“Dia Mundial da Alimentação” terá edição especial da Feira da Agricultura Familiar, no sábado, 16/10

Desenvolvimento Social - 14/10/2021, 18:24:21 - Repórter: e

Com o intuito de fortalecer o compromisso de garantir alimentação de qualidade para os contagenses, a Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social e Segurança Alimentar e da Superintendência de Segurança Alimentar, Nutricional e Agroecologia, realizará uma edição especial da Feira da Agricultura Urbana e Familiar neste sábado (16/10), entre 9h e 18h, na praça da Glória, no Eldorado. O evento vai celebrar o “Dia Mundial da Alimentação”, comemorado na mesma data.

A feira, que também faz parte da programação da campanha “Outubro Saudável”, contará com produtos naturais, sem uso de agrotóxicos, em grande diversidade, como hortaliças, plantas medicinais, frutas e produtos alimentícios artesanais. Serão 30 barracas da Agricultura Urbana e Familiar e também quatro tendas de atendimento ao público com orientações nutricionais e alimentação saudável, dicas de plantio e outros serviços da Secretaria. Haverá, ainda, uma rádio itinerante que proporá interação com os visitantes e intervenções culturais.

Além disso, o evento terá barracas de alimentação saudável e da Feira da Economia Solidária, como explica o diretor de Produção e Comercialização da Agricultura Urbana e Familiar Agroecológica, João Batista Rodrigues. “Vamos mostrar a produção da agricultura familiar de Contagem e cidades vizinhas, e vamos ter diversos produtos, como feijão, suco natural, hortaliças, frutas, pães, cerveja, chope e cachaça artesanal, rapadura, doces, artesanato indígena, entre outros, e, as comidas típicas dos produtores da Economia Solidária”, disse.

Esta é uma das iniciativas que fazem parte das atividades do Programa Municipal de Segurança Alimentar, Nutricional e Agroecologia e representa, também, o reconhecimento da importância da agricultura urbana e familiar para o desenvolvimento do bem-estar e da segurança alimentar da população de Contagem.

A superintendente de Segurança Alimentar, Cida Miranda, comentou sobre a ideia de realizar a feira na praça da Glória, no contexto das comemorações do Dia Mundial da Alimentação, frisando o papel do município em oferecer à população mais saúde e qualidade alimentar, além de contribuir no impulsionamento da economia local.

A atividade é parte do programa de segurança alimentar, relata a superintendente.  “A feira de agricultura urbana e familiar de Contagem é parte das atividades do Programa Municipal de Segurança Alimentar, Nutricional e Agroecologia e representa o compromisso do município na luta para garantir alimentação de qualidade para os contagenses. A feira é cultura e traz para a praça todo esse potencial produtivo de geração de renda de milhares de pessoas que, muitas vezes, não são vistas e nem reconhecidas, mas estão por aí, semeando, colhendo e comercializando alimentos saudáveis, sem veneno, “explicou.

A partir da implementação da política de segurança alimentar, o município tem buscado meios de garantir ao acesso à alimentação saudável como direito do cidadão. Ainda nessa vertente, fortalece circuitos curtos de comercialização de alimentos, contribuindo para o desenvolvimento local e a geração de renda por meio das feiras de agricultura urbana e familiar que são alternativas viáveis para o desenvolvimento econômico de forma sustentável.

“O ‘Dia Mundial da Alimentação’ (16/10) celebra, na verdade, a fundação das Organizações das Nações Unidas, em 1945, com o objetivo de alcançar a segurança alimentar de todos, garantido que as pessoas tenham acesso regular a alimentos de qualidade. Neste ano, o tema é ‘Alimentos seguros agora para um amanhã saudável’. As cidades têm hoje um papel fundamental na construção de sistemas alimentares mais inclusivos, resilientes, e geradores de desenvolvimento local”, explicou.

A Agricultura Urbana e Familiar possui atualmente 16 unidades produtivas (instaladas e em instalação). Até o momento, foram realizados nove cursos de formação em 2021, com cerca de 90 participantes. São 51 famílias envolvidas, com 60 agricultores.

Os números alcançados nestes primeiros dez meses de governo são celebrados por Cida Miranda, que destaca a importância de fomentar esse tipo de iniciativa para combater a crise econômica e, consequentemente, alimentar, que afeta mais profundamente famílias vulneráveis. 

“Em tempos de fome e empobrecimento da população, a produção de alimentos para o autoconsumo e comercialização do excedente torna-se alternativa viável para o desenvolvimento social e econômico dos municípios. Contagem pode dar um grande exemplo nesse sentido, por possuir todas as condições para desenvolver, economicamente, incluindo as atividades agrícolas sustentáveis, tanto no espaço intraurbano quanto no espaço periurbano em todos os territórios da cidade”, frisou.

Em Contagem, os agricultores têm como referência o Centro Municipal de Agricultura Urbana e Familiar – Cemauf, que funciona na rua Fernando Ferrari, 85, no bairro Praia. O telefone de contato é o (31) 3394.7676.

Desenvolvimento Social - 14/10/2021, 18:24:21 - Repórter: e

Notícias relacionadas

Secretaria Municipal de Comunicação | Prefeitura de Contagem
Desenvolvido: Secretaria Municipal de Comunicação