Contagem inicia terceiro ciclo de borrifação de veneno em casas da Vila Boa Vista

Aplicação de cal no terreno onde as pessoas contraíram febre maculosa está em fase final

Notícia Principal - 14/06/2019, 13:07:07 - Repórter: - Foto: Fábio Silva

Dez agentes de saúde percorreram a rua Primeiro de Maio, aplicando carrapaticida nos imóveis

Na manhã de sexta-feira (14), dez agentes de saúde percorreram a rua Primeiro de Maio, na Vila Boa Vista, aplicando veneno nos imóveis. Essa é a terceira fase do ciclo de dedetização. O objetivo é exterminar o carrapato-estrela na região. “Estabelecemos quatro ciclos, com intervalos de sete dias. O procedimento de aplicação interna e externa elimina qualquer possibilidade de reprodução nos imóveis”, destaca o superintendente de Vigilância em Saúde, José Renato Rezende.

A Defesa Civil também promoveu a liberação da rua Primeiro de Maio para fluxo de carros e pessoas. A rua estava interditada havia dez dias. “A partir do momento que notamos que não há presença de carrapatos, a Defesa Civil, em conjunto com outras secretarias, decidiu liberar a via, já que a interdição também impacta na rotina dos moradores”, comenta José Renato.

A aplicação de cal no terreno onde foram localizados focos de carrapatos está na etapa final. Cerca de 20 homens fazem a aragem da terra e aplicam o produto. A ação basifica o solo e contribui com o extermínio do carrapato. De acordo com técnicos do Centro de Zoonoses, o terreno será monitorado durante três anos, ciclo médio de vida dos carrapatos.

Registros

Dados divulgados na manhã de sexta-feira (14) apontam que são 54 notificações referentes à febre maculosa. Seis casos já foram confirmados. O último é de uma mulher, de 25 anos, moradora da Vila Boa Vista. A paciente procurou atendimento no dia 31 de maio. Passou por consulta e agora recebe acompanhamento médico.

Notícia Principal - 14/06/2019, 13:07:07 - Repórter: - Foto: Fábio Silva
Tags:

Notícias relacionadas

Secretaria Municipal de Comunicação | Prefeitura de Contagem
Desenvolvido: Secretaria Municipal de Comunicação