Técnicas do Ministério da Saúde estão em Contagem para acompanhar ações contra a febre maculosa

Quatro profissionais realizam pesquisa sobre os casos de febre maculosa na Vila Boa Vista

Regional Nacional - 10/06/2019, 10:26:34 - Repórter: - Foto: Adelcio Ramos Barbosa

Quatro técnicas do Ministério da Saúde visitaram, no sábado (8), a área onde ocorreram as contaminações por febre maculosa

Quatro técnicas do Ministério da Saúde visitaram, na manhã de sábado (8), a área onde ocorreram as contaminações por febre maculosa, na Vila Boa Vista, na regional Nacional. As profissionais vistoriaram o terreno e analisaram as ações referentes à qualificação do solo com a aplicação de cal para combater o carrapato-estrela.

As técnicas que pertencem ao Programa de Treinamento em Epidemiologia Aplicada ao Serviço do SUS chegaram em Contagem na sexta-feira (7). Elas participaram de reuniões com membros das secretarias de Saúde de Contagem e do Estado. “A equipe do Ministério da Saúde entrou em contato com o município para que fizesse a avaliação do local. Ela vai ficar na condução dos casos na área de saúde, juntamente com o município”, destacou o diretor de Vigilância Ambiental e Controle de Zoonoses, José Renato Rezende.

Além de visitar a área, as profissionais passaram o sábado conversando com pessoas que moram nas proximidades da área de contaminação. A pesquisa do Ministério da Saúde não tem data para terminar.

Aplicação de veneno

As equipes de Controle de Zoonoses realizaram, no sábado (8), a segunda etapa de borrifação de veneno nas casas próximas ao terreno onde foi detectado o foco de infestação do carrapato-estrela. O veneno é aplicado nas paredes, chão e teto. A parte externa do imóvel também recebe o produto. O objetivo é evitar que os parasitas invadam as casas. A aplicação é realizada a cada sete dias.

Na segunda-feira (10), a Prefeitura de Contagem passa a oferecer a aplicação de carrapaticida também em cavalos da regional Nacional. Os Ecopontos Carajás e Amendoeiras estão recebendo carroceiros que queiram tratar os animais. “O banho de carrapaticida é importante porque evita que o animal seja hospedeiro de parasitas. Isso contribui para a saúde humana e também do animal”, destacou José Renato.

O banho é cíclico e deve ser feito a cada 15 dias. A expectativa é beneficiar cerca de 100 carroceiros da região cadastrados na Prefeitura.

Regional Nacional - 10/06/2019, 10:26:34 - Repórter: - Foto: Adelcio Ramos Barbosa
Tags:

Notícias relacionadas

Secretaria Municipal de Comunicação | Prefeitura de Contagem
Desenvolvido: Secretaria Municipal de Comunicação