Escola Municipal Eli Horta aborda Setembro Amarelo no hall de entrada

A ação contou com profissional da Una Contagem

Educação - 13/09/2019, 15:22:21 - Repórter: - Foto: Geraldo Tadeu

O Setembro Amarelo foi tema de discussão, na última quinta-feira (12/9), na Escola Municipal Eli Horta Costa, na região da Sede, com atividades de valorização à vida para mais de 200 estudantes do 7º ao 9º ano.

Durante o bate-papo com os adolescentes, a palestrante Letícia Martins, da Una Contagem, falou sobre o lidar com os sentimentos e a depressão. Também abordou sobre as dificuldades de pedir e oferecer ajuda, e os escapismos, principalmente associando-os aos vícios relacionados ao uso de mídias sociais.

Quem ficou bastante interessada foi a estudante do 7º ano, Liza Maria Leite que achou pertinente o assunto dentro da sala de aula. “O cérebro na faixa etária dos adolescentes passa por bastantes transformações e às vezes chegam as dúvidas, temores e ações que os nossos familiares, em alguns casos, não conseguem compreender. Mas quando a escola abre para esse campo de diálogo os medos e aflições tendem a se amenizar com palestras voltadas para o público adolescente”, afirma Liza.

A diretora Márcia Rocha Carvalho destacou que a escola possui muitos projetos que visam cuidados dos adolescentes, com projetos de horta, comunidade afro e outras ações. “Estamos felizes em ver que os nossos projetos estão acontecendo como esperávamos. Ter o debate do Setembro Amarelo em nossas escola agrega valor, relevância e estamos salvando vidas”, finaliza.

Escola revitalizada

Por fazer parte do Pró Escola, o prédio do Eli Horta Costa recebeu a pintura colorida e agora aguarda os tramites para a iniciação da obra da sala de artes.

Desde o início de 2017, cerca de 50 escolas da Rede Municipal de Ensino de Contagem foram contempladas com algum tipo de reforma pontual. Agora, as instituições passarão por revitalizações de grande porte. Serão investidos R$ 10 milhões por meio do Programa Pró-Escola, lançado pela Secretaria Municipal de Educação. A necessidade das obras foi avaliada pelos diretores escolares e cada unidade apontou até cinco intervenções para melhoria da estrutura do prédio.

Das 115 unidades da Rede Municipal, 100 fizeram as solicitações de reforma. As prioridades foram definidas pelos dirigentes escolares. Cada diretor teve autonomia para baixar um formulário disponível no portal da Secretaria de Educação (Estuda Contagem) e elencar as obras necessárias na instituição de ensino. Além de pinturas, serão feitas reformas de telhados, rede de esgoto, banheiros, salas de aula, muros e quadras poliesportivas, dentre outras.

Educação - 13/09/2019, 15:22:21 - Repórter: - Foto: Geraldo Tadeu
Tags:

Palestra de Prevenção ao Suicídio na Escola Municipal Eli Horta Costa

Notícias relacionadas

Secretaria Municipal de Comunicação | Prefeitura de Contagem
Desenvolvido: Secretaria Municipal de Comunicação