Festival Gastronômico de Abóboras reúne duas mil pessoas na praça da Glória

Treze grupos de convivência de idosos participaram do concurso culinário, no qual a abóbora, um dos símbolos da cidade, é o principal ingrediente. Iniciativa está participando de concurso do Iepha/MG de Culinária e Patrimônio

Desenvolvimento Social - 27/08/2019, 17:00:15 - Repórter: - Foto: Paulo Pereira

Foto: Paulo Pereira

Era uma vez a história de um pequeno povoado, formado a partir da instalação de um posto de fiscalização no Sítio das Abóboras, no início do século XVIII, que se tornou a terceira cidade mais populosa de Minas Gerais. Para rememorar essa história e favorecer a convivência entre grupos da terceira idade, a Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, realizou a XIIIª edição do Festival Gastronômico de Abóboras de Contagem.

O festejo ocorreu na última sexta-feira (23), na Praça Nossa Senhora da Glória, regional Eldorado. De acordo com estimativa da Guarda Civil de Contagem (GCC), cerca de duas mil pessoas passaram pela praça para curtir a festa, que contou com shows de música ao vivo e Dj e fez as pessoas dançarem e degustarem diversas iguarias feitas com abóbora. A Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Juventude (Secej) também participou da organização do festival.

Foto: Paulo Pereira

O festival faz parte do calendário anual do município, inserido por meio da Lei nº 4.406/2010, e tem como objetivo resgatar a história da cidade e fomentar a comunhão entre pessoas da Melhor Idade, por meio da promoção de um concurso culinário de receitas típicas, no qual o ingrediente principal é a abóbora, um dos símbolos da cidade. Neste ano, 13 grupos de convivência de idosos – entre eles, um grupo de cada um dos dez Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) da cidade – inscreveram-se para participar do certame, cinco a mais em relação ao ano passado, quando participaram sete grupos. Cada barraca apresentou um prato diferente, mas com um mesmo ingrediente fundamental: a abóbora. Os valores dos pratos variaram entre R$ 3 e R$ 8.

A secretária de Desenvolvimento Social de Contagem, Luzia Ferreira, ressaltou que o festival tem o potencial de fortalecer a identidade contagense, valorizando a cidade e fortalecendo o sentimento de pertencimento que cada cidadão deve ter com a cidade em que mora. “É uma festa tradicional, ligada à origem e ao nome de Contagem, que já está incorporada ao calendário da cidade. Nós mobilizamos os grupos de convivência dos idosos de Contagem para esta participação maravilhosa. Isso fortalece nessas pessoas os vínculos familiares e com a comunidade e gera uma motivação a mais em suas vidas, ao escolherem um prato, testarem, prepararem e degustarem uma receita, para, só então, virem à praça e concorrerem em um festival gastronômico que tem esse prestígio. A gente fica muito feliz com o aumento da adesão que aconteceu neste ano, que mostra que a credibilidade do concurso, do festival vem crescendo”, afirma a secretária.

Resultados dos votos dos júris popular e técnico mostram similaridade entre o gosto especializado e o popular. Disputa foi acirrada

O resultado das diferentes combinações culinárias com abóbora foi julgado por um time de três jurados, especialistas em gastronomia, e pelo júri popular, pessoas que compareceram ao festejo, degustaram os pratos e deram seu recado votando. Cada barraca tentava mobilizar o público para a experimentação de suas receitas, em meio a uma praça lotada, com pessoas de todas as idades. Quase mil pessoas manifestaram sua preferência por algum prato, tendo sido computados 926 votos populares.

Foto: Paulo Pereira

O primeiro lugar no júri popular ficou com a Barraca 1, o Grupo Saber Viver, do CRAS Parque São João, com seu “bolinho de abóbora com carne seca”, merecedor de 193 votos. Mas foi uma vitória apertada, porque a Barraca 6, o Grupo Gente Nova Vida Nova, do E.B.V. Luiz Palhares, conseguiu 189 votos com sua “delícia de abóbora com tilápia crocante”. E em terceiro lugar ficou a Barraca 2, o Grupo Esperança Nossa, do CRAS Eldorado, com 86 votos e o prato “empada de abóbora com recheio de frango”.

O gosto popular acabou coincidindo com algumas das escolhas do júri técnico, que conferiu o primeiro lugar à Barraca 6, o Grupo Gente Nova Vida Nova, do E.B.V. Luiz Palhares, com a “delícia de abóbora com tilápia (que obteve o segundo lugar no júri popular)”. O segundo lugar foi conquistado pela Barraca 9, o Grupo Esperança, do CRAS Sede, com o prato “salpicão de abóbora”. A disputa ficou tão apertada que o terceiro lugar teve de ser dividido entre dois grupos: O Saber Viver, do CRAS Parque São João, com o “bolinho de abóbora com carne seca (Barraca 1, que alçou o primeiro lugar no júri popular)”, e o Bem Viver, do CRAS Industrial, com seu “casulo de abóbora ao molho praiano (Barraca 8)”.

Festival de Abóboras de Contagem está participando de concurso do Iepha sobre Culinária e Patrimônio

Por causa de sua relação com a preservação e a promoção do patrimônio cultural, o Festival Gastronômico de Abóboras de Contagem foi inscrito, neste mês, na 7ª Jornada do Patrimônio Cultural de Minas Gerais – Edição 2019 – Culinária e Patrimônio do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha/MG). A Jornada tem o intuito de mobilizar municípios, entidades e agentes culturais para a realização de atividades que sensibilizem a sociedade para a promoção, a valorização e a preservação do patrimônio cultural.

Na edição deste ano, o objetivo é promover ações que tratem dos modos de fazer, das receitas, dos lugares e práticas ligadas à alimentação, seu preparo, as particularidades de cada região e seu patrimônio gastronômico. Mais de 500 municípios mineiros, de todas as regiões do estado, estão participando da iniciativa.

De acordo com o Iepha/MG, as prefeituras municipais que atenderem aos critérios envolvidos na iniciativa terão pontuação no ICMS Patrimônio Cultural, programa de incentivo à preservação do patrimônio cultural do estado que repassa recursos para os municípios que preservam seu patrimônio e suas referências culturais, através de políticas públicas relevantes.

A temática deste ano, relativa à culinária vista sob a ótica do patrimônio cultural, permitiu não só a inscrição do Festival Gastronômico de Abóboras de Contagem na 7ª Jornada do Iepha/MG, mas também a de uma outra iniciativa do município, explica Alexandra Maronda Ponsá, da Diretoria de Políticas de Memória e Patrimônio Cultural da  Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Juventude (Secej). “Também inscrevemos na Jornada do Iepha o Encontro das Quitandeiras de Contagem e as Receitas: “Sabores de Contagem”, feira de culinária que contará com a participação das quitandeiras do município e acontecerá na próxima quinta-feira, 29/08, junto com a Contagem Musicatta. A feira terá a presença das quitandeiras da Comunidade dos Arturos e de outras talentosas quitandeiras do município. Teremos roscas, bolos, biscoitos, doces, galinhada e outras delícias mais”, instiga Alexandra Ponsá.

Programe-se e participe!

Desenvolvimento Social - 27/08/2019, 17:00:15 - Repórter: - Foto: Paulo Pereira

Festival Aboboras 2019

Notícias relacionadas

Secretaria Municipal de Comunicação | Prefeitura de Contagem
Desenvolvido: Secretaria Municipal de Comunicação