Prefeitura divulga resultado final do “Movimenta Cultura” que incentiva artistas da cidade e promove economia local

Cultura - 07/10/2021, 19:30:39 - Repórter:

A Secretaria de Cultura divulgou, nesta quinta-feira (7/10), o resultado final do Edital 001/2021, relativo ao “Movimenta Cultura”, do Fundo Municipal de Incentivo à Cultura – FMIC, no Diário Oficial do Município – DOC, páginas 40 a 49, CLIQUE AQUI. Um resultado preliminar foi divulgado no dia 17 de setembro, possibilitando recurso naquele momento, no prazo de sete dias corridos. A decisão da Comissão de Avaliação de Projetos – CAP, agora, é definitiva.

Com o objetivo de fomentar a cultura local e promover a geração de renda para um número maior de artistas da cidade, a Prefeitura contemplou 52 projetos. Em relação ao resultado prévio, três proponentes desistiram (veja a lista aqui), sendo chamados os respectivos suplentes. A Secretaria de Cultura informa, também, que todos os recursos foram apreciados, sendo deferidos ou indeferidos, não mudando, necessariamente, a ordem de suplência ou sendo o projeto aprovado. Confira, aqui, o resultado dos recursos.

O fundo é o principal mecanismo de fomento às políticas culturais da cidade. Para os projetos selecionados serão destinados recursos de R$1,2 milhão. Foram aprovadas propostas artístico-culturais com valores entre R$ 6.990,00 e R$ 35 mil, em diversas áreas, como audiovisual, literatura, dança, circo, fotografia, música, teatro, moda e vestuários, saraus, slam e batalhas de rimas. Confira a lista completa aqui.

Os contemplados são vitoriosos dentre 262 inscrições enviadas em maio, das quais 235 foram habilitadas e analisadas, posteriormente, pela CAP.  Durante todo o processo, a Secretaria de Cultura disponibilizou oficinas de capacitação para os proponentes, tirando dúvidas e agindo de forma transparente e isenta, contemplando todas as regiões de Contagem. Quanto ao processo, a CAP divulgou nota, explicando os critérios de seleção dos projetos. Há alguns dias, a Secretaria, por meio de nota oficial, já havia mencionado a questão. O anexo da nota você encontra aqui.

Um dos contemplados foi o cineasta Gabriel Marcos, 24. O seu Projeto “No início do mundo” é um curta-metragem, de 20 minutos, que traz à tona a discussão sobre a sociedade. Em um diálogo entre dois jovens, é debatida uma série de questões sociais, como o preconceito sobre o lugar onde uma pessoa mora – muitas vezes chamada de “fim do mundo” –, como isso é tratado pelas pessoas e quais desfechos isso acarreta. “Trazemos essa questão, que é algo que acontece em muitos bairros de Contagem, que são rotulados dessa forma preconceituosa. Falamos disso, de uma forma ficcional, mas que retrata a realidade de muitas pessoas”, conta o cineasta.

Outro proponente aprovado foi o Projeto “Social Dona Rosa”, que é voltado para mulheres, sobretudo as negras em situação de vulnerabilidade. De acordo com Leila Brasil, idealizadora do “Social Dona Rosa”, o projeto cuida de mulheres vítimas de violências e busca, pela capacitação, dar a elas alternativas para que consigam ficar independentes física e emocionalmente. “Oferecemos oficinas, apoio com línguas estrangeiras, advogados, psicólogos e cursos diversos para que busquemos mudar a realidade de cada uma que nos procura”, explica. No edital, o projeto traz o “Teatro do Oprimido”, uma roda de conversa com pessoas, que busca, com palavras, gestos e sons, fazer uma comunicação por meio do corpo sobre diversas situações. 

Em relação ao acompanhamento do edital, Leila elogiou a Prefeitura. “Nós, proponentes, sempre temos dúvidas. É importante essa aproximação e a abertura de canais para que os interessados estejam sempre amparados e possam realizar seus projetos”.

Suplentes

O resultado apresenta os projetos aprovados, havendo, ainda, uma lista de projetos suplentes, que somente será convocada caso alguma das propostas aprovadas não atenda à formalização da documentação, que corresponde ao envio de certidões negativas e abertura de conta bancária para movimentação exclusiva dos recursos.

No aguardo de ser chamado, mas sem desanimar, está o autônomo Anderson Antônio Gomides, que mesmo não sendo contemplado num primeiro momento, afirma que vai continuar participando dos editais de cultura. “Tenho muito interesse em ajudar a sociedade. Nosso projeto visa capacitar pessoas para melhorar seus produtos. Infelizmente não foi dessa vez, mas junto com minha parceira, estaremos sempre de olho nos próximos”, diz.

Outros editais

Atualmente, cinco editais estão em aberto em Contagem: o “Movimenta Literatura” (R$ 100 mil); “Movimenta Imagens – Revelando Contagem” (R$ 40 mil); “Microprojetos Culturais” (R$ 200 mil); “Artes Urbanas – Avenida Teleférico” (R$ 90 mil) e prêmio ‘Culturas Populares e Tradicionais’ (R$ 100 mil).

Para o subsecretário de Cultura, Marcelo Bones, isso mostra que a cidade está contemplando um maior número de pessoas em diversos cenários. “A Prefeitura está fomentando a cultura local de uma forma mais coerente, com mais pessoas participando e podendo mostrar sua arte”, destaca. 

Cultura - 07/10/2021, 19:30:39 - Repórter:

Notícias relacionadas

Secretaria Municipal de Comunicação | Prefeitura de Contagem
Desenvolvido: Secretaria Municipal de Comunicação