Contagem faz fiscalização integrada com Ribeirão das Neves para impedir descartes irregulares no Xangrilá

Defesa Social - 18/10/2021, 20:42:07 - Repórter: - Foto: Elias Ramos/PMC

A Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável – Semad e da Guarda Civil, realizou, na sexta-feira (15/10), uma ação integrada com a Prefeitura de Ribeirão das Neves, para  avaliar as diversas denúncias de maus-tratos e abandono de animais, além de descartes irregulares de materiais em uma área do bairro Xangrilá, localizado na divisa dos dois municípios.

De acordo com a moradora da região, Michele de Oliveira, o local que é de propriedade particular, vem sendo usado, há muito tempo, como bota-fora, além de servir de área de abandono e desova de corpos de animais mortos. “Geralmente as pessoas vêm à noite, quando fica mais difícil fiscalizar. É um problema recorrente que temos, mas, ultimamente, tem piorado”, informou. 

Michele contou, ainda, que sua mãe, Maria do Carmo, já resgatou mais de 100 cachorros e gatos abandonados, encaminhando-os para abrigos e protetores de animais da região, mas nem todos conseguem ser salvos. 

Segundo o superintendente de Controle Ambiental da Semad de Contagem, Eric Machado, a área, em questão, está localizada no município de Ribeirão das Neves, mas era necessária uma avaliação conjunta para traçar estratégias de ação integrada, inclusive  de cunho educativo para a população dos dois municípios. “Essa vistoria foi muito importante para fazermos um diagnóstico e entendermos qual era realmente o problema do local”. 

Apesar da responsabilidade com o cuidado da área ser da Prefeitura de Ribeirão das Neves, o superintendente afirmou que a Prefeitura de Contagem, por meio da Semad e Guarda Civil,  auxiliará na mobilização da comunidade do entorno. “Vamos trabalhar na mobilização e ações educativas, incentivando a guarda responsável, orientando sobre os cuidados com o bem-estar animal e outras ações que fazem parte de uma política municipal de defesa animal”, esclareceu. 

A fiscal ambiental de Contagem, Mariana Campos, coordenou a ação e afirmou que a área possui outros problemas. “Só nesse lugar encontramos poluição visual e do solo, que pode acarretar poluição hídrica, já que a área possui algumas nascentes. Isso gera um transtorno, ainda maior, para os moradores do entorno”. 

Mariana explicou que, após a conclusão do relatório da vistoria, a Semad encaminhará para a Guarda Civil de Contagem uma solicitação para intensificar as rondas na região. “Nosso objetivo é tentar inibir as pessoas de fazerem o descarte ilegal, pois ele gera muitos problemas. A guarda já faz rondas regularmente no bairro, mas vamos reforçá-las e, assim, tentar diminuir as irregularidades”, enfatizou. 

Durante a vistoria, Nathália Marra, da gerência de Fiscalização e Análise Ambiental de Ribeirão das Neves, afirmou que a Prefeitura de Neves faz a limpeza de forma regular na região. “É um problema recorrente. Esse é um ponto já viciado e, como tem alguém que limpa, as pessoas acham que podem continuar com os descartes irregulares”. 

A gerente explicou para os moradores que dois proprietários dos loteamentos usados como bota-fora já foram identificados. “Vamos notificá-los para que eles assumam a responsabilidade que é deles e cuidem do imóvel, fazendo a limpeza, o cercamento da área e garantindo a iluminação. Sabemos que, infelizmente, o problema não vai acabar, mas vamos, pelo menos, diminuir as ocorrências”. 

A ação contou com a presença de fiscalizações ambientais das secretarias de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Contagem e Ribeirão das Neves, além da Guarda Civil dos dois municípios. 

Clique abaixo e veja a galeria de fotos.

Ação conjunta de Contagem e Ribeirão das Neves na fiscalização de descartes irregulares no bairro Xangrilá - 15/10/2021

Defesa Social - 18/10/2021, 20:42:07 - Repórter: - Foto: Elias Ramos/PMC

Notícias relacionadas

Secretaria Municipal de Comunicação | Prefeitura de Contagem
Desenvolvido: Secretaria Municipal de Comunicação