Audiência Pública debate situação da empresa Grüntec

Moradores reclamam do mau cheiro provocado pelas atividades da empresa, que atua com queima de resíduos hospitalares

Meio Ambiente - 14/06/2019, 13:32:59 - Repórter: - Foto: Túlio Andrade

Audiência Pública contou com participação de moradores, o presidente da empresa e representantes do executivo e legislativo

Uma audiência púbica foi realizada no auditório da Prefeitura de Contagem com o objetivo de discutir a ação da empresa Grüntec Serviços Ambientais Ltda. A empresa, que atua na área de queima de resíduos hospitalares, é responsabilizada pelos moradores da bairro Kennedy, na regional Nacional, de emitir mau cheiro durante suas atividades.

A audiência pública é uma forma de colocar frente a frente empresa, moradores e os poderes executivo e legislativo, com a participação do Conselho Municipal de Meio Ambiente. Abrindo os trabalhos, o presidente da Grüntec, Frederico Linhares Couto, fez uma apresentação da empresa, explicando a tecnologia usada, importada do Japão, e apresentando relatórios de emissão de resíduos que demonstravam estar bem abaixo do permitido por lei.

A reunião foi capitaneada pelo secretário de Meio Ambiente, Wagner Donato, que, em seguida, abriu a palavra aos presentes. Deu-se então uma discussão acalorada entre os moradores que reivindicavam a mudança de local da empresa, proposta encampada pelos representantes do poder legislativo, vereadores Silvinha Dudu e Rubens Campos.

O secretário Wagner Donato explica que a empresa está dentro de todos os parâmetros legais, mas que busca atuar como mediador no conflito. “A Secretaria de Meio Ambiente compreende a insatisfação dos moradores porque, segundo relatos, o mau cheiro é muito forte. Em nossas diligências, e foram muitas, não foi constatado o mau cheiro, bem como os testes de queima e as avaliações de funcionamento dos equipamentos mostraram-se dentro das normas, conforme demonstram os laudos que possuímos. Ressalto que todo o processo de licenciamento da empresa seguiu a legislação, as normas do Conama e todos os preceitos legais. Existe uma insatisfação, e a gente está buscando uma solução consensualizada. Os moradores estão pedindo que a empresa procure outro local, e a Semad também está conversando com a empresa nesse sentido. Mas não temos base legal para obrigá-los a se mudarem. Estamos na posição de mediadores do conflito, tentando buscar um acordo, e acredito que vamos conseguir”, enfatiza.

A empresa, por sua vez, mesmo enfatizando que está totalmente dentro das regras, aceita conversar sobre uma possível mudança de endereço, mostrando disposição para uma saída negociada. Seguindo proposta apresentada pelos representantes do Conselho de Meio Ambiente, uma visita técnica foi agendada para o dia 17, com a participação dos moradores.

Meio Ambiente - 14/06/2019, 13:32:59 - Repórter: - Foto: Túlio Andrade
Tags:

Notícias relacionadas

Secretaria Municipal de Comunicação | Prefeitura de Contagem
Desenvolvido: Secretaria Municipal de Comunicação