Tecnologia das lousas digitais é realidade nas escolas municipais e na Funec

85 equipamentos foram instalados nas unidades escolares possibilitando novas práticas pedagógicas

Educação - 11/07/2019, 14:17:39 - Repórter: - Foto: Geraldo Tadeu

Seduc oferece formação para dirigentes, professores e pedagogos sobre as lousas

A Educação em Contagem ganha com a chegada da tecnologia nas escolas municipais e na Fundação de Ensino de Contagem (Funec) por meio das lousas digitais. Ao todo, são 85 equipamentos para as escolas municipais de Ensino Fundamental e também unidades da Funec  que oferecem o Ensino Médio e cursos técnicos. A Secretaria Municipal de Educação (Seduc), durante toda essa semana do dia 9 a 12 de julho, realizou a formação dos dirigentes, professores e pedagogos de toda a Rede Municipal para demonstrar os recursos oferecidos pelas lousas digitais. A partir desta segunda-feira (15/7), todas as lousas já poderão ser utilizadas para as aulas interativas.

Segundo a secretária municipal de Educação e presidente da Funec, Sueli Baliza, a iniciativa em investir em novas tecnologias para as escolas proporciona didáticas diferenciadas de melhoria contínua do ensino. “As novas tecnologias fazem parte da vida de toda essa geração de estudantes, bem como do nosso futuro. Nesse aspecto, a Educação também precisa caminhar junto a essas mudanças e avançar apostando em práticas pedagógicas modernas”, disse.

As lousas digitais são interativas e não precisam acoplar nada, pois já têm um computador interno e o painel de controle central gere todos os equipamentos. A lousa é sensível ao toque do dedo sendo até 10 toques simultâneos, possui câmera de documentos, projetor widescreen, sistema de áudio integrado e suporte a microfone sem fio.

Segundo o professor de Tecnologia que ministra a formação das lousas digitais, Edson Piacentini, o grande diferencial destas lousas é a interatividade. “A ferramenta enriquece a didática, pois dentro da sala de aula, o professor consegue trazer a informação de várias maneiras, utilizando imagens, músicas, vídeos, trabalhar com arquivos feitos em vários softwares. Isso abre uma gama enorme de possibilidades, fazendo a diferença. O grande desafio mesmo será a construção de conteúdo”, afirmou.

A diretora da E. M. Eli Horta Costa, Márcia Rocha, ficou satisfeita com a formação sobre a lousa digital, pois a escola já tinha recebido o equipamento e os professores e alunos estavam ansiosos para começar a aproveitar todos os recursos. “Tivemos o privilégio de receber a lousa como projeto piloto da rede e estamos muito felizes porque atende uma realidade que queremos hoje dentro da escola. Nossos estudantes do 6º ao 9º ano já são totalmente tecnológicos, então eles buscam o tempo inteiro essas novidades. As atividades podem ser feitas de forma lúdica e cativam ainda mais a atenção dos alunos”, disse.

A professora de Português da E. M. Dona Cordelina da Silveira Mattos, Patrícia Rabelo, ficou encantada com as possibilidades trazidas pela lousa digital. “Essa é uma ferramenta que pode mudar a nossa vivência na escola, abrir novos caminhos. Já conheço um pouco da tecnologia e é muito interessante ver que isso é possível dentro da escola em Contagem, pois parecia uma realidade muito distante”, afirmou.

Educação - 11/07/2019, 14:17:39 - Repórter: - Foto: Geraldo Tadeu
Tags:

Notícias relacionadas

Secretaria Municipal de Comunicação | Prefeitura de Contagem
Desenvolvido: Secretaria Municipal de Comunicação