Feira da Economia Solidária tem ponto fixo no CSU Amazonas e absorverá empreendedores da feira do Amazonas

Notícias - 09/08/2021, 17:45:33 - Repórter:

A Prefeitura de Contagem, por meio da Regional Industrial, realizou na sexta-feira (6/8) a primeira feira da Economia Solidária no espaço do Centro Social Urbano – CSU Amazonas. A feira reúne empreendedores da região que buscam novas fontes de renda capazes de melhorar o sustento das famílias.

A feira com barracas de artesanato e de alimentação, ocupou parte do playground do CSU Amazonas e tem a missão de absorver os empreendedores que estão na fila de espera de vagas na tradicional feira do bairro Amazonas realizada aos domingos.

Segundo a administradora da Regional Industrial, Renata Gomes, a feira acontecerá, quinzenalmente, às sextas-feiras, das 16h às 21h, e está nos planos a expansão para outros espaços do território. A administradora explicou que foi feito um diagnóstico na região e constatado que existem cerca de duzentas pessoas interessadas em participar da feira do bairro Amazonas, que foram convidados para participar das exposições da Economia Solidária.

“Estamos seguindo à risca as orientações da prefeita Marília Campos para fortalecer a economia formal e informal das regiões, principalmente neste cenário de pandemia. O CSU Amazonas tem uma área privilegiada e poderá absorver os novos empreendedores da região. Em breve, o Parque Linear da Barraginha será inaugurado e pretendemos criar outra feira da Economia Solidária para aquele espaço”, explicou.

A dona de casa Matucélia Vieira Santos Cunha contou que decidiu empreender e escolheu as plantas suculentas para trabalhar. A nova feirante disse que durante a pandemia a vida ficou mais difícil, mas está confiante com a oportunidade. “Minha filha ficou desempregada e agora estamos investindo no comércio de suculentas. Os preços são acessíveis e essa renda vai nos ajudar nas despesas de casa. Espero que daqui para frente a nossa situação melhore”, enfatizou confiante.

Já a feirante Eva Luiza da Silva disse que trabalha com artesanatos de bambu e madeira MDF há 21 anos. Ela ressaltou que as feiras são importantes, porque possibilitam levar mais renda para as famílias. “O artesanato é um trabalho divertido que faz bem para o bolso e para a mente. A sociedade começou a valorizar a arte e o artesanato, e agora com a divulgação, tenho certeza que vai melhorar ainda mais”.

De acordo com o gerente de Feiras da Regional Industrial, Sidnei Morais Martins, as feiras dão oportunidades aos moradores que produzem artesanato e trazem cultura para os espaços públicos da cidade. “Todas as regionais foram orientadas a investir nas feiras da Economia Solidária para que os expositores e as famílias tenham renda, principalmente neste momento difícil de pandemia”, enfatizou.

A secretária de Desenvolvimento Social e Segurança Alimentar, Viviane França, também esteve presente na inauguração da feira da Economia Solidária do CSU Amazonas, que teve o apoio da pasta. “Mais uma feira chega à cidade com o objetivo de impulsionar a economia local e trazer renda para esse seguimento que foi impactado pelo cenário epidêmico que atravessamos”, disse.

Os interessados em se inscrever para participar da feira da Economia Solidária do CSU Amazonas, podem procurar a Regional Industrial, onde os servidores estão à disposição para ajudar os expositores a preencher o formulário de inscrição.

As inscrições também podem ser feitas pelo site da Prefeitura de Contagem pelo link:
https://survey123.arcgis.com/share/120f4f3c731f4118be0204185eed24eaportalUrl=https://geoprocessamento.contagem.mg.gov.br/portal e mais informações podem ser obtidas pelo telefone: (31) 3363.6047. A próxima feira será na sexta-feira (20/8), das 16h às 21h, no CSU Amazonas – rua Tiradentes, 2.031, bairro Amazonas – Contagem.

CLIQUE ABAIXO E ACESSE A GALERIA DE FOTOS:

 

Feira da Economia Solidária/CSU Amazonas

Notícias - 09/08/2021, 17:45:33 - Repórter:

Notícias relacionadas

Secretaria Municipal de Comunicação | Prefeitura de Contagem
Desenvolvido: Secretaria Municipal de Comunicação