Formatura dos projetos “Mulheres da Paz” e “Protejo” celebra protagonismo feminino e formação dos jovens

Defesa Social - 24/11/2021, 15:16:22 - Repórter: - Foto: Ricardo Lima/PMC

Formandas dos projetos “Mulheres da Paz” e “Protejo”, desenvolvidos na região Petrolândia, participaram da cerimônia

A Prefeitura de Contagem realizou nesta terça-feira (23/11), por meio da Secretaria Municipal de Defesa Social, a formatura de 36 mulheres e 24 jovens, participantes dos projetos “Mulheres da Paz” e “Protejo”, desenvolvidos na região Petrolândia. O evento reuniu cerca de 200 pessoas, entre formandos, convidados, moradores e representantes das secretarias envolvidas na realização dos projetos.

A mesa de entrega dos certificados foi composta pela secretária de Defesa Social, Paola Soares, a representante do Ministério da Justiça, Sandra Rosana Araújo, a coordenadora da Câmara de Políticas Sociais, Eugênia Bossi, o secretário de Direitos Humanos, Marcelo Lino, a deputada estadual, Ana Paula Siqueira, o comandante da Guarda Civil de Contagem, Wedisson Luiz, e a administradora da Regional Petrolândia, Márcia Ramalho.

Na abertura do evento foi exibido o “show de bolhas”, realizado pela guarda civil Elaine Macedo – performance com acompanhamento musical da banda da Guarda Civil de Contagem. 

A secretária de Defesa Social, Paola Soares, abriu a cerimônia ressaltando a importância da celebração. “É com muita alegria que estamos aqui para comemorar e refletir sobre a importância dos projetos para comunidade, que superou inúmeros desafios como a pandemia, e cumpriu a função de fortalecer o protagonismo das mulheres e de incentivar cada jovem a construir seu caminho”, afirmou.

O secretário de Direitos Humanos, Marcelo Lino, destacou sobre os desafios e a superação. “Os obstáculos continuarão existindo, mas a diferença está no conhecimento e na experiência, na forma como os jovens e mulheres vão encarar daqui para frente os novos desafios”, disse.

Durante a cerimônia, os formandos homenagearam os professores, familiares, a equipe técnica dos projetos e os representantes da Secretaria de Defesa Social, envolvidos diretamente nos projetos, como a subsecretária de Prevenção e Segurança, da Secretaria de Defesa Social, Daniela Tiffany.

A subsecretária agradeceu a homenagem em sua fala e ressaltou para os formandos a importância de “acreditar”. “Agradeço a todos pela confiança, mas o mérito é de todos vocês, que confiaram e fizeram acontecer. Agora, convoco a todos, mulheres e jovens, que participem do projeto, para florescerem as sementes, e continuarem este trabalho como defensores da municipalização do “Mulheres da Paz””.

A oradora da turma de formandas do Projeto “Mulheres da Paz”, Alva Rodrigues Gonçalves, enfatizou que o conhecimento trouxe transformação para a comunidade. “O conhecimento nos trouxe a possibilidade de mudança. E cada uma de nós, a sua maneira, superou os desafios. Como guerreiras que somos, vencemos! Agora,  estamos prontas e preparadas para aceitar novos desafios e ajudar ao próximo e nossa comunidade”, declarou.

A oradora do Projeto “Protejo”, Camila Almeida Silva, destacou a importância da construção do próprio caminho. “Estivemos juntos durante o curso, mas os caminhos são diferentes, e cada um teve a sua experiência. Para mim foi muito gratificante participar e compartilhar este tempo de aprendizado com vocês”, disse.

Após a entrega dos certificados aos formandos, um lanche foi servido para os convidados. Também estiveram presentes no evento, a subsecretária de Proteção e Defesa Civil, Ângela Gomes, a subsecretária de Direitos Humanos, Lorena Lemos, a vereadora Moara Saboia, e a representante da empresa executora LCF, Cidinha Marçal.

Mais autonomia para mulheres e jovens

Os projetos “Mulheres da Paz” e “Protejo” foram desenvolvidos pela Secretaria de Defesa Social, em parceria com o Ministério da Justiça, desde 2019. Os projetos foram executados somente na Regional Petrolândia.

O Projeto “Mulheres da Paz” visa capacitar mulheres líderes de comunidades, em temas como gênero e direitos da mulher, direitos humanos e cidadania, violências, fatores de risco e protetivos, para agirem como multiplicadoras, tendo como incumbência prevenir a violência contra as mulheres e os jovens, envolvidos na criminalidade e as drogas.

O Projeto “Protejo” é um eixo ligado ao “Mulheres da Paz” que oferta um processo social formativo para os jovens residentes em territórios vulneráveis, a fim de que  vislumbrem cenários possíveis para o seu desenvolvimento humano, social e profissional.

Outras fotos no Flick da Prefeitura:

https://www.flickr.com/photos/prefcontagem/albums/72157720176933481/with/51702839044/

 

Defesa Social - 24/11/2021, 15:16:22 - Repórter: - Foto: Ricardo Lima/PMC

Notícias relacionadas

Secretaria Municipal de Comunicação | Prefeitura de Contagem
Desenvolvido: Secretaria Municipal de Comunicação