maria Francisca dos Santos, 76, que foi ao local com sintomas fortes de gripe.
De acordo com informações do diretor do Distrito Sanitário, o médico  Jorge Romero, o quadro de médicos, enfermeiros e técnicos está completo, necessitando de um reforço na equipe de odontologia.

Em conversa com usuários e profissionais da unidade, a gestora municipal conheceu o “doutor ótimo”, apelido dado, carinhosamente, pelos pacientes atendidos ao médico clínico, Diego Augusto de Oliveira Leite,  pela qualidade de seu atendimento. “Aqui temos um volume grande de atendimentos diários, temos uma equipe que é empenhada em fazer o seu melhor e eu procuro também sempre fazer o melhor, fazendo a escuta do paciente para tentar ajudá-lo em sua queixa”.

Apesar da satisfação do atendimento expressa pela população, a unidade apresenta desafios quanto a sua estrutura, como apontou o diretor do distrito. “Precisamos fazer reformas estruturais aqui, pois o prédio apresenta infiltrações no telhado e nas paredes e tem uma rede elétrica incompatível com a necessidade da unidade, como por exemplo para ligar os  aparelhos de ar condicionado. Ela não sustenta a carga necessária. Na época do calor as salas ficam muito quentes”.

A chefe do poder executivo garantiu que as demandas registradas na unidade serão discutidas com a Secretaria de Saúde para serem resolvidas. “Temos visitado as unidades de saúde, colhendo as sugestões tanto dos profissionais, quanto de quem utiliza o serviço. Aqui no São Joaquim temos uma avaliação positiva, mas a unidade, que é de 2018, precisa de reformas de infraestrutura e adequações para melhorar o espaço para os trabalhadores e, consequentemente, para os usuários. Também vamos ver com a Secretaria de Saúde um incremento da equipe de odontologia. Estamos empenhados em melhorar cada vez mais a saúde em Contagem, pois isso é uma prioridade” , destacou a prefeita Marília Campos.

Clique aqui e confira as fotos.

 

Repórter: Jefferson Lorentz