Centro Cultural promove palestra sobre o legado de Anne Frank

Estudantes da Funec Ressaca participaram do bate-papo com Leon Menache

Cultura - 14/06/2019, 15:11:52 - Repórter: - Foto: Newton de Castro Resende

Alunos do 3º ano da Funec Ressaca, participaram da palestra “Liberdade, Intolerância e Totalitarismo”, na quarta-feira (12)

Alunos do 3º ano da Fundação de Ensino de Contagem (Funec), Unidade Ressaca, participaram, na manhã de quarta-feira (12), da palestra “Liberdade, Intolerância e Totalitarismo”, ministrada por Leon Menache, sobrevivente do Holocausto. O evento faz parte do projeto Conexões e integra a exposição “Aprendendo com Anne Frank – Histórias que ensinam valores”, na galeria do Centro Cultural de Contagem. Os estudantes foram recepcionados pela coordenação da galeria de arte, pelos representantes do Núcleo Anne Frank Belo Horizonte e do Instituto Histórico Israelita Mineiro, responsáveis pela curadoria da exposição.

No dia 12 de junho de 2019, Anne Frank completaria 90 anos. Sua curta vida foi significativa e impacta, até os dias de hoje, os jovens do mundo inteiro. Isso porque durante a Segunda Guerra Mundial, ela, sua família e mais quatro judeus ficaram escondidos em um anexo secreto por 25 meses, até serem capturados pelos nazistas. Neste período de reclusão, Anne escreveu um diário em que conta o dia a dia do esconderijo, as notícias da guerra, seus medos, assim como seus sonhos, anseios, reflexões e outros escritos. O Diário de Anne Frank foi publicado pela primeira vez em 1947, e hoje é um dos livros mais lidos do mundo.

“Várias homenagens e comemorações são realizadas em todo o mundo, pela ocasião da data. O objetivo desse evento é provocar a reflexão sobre os valores humanos. Debater situações que vivemos atualmente, através dos relatos sobre a vida de Anne, e os acontecimentos que marcaram sua história. Construir um diálogo que auxilie no processo de formação e transformação da sociedade, que valorize a vida, o respeito e as relações humanas de forma geral”, ressaltou o palestrante, Leon Menache.

A coordenadora pedagógica Raquel Lacerda destacou a importância de trazer estes temas para o debate entre os jovens. “Vivemos uma realidade muito parecida em relação à desconstrução dos valores humanos. E neste sentido, é fundamental trazer à tona debates que tenham um contexto histórico e uma base fundamentada na realidade daquela época. Desta forma, conseguimos despertar nos estudantes a reflexão daquilo que devemos pautar como valores fundamentais: o respeito, a tolerância, o amor ao próximo e, principalmente, à vida. Este processo nos auxilia na construção e na formação da cidadania”, concluiu.

A atividade complementa a exposição “Aprendendo com Anne Frank – Histórias que ensinam valores”, que ocorre na galeria do Centro Cultural, aberta ao público até 28 de junho. A mostra, que faz parte do projeto Tudoaver, é uma realização da Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria de Cultura, Esporte e Juventude, em parceria com o Big Shopping, e foi trazida pelo Núcleo Anne Frank Belo Horizonte, em parceria do Instituto Plataforma Brasil e com apoio do Instituto Histórico Israelita Mineiro, da Federação Israelita do Estado de Minas Gerais, do Consulado dos Países Baixos e da Secretaria Municipal de Educação de Belo Horizonte.

Serviço:

APRENDENDO COM ANNE FRANK – Histórias que ensinam valores

Exposição: de 5 a 28 de junho

Galeria do Centro Cultural de Contagem – Rua Dr. Cassiano, 120, Centro

Visitação: de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h

Informações: 3352-5347

Cultura - 14/06/2019, 15:11:52 - Repórter: - Foto: Newton de Castro Resende
Tags:

Notícias relacionadas

Secretaria Municipal de Comunicação | Prefeitura de Contagem
Desenvolvido: Secretaria Municipal de Comunicação