Zoonoses promove curso de capacitação para aplicadores da antirrábica

Notícia Principal - 08/10/2021, 18:00:50 - Repórter: - Foto: Fábio Silva/PMC

No dia 16 de outubro, a Prefeitura realiza a Campanha de Vacinação Antirrábica para Cães e Gatos e a preparação para a ação está a pleno vapor. A Secretaria Municipal de Saúde – SMSA promoveu, por meio da Superintendência de Vigilância em Saúde de Contagem,  entre os dias 5 e 7/10, treinamento  para os  Agentes de Combate à Endemias – ACEs e seus supervisores, que vão trabalhar como aplicadores no dia da campanha. Os dois primeiros dias do curso foram realizados na Faculdade Nova e o terceiro dia foi realizado na zoonoses.  

Os 29 supervisores e 140 ACEs participantes foram atualizados sobre os  cuidados a serem tomados no processo de vacinação. O conteúdo abordado trouxe informações importantes desde o transporte dos imunizantes, passando pelo armazenamento, homogeneização, quantidades aplicadas, local de aplicação no animal, bem como os cuidados para evitar acidentes como mordedura pelos animais e a relação dos aplicadores com os tutores dos pets. 

“O treinamento é importante, porque é o momento de atualizar o profissional, que vai aplicar a vacina, sobre todos os cuidados, relembrando aqueles que já sabem e tirando possíveis dúvidas. A atualização é significativa, inclusive, para evitar desperdícios do imunizante”, explica a diretora de Vigilância Ambiental  e Controle de Zoonoses, da SMSA, Samantha Leão. 

O curso foi uma parceria entre as diretorias de Imunização e a de Vigilância Ambiental e Controle de Zoonoses. Neste ano, a expectativa é imunizar cerca de 60 mil animais em postos de saúde do município. A vacina não tem contraindicação, porém as fêmeas prenhes, para evitar o estresse no animal, não serão vacinadas.  

 Por que é importante vacinar o animal contra a raiva?

A raiva é uma doença que pode ser transmitida de animais para os seres humanos. Neste ano, foram encontrados morcegos infectados com o vírus na Grande Belo Horizonte, mas sem indicação de surto da doença. A campanha tem como objetivo prevenir e garantir que a doença continue erradicada na cidade.

A transmissão ocorre, principalmente, por causa da mordida dos morcegos, eventualmente infectados, com o vírus, nos cães e gatos, sendo assim transmitida por mordedura. 

A raiva afeta o sistema nervoso central, podendo gerar uma encefalite aguda. Ela também pode matar, o que ocorre em quase 100% dos casos, tanto em pessoas quanto em animais.

A principal forma de prevenção é a vacina antirrábica que protege cães e gatos. Cada animal tem direito a receber uma dose gratuita por ano. Outras formas são: evitar contato com animais que você não conhece, prevenir que morcegos entrem nas casas, não criar animais silvestres ou tirá-los de seu habitat natural, dentre outras. Recomenda-se evitar tocar em morcegos e animais silvestres em geral.

Caso um morcego entre em alguma residência e não consiga sair, o responsável pela casa deve acionar o Corpo de Bombeiros para fazer a captura do animal e enviá-lo à Unidade de Vigilância e Controle de Zoonoses  – UVZ  para ser analisado. Isso vale também para os morcegos encontrados mortos. Em caso de encontrar morcegos machucados e ou caídos vivos deve-se acionar as equipes de zoonoses disponíveis nos oito distritos sanitários da cidade. 

É relevante informar que os morcegos são importantes para a reprodução de inúmeras plantas e árvores, portanto, não se deve caçá-los ou matá-los.

Caso tenha sido atacado por algum animal, limpe o ferimento com água corrente e sabão, e procure atendimento médico imediatamente.

Os locais de vacinação serão divulgados em breve. 

CLIQUE ABAIXO E ACESSE A GALERIA DE FOTOS

 

Treinamento de Agentes de Saúde para vacina antirrábica animal - 05/10/2021

Notícia Principal - 08/10/2021, 18:00:50 - Repórter: - Foto: Fábio Silva/PMC

Notícias relacionadas

Secretaria Municipal de Comunicação | Prefeitura de Contagem
Desenvolvido: Secretaria Municipal de Comunicação