Fiscalização combate supressão vegetal e construção irregular no bairro Colonial

Terreno clandestino de quase 7 mil metros quadrados estava sendo fracionado e colocado à venda

Desenvolvimento Urbano - 22/02/2019, 11:18:41 - Repórter: - Foto: Ricardo Lima

Os fiscais retiraram telas, cercas e materiais que impediam a circulação

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SMDUH) fez uma diligência em um loteamento clandestino no bairro Colonial, regional Sede, para impedir a supressão de uma vasta área vegetal, além de construções irregulares. A ação teve a participação de fiscais, com apoio da Guarda Civil de Contagem.

O terreno tem área de quase 7 mil metros quadrados, que estava sendo fracionada e comercializada em lotes de 200 metros quadrados sem a devida aprovação do Município. O espaço pertenceu a uma empresa privada e foi penhorado há alguns anos. Com a chegada da equipe da Prefeitura foram retirados cercas, telas e materiais que impediam a circulação no terreno.

O secretário Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Ivayr Soalheiro, destacou a importância do combate ao parcelamento irregular de terrenos na cidade. Ele afirma que a ação será cada vez mais permanente. “A prática de venda de lotes irregulares não condiz com o que propõe o nosso governo. Vamos trabalhar pelo zelo ao meio ambi-ente e para combater o impacto gerado nos bairros”, enfatiza.

Uma moradora da região, que não quis se identificar, foi enganada com a venda irregular do terreno e afirma que teve prejuízo de R$ 40 mil.

Desenvolvimento Urbano - 22/02/2019, 11:18:41 - Repórter: - Foto: Ricardo Lima
Tags:

Notícias relacionadas

Secretaria Municipal de Comunicação | Prefeitura de Contagem
Desenvolvido: Secretaria Municipal de Comunicação