Estudante autista ministra oficinas de português e matemática na Funec Oitis

Funec trabalha política de inclusão para garantir acesso igualitário ao sistema de ensino

Educação - 29/05/2019, 12:13:47 - Repórter: - Foto: Geraldo Tadeu

O estudante autista Victor Cruz cursa o terceiro ano na Funec Oitis

Victor Manoel Machado Cruz, 18 anos, é autista e está cursando o terceiro ano do Ensino Médio na Fundação de Ensino de Contagem (Funec) unidade Oitis, na Regional Ressaca. O estudante vem se destacando na escola ministrando oficinas de matemática e português aos outros alunos da classe. Ele é avaliado pelos professores e pelos próprios colegas durante a oficina e vem recebendo nota máxima na atividade.

O exemplo de Victor é uma vitória na inclusão dos alunos com deficiência na Funec. Segundo a diretora da unidade Oitis, Nilza Clarindo, quando o Victor chegou lá em 2017, ele não conversava. “Com o tempo ele foi se adaptando e hoje está feliz e tranquilo junto a sua turma, isso é um grande avanço. Precisamos incluir o diferente respeitando as diferenças. Não é cobrar que ele seja igual aos outros alunos, mas ele tem que estar lá no meio e ser incluído”, destacou a diretora.

A estagiária da Funec e estudante de Pedagogia, Natália Carolina Silva, acompanha Victor durante as aulas. Como no Ensino Médio são muitas disciplinas, ela procura mediar e adaptar as atividades passadas pelos professores. “Eu já sei em quais atividades ele tem mais dificuldade, portanto, procuro entender, estudo e explico para ele. Me dei muito bem com ele e estou adorando a experiência, vai ser muito importante para a minha formação”, disse Natália.

Victor ainda está em dúvida para qual área vai prestar vestibular, sua grande paixão é a Literatura, mas ele afirma que gosta de aprender de tudo. “Estou gostando muito de dar as oficinas, pois quando ensino, na verdade, aprendo muito mais. A Funec é muito boa, os professores, a diretora, a estagiária e meus colegas são ótimos, aqui me sinto acolhido e com o acompanhamento da estagiária fico mais seguro”, afirmou.

Victor é acompanhado pela estagiária estudante de Pedagogia, Natália Silva

Inclusão dos Estudantes com Deficiência na Funec

Atualmente, as dez unidades da Funec recebem 49 estudantes com deficiência. Cada estudante é acompanhado através do Plano de Desenvolvimento Individual (PDI), um documento que registra todas as competências e habilidades desenvolvidas pelo aluno, de forma processual, além do acompanhamento da equipe pedagógica e de um estagiário que esteja cursando a partir do quarto período de Pedagogia ou Psicologia.

Segundo explica a diretora de Ensino da Funec, Alice Arcebispo, foi criado um código de conduta do estagiário que ele deve seguir para auxiliar os estudantes com deficiência. “O estagiário é estimulado a estudar e conhecer sobre a deficiência e laudo do aluno, o que contribui para a sua formação acadêmica. Esses alunos têm limitações, portanto, lidamos com as diferenças, mas com a consciência de que não podemos ser desiguais”, afirmou.

Para a vice-presidente da Funec, Raquel Parreira Carvalho, o acesso do estudante com deficiência deve ser igualitário ao sistema de ensino. “A escola deve dar o suporte necessário e a função do educador é estar preparado para educar os mais diferentes tipos de indivíduos. Não basta o aluno ser inserido, ele deve ser incluído”, afirmou.

Educação - 29/05/2019, 12:13:47 - Repórter: - Foto: Geraldo Tadeu
Tags:

Notícias relacionadas

Secretaria Municipal de Comunicação | Prefeitura de Contagem
Desenvolvido: Secretaria Municipal de Comunicação