Dia Mundial de Luta contra a Aids tem mutirão de testagem rápida e ações de conscientização

Notícia Principal - 02/12/2021, 23:22:23 - Repórter: - Foto: Fábio Silva/PMC

Contagem celebrou o Dia Mundial de Luta contra a Aids, nesta quarta-feira (1º/12), com várias ações voltadas para a conscientização da população sobre a necessidade de prevenção e diagnóstico das Infecções Sexualmente Transmissíveis -ISTs. O Centro de Atenção Especializada Iria Diniz, que oferece o Programa IST/Aids, recebeu atrações culturais de dois grupos de convivência de idosos e um grande abraço simbólico em torno do prédio. Foi realizado, ainda, o mutirão de testagem rápida no Iria e nas Unidades Básicas de Saúde–UBSs, com horário estendido de atendimento, em algumas unidades, até às 19h.  

Segundo o diretor do Programa IST/Aids, Paulo Henrique Belmiro, o dia 1º de dezembro é um momento de luta e de resistência, pois ainda há um preconceito muito grande sobre as pessoas que convivem com HIV. “Neste dia estamos ofertando em todas as UBSs os testes rápidos, prática que será permanente, para qualquer cidadão que esteja munido de documento com foto, além de ofertar também no Iria Diniz pelo Programa IST/Aids. Hoje a pessoa conta com acolhimento, realiza o teste e o resultado sai em 30 minutos. Caso dê positivo, o usuário já tem agendamento com enfermeiro, psicólogo, médico e farmacêutico”, disse.

O grupo de idosos “Saúde Sempre” deixou sua mensagem aos mais jovens com a apresentação da dança das cirandeiras. “Este é o nosso papel social, levar alegria para as comunidades. Entre nós não há discriminação, somos todos iguais. O importante é se proteger e fazer o teste, pois cuidar da saúde é fundamental para alcançar a longevidade”, disse a coordenadora do grupo Ivonilda das Graças Cruz.

L.O.R.C., 33, foi fazer os testes rápidos no Iria Diniz e destacou a importância de cuidar da saúde. “Como tenho parceiro fixo, acontece de termos relação sem proteção, acabamos por confiar na pessoa e assim ficamos expostos, então sempre testo como forma de check up. É importante fazer sexo com proteção, mas também é fundamental fazer os testes para não contaminar outras pessoas se for o caso”, disse.

Prevenção ao HIV

Em caso de exposição ao HIV, o Centro de Testagem e Aconselhamento do Iria Diniz oferece a Profilaxia Pós-Exposição-PEP. Para receber a PEP o prazo máximo é de 72h após a exposição ao HIV, para as pessoas que ainda não convivem com o vírus. A PEP é recomendada para pessoas que podem ter tido contato com HIV em situações de violência sexual, relação sexual desprotegida com potencial risco de infecção, acidente ocupacional com instrumentos perfurocortantes ou em contato direto com material biológico. A PEP não substitui o uso de preservativo e não é indicada para todas as pessoas. Não é indicado o uso frequente de PEP devido aos efeitos adversos que podem ocorrer.

Apesar da existência da PEP, a melhor forma de se proteger do HIV ainda é pelo uso do preservativo. Use camisinha em todas as relações sexuais, pois ela protege contra infecções sexualmente transmissíveis (IST) e evita uma gravidez não planejada. Fonte: Ministério da Saúde

 

 

Dia Mundial de luta contra a AIDS - 01/12/2021

Notícia Principal - 02/12/2021, 23:22:23 - Repórter: - Foto: Fábio Silva/PMC

Notícias relacionadas

Secretaria Municipal de Comunicação | Prefeitura de Contagem
Desenvolvido: Secretaria Municipal de Comunicação