Prefeito lança importantes programas durante “Café com as Servidoras”

Na ocasião, prefeito e secretários anunciaram como se dará a implantação do Botão do Pânico e do Programa Rede Nascer Contagem “Conexão de amor à vida”

Direitos Humanos - 11/03/2020, 15:25:00 - Repórter: - Foto: Cassio Matias

A Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania e da Superintendência de Política Pública para Mulheres, promoveu, na última segunda-feira (9/3), o tradicional “Café com as Servidoras”, em alusão ao Dia internacional da Mulher (8/9). O evento aconteceu no hall principal da Prefeitura de Contagem e foi marcado pelo lançamento oficial do Protocolo de Atendimento a Mulheres em Situação de Violência no Município de Contagem e do Botão do Pânico e, também, do Programa Rede Nascer Contagem “Conexão de amor à vida”. Ao final, as servidoras também puderam confraternizar ao som da Banda da Guarda Civil.

O prefeito Alex de Freitas agradeceu a presença de todos e a colaboração de cada mulher em seu governo. “Quero dizer que aprendi muito com vocês. Agradeço pelas mulheres da minha vida, como minha mãe, irmãs, minha esposa e também minhas professoras. Desejo que todas vocês  sejam cada vez mais respeitadas e felizes e, isso independe do Dia Internacional da Mulher, pois o dia da mulher é todos os dias”, destacou.

Em relação à Rede Nascer, o prefeito informou que o programa identifica, acolhe e acompanha as gestante de Contagem, facilitando a realização de todas as consultas, exames e procedimentos para uma gestação saudável e um parto seguro e bem assistido. “Para que possamos ter cada vez mais sucesso na aplicação desse programa, é necessária a participação de toda a sociedade. Todos nós podemos e devemos participar desta conexão de amor à vida. Peço a vocês, que informem todas as gestantes que conhecem sobre a existência desse programa, dessa rede”, disse.

Sobre o Botão do Pânico, Alex de Freitas também ressaltou que o equipamento, já implementado pelo governo do Espírito Santo (ES), diminuiu significativamente os crimes e as agressões contra as mulheres. “É um dispositivo eletrônico de segurança preventiva que possui GPS e gravação de áudio. Quando acionado,  o equipamento emite um alerta para que a vítima seja socorrida pela Guarda Civil e Polícia Militar. Para implementar o projeto na cidade, foi firmada uma parceria entre o município e o Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais (TJMG), na qual estabeleceu-se que Contagem seria responsável pela aquisição do botão e o TJMG pela avaliação e seleção dos casos com prioridade para recebê-lo”.

Acompanhado o prefeito, a primeira dama de Contagem, Luciana de Freitas, agradeceu a todas as mulheres que contribuíram para fazer uma Contagem melhor e àquelas que acreditaram no trabalho do governo. “Uma palavra que tenho pensado muito nos últimos dias é a palavra sonoridade, que significa a união entre as mulheres. Apesar de termos conseguido muito espaço na sociedade, nós sabemos das nossas lutas, do machismo que enfrentamos. Não podemos fechar os nossos olhos quanto a tudo isso”. Sensibilizada com a causa das mulheres, Luciana de Freitas ressaltou que as mulheres precisam ser tratadas com carinho e humanidade.

Também presente no café, o vice-prefeito, William Barreiro, enalteceu a contribuição das mulheres, servidoras, na execução das diversas atividades e serviços municipais. “Percebemos o crescimento do espaço, que cada vez vocês vêm ganhando. A pergunta que sempre faço é: o que seria de nós, homens, se não fossem as mulheres? É muito grande a importância da mulher em nossa vida. Parabenizo a cada contagense pela luta”.

De acordo com a superintendente de Políticas Públicas para Mulheres, Gê Nogueira, Alex de Freitas sempre será lembrado como o prefeito que motivou sua equipe a trabalhar pelas igualdades de gênero. “Ele exige e nos dá todas as condições de trabalho para lutar contra as desigualdades. Nunca vou esquecer o dia que o ele falou para mim: “intolerância contra os intolerantes”. Agradeço a ele também por ter atendido um pedido nosso, enviando à Casa Legislativa para a aprovação de um projeto de lei que regularizou o Espaço Bem-Me-Quero, que por força de lei passou a chamar: CEAM Bem-Me-Quero”, disse.

O secretário de Direitos Humanos e Cidadania, Marcelo Lino, cedeu a palavra para a secretária de Desenvolvimento Social, Luzia Ferreira. “Quando uma menina nasce, seja em qualquer lugar e qualquer país, ela já nasce com alguma desigualdade, então nascer bem e ter cuidado ao nascer, já é uma grande vantagem para a mãe e, especialmente, para a criança que está chegando ao mundo. É importante convocarmos todos para a luta,  juntas frente à desigualdade. Temos que sair da nossa caixinha e trabalhar em conjunto para ter efetividade e para a política pública produzir cidadania”, disse Luzia.

Rede Nascer Contagem “conexão de amor à vida”

A Rede Nascer identifica, acolhe e acompanha as gestantes de contagem facilitando a realização de todas as consultas, exames e procedimentos para uma gestação saudável e um parto seguro e bem assistido. Em seu primeiro ano de vida, o recém-nascido recebe o acompanhamento das equipes de saúde da família e dos profissionais que compõem a rede municipal de saúde, além do carinho das madrinhas e das pessoas que formam a Rede Nascer Contagem, numa legitima e necessária conexão de amor à vida.

De acordo com o ex-secretário Estadual de Saúde, Antônio Jorge, mais de 2/3 das mulheres dão à luz e apresentam problemas recorrentes por baixa qualidade pré-natal e baixa assistência, então, por isso, a decisão do prefeito Alex de fazermos algo que nos levassem além dos dados que temos hoje. “De 2016 até 2019 tivemos um aumento de 63% dos leitos. O número de partos dobrou em Contagem. Hoje são quase 500 partos mensais na cidade.  Esse é um programa público para mulheres, sejam elas ricas ou pobre, mias velhas ou mais novas. Não tem perfil para participar”, afirmou.

A equipe da Rede Nascer estará estruturada em um call center e será formada exclusivamente por mães e avós, que serão as madrinhas. Elas estarão acompanhadas dos enfermeiros e médicos, 24 horas, à disposição através do telefone e acompanharão todo o desenvolvimento da gestação. Além de contar com um acolhimento altamente estruturado e profissional, a Rede Nascer vai proporcionar as gestantes um suporte constante, atenção e muito carinho.

Direitos Humanos - 11/03/2020, 15:25:00 - Repórter: - Foto: Cassio Matias

Notícias relacionadas

Secretaria Municipal de Comunicação | Prefeitura de Contagem
Desenvolvido: Secretaria Municipal de Comunicação