Iniciada a construção do Corredor Ressaca para melhorar a mobilidade de mais de 230 mil pessoas em 121 bairros

Serão nove quilômetros ligando as avenidas Severino Ballesteros Rodrigues, João Gomes Cardoso, Teleférico, Babita Camargos e General David Sarnoff

Notícia Principal - 14/10/2019, 18:53:03 - Repórter: - Foto: Cassio Matias

Assinadas as ordens de serviço, as máquinas começaram a trabalhar

O prefeito Alex de Freitas, ao lado do vice-prefeito William Barreiro, assinou nesta segunda-feira (14) as ordens de serviço para a construção do Corredor Ressaca, que vai interligar essa regional à Cidade Industrial, garantindo maior fluidez no trânsito e mais conforto sobretudo a quem usa o transporte público. O novo corredor terá nove quilômetros de extensão, englobando as avenidas Severino Ballesteros Rodrigues, João Gomes Cardoso, Teleférico, Babita Camargos e General David Sarnoff.

Além da revitalização do asfalto, serão feitas intervenções nos meios-fios e calçadas, que serão adaptados com sinalização tátil para pessoas com deficiência visual. O investimento será de R$ 37 milhões e a previsão da Autarquia Municipal de Trânsito e Transporte (Transcon) é a de que o corredor de trânsito seja concluído em 300 dias. Além das regionais Ressaca e Industrial, a Nacional será beneficiada mais diretamente pelas obras de mobilidade, contemplando 121 bairros e mais de 230 mil pessoas. Mas o impacto será sentido em toda a cidade.

Alex de Freitas destacou que a arrecadação com o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) foi decisiva para a viabilidade da obra. “Seria impossível sem o IPTU. Foi com esse recurso que Contagem melhorou sua capacidade de investimento e pagamento. O imposto foi determinante para que obtivéssemos os recursos de financiamentos do PAC”.

O vice-prefeito apontou a relevância do corredor para a cidade. “É uma obra de extraordinária importância. Estamos transformando Contagem com para darmos mais qualidade de vida ao cidadão contagense. A ligação dessas regiões será muito boa, vai somar muito”, afirmou William Barreiro.

O Corredor Ressaca é um dos três que serão construídos para o SIM

O Corredor Ressaca é um dos três que serão construídos para o SIM

O presidente da Transcon, Gustavo Peixoto, destacou a agilidade que o Corredor Ressaca provocará no trânsito. “Os ônibus terão faixa exclusiva e com isso vamos ganhar em mobilidade urbana. Naturalmente há ganhos para o transporte em geral, pois as demais faixas serão ser usadas por outros veículos. Assim, Contagem terá um trânsito mais ágil”. Com o prefeito e o vice, ele fez visita técnica onde as obras estão sendo executadas: na Praça do Trabalhador (Babita Camargos), na regional Industrial, e na praça do Divino (João Gomes Cardoso), na Ressaca.

O Corredor Ressaca é um dos três que serão construídos para atender o Sistema Integrado de Mobilidade (SIM) de Contagem. Os outros são os corredores Norte/Sul (interligando a Cidade Industrial à Nova Contagem) e Leste/Oeste (interligando a Ressaca ao Petrolândia, até o limite com Betim).

Contagem é atualmente o maior canteiro de obras de mobilidade da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). Ao todo, serão mais de R$ 1,2 bilhão em investimentos. O SIM foi planejado para atender três eixos principais: Restruturação do Sistema de Transporte Coletivo, Infraestrutura Urbana e Infraestrutura Viária. Para saber mais, CLIQUE AQUI.

Notícia Principal - 14/10/2019, 18:53:03 - Repórter: - Foto: Cassio Matias
Tags:

Notícias relacionadas

Secretaria Municipal de Comunicação | Prefeitura de Contagem
Desenvolvido: Secretaria Municipal de Comunicação