Ortopedista do Hospital Municipal de Contagem alerta para os cuidados no transporte de crianças em veículos

Especialista destaca que equipamentos especiais, como cadeirinha e assento elevado, devem ser certificados pelo Inmetro e estar muito bem presos aos veículos

Notícia Principal - 27/12/2018, 15:32:48 - Foto: Adelcio R. Barbosa

O ortopedista e traumatologista Bernardo Reis Gomes, do Hospital Municipal, chama atenção dos pais para o transporte correto

Com a chegada das férias escolares e festas de final de ano, o volume de veículos e os riscos de acidentes nas estradas, rodovias e vias urbanas se intensificam. Quem tem criança em casa sabe que quando o assunto é transportá-las de um lugar para o outro o cuidado deve ser redobrado.

O uso incorreto dos equipamentos obrigatórios (cadeirinha, assento de elevação e cinto de segurança) e a imprudência dos condutores, associados às chuvas, aumentam os índices de acidentes e lesões, principalmente em crianças.

De acordo com o médico ortopedista e traumatologista Bernardo Reis Gomes, do Hospital Municipal de Contagem, a cadeirinha precisa estar afixada com segurança no veículo. “Cerca de 70% das lesões em crianças menores de 1 ano são traumas no cranioencefálico, seguidas por traumas no tórax, abdômen e pélvico”, destaca o médico.

Ainda segundo Bernardo Gomes, os pais devem observar se o equipamento é aprovado pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) e ficar atentos às instruções do manual das cadeiras especiais. “A maioria das cadeiras e assentos de segurança é afixada de forma incorreta, podendo colocar em risco a integridade física da criança”, afirma.

Segundo o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), transportar crianças em veículos sem a devida segurança é considerada infração gravíssima, que prevê multa de R$ 293,47, perda de sete pontos na Carteira de Habilitação e a retenção do veículo até que seja sanada a irregularidade.

Campanhas

Durante todo o ano, a Autarquia Municipal de Trânsito e Transportes de Contagem (Transcon) faz atividades pedagógicas voltadas para crianças e jovens nas escolas e campanhas educativas de trânsito para os condutores.

De acordo com a assessora de Gestão e Inovação da Transcon, Roseli Viana Ferreira Braga, as campanhas buscam conscientizar os condutores sobre o cinto de segurança, cadeirinha, álcool e direção, limite de velocidade, uso do telefone celular e direção, manutenção do veículo e ultrapassagem.

Segundo dados da Polícia Militar Rodoviária (PMRv), neste feriado de Natal, de sexta (21) à terça-feira (25), foram registrados 343 acidentes nas rodovias estaduais e federais que cortam Minas, que deixaram 374 pessoas feridas e causaram 23 mortes.

Ainda de acordo com a PMRv, durante as operações nas estradas 58 pessoas foram presas, 23 por dirigirem embriagadas. No mesmo período foram aplicadas mais de 5.800 multas.

Antes de iniciar a viagem, o motorista deve fazer a manutenção preventiva do veículo, conferir a documentação e os itens obrigatórios de segurança.

 

Regras do Conselho Nacional de Trânsito (Contran)

– Crianças com até 1 ano devem ser transportadas em bebê conforto

– Crianças de 1 a 4 anos em cadeirinhas

– Crianças de 4 a 7 anos em assentos de elevação

– Crianças de 7 a 10 anos já usam cinto de segurança, sempre no banco de traseiro do veículo

– Crianças com mais de 1,45 m de altura poderão ser transportados no banco da frente, pois conseguem apoiar os dois pés no chão do veículo

 

Estagiários Ágatha Dumont e Jaiderson Henrique (sob supervisão de Marco Antônio Astoni)

Notícia Principal - 27/12/2018, 15:32:48 - Foto: Adelcio R. Barbosa
Tags:

Notícias relacionadas

Secretaria Municipal de Comunicação | Prefeitura de Contagem
Desenvolvido: Secretaria Municipal de Comunicação