Programa Vida Saudável promove formação de coordenadores e agentes sociais dos núcleos

Direitos Humanos - 22/10/2018, 06:59:46 - Repórter: - Foto: Divulgação

O Programa Vida Saudável, por meio da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania, encerrou na última sexta-feira (19), no auditório da própria Secretaria, no Eldorado, o Módulo Introdutório II para agentes sociais de esporte e lazer e seus coordenadores. A formação teve uma programação extensa em dois turnos durante os dias 17, 18 e 19 de outubro para dezenas de participantes.

“Com todos os desafios, temos buscado dar ao programa o patamar que ele precisa. Estamos resolvendo questões burocráticas e administrativas para dar melhoria nas atividades, como solicitações de lanche e ônibus para passeios. A Érica, enquanto gestora do programa, simboliza e sintetiza todo o comprometimento e compromisso da equipe do Vida Saudável. A pessoa idosa pode e deve ser protagonista no seu envelhecimento, e para essa secretaria, defendendo esses princípios, não faltará esforço”, disse o secretário municipal de Direitos Humanos e Cidadania, Marcelo Lino.

A formação teve como objetivo aprofundar conceitos, diretrizes, princípios e objetivos desenvolvidos no Módulo I; acompanhar o desenvolvimento das atividades sistemáticas programadas no Planejamento Pedagógico aprovado pelo Ministério do Esporte; acompanhar o desenvolvimento das atividades assistemáticas planejadas no Módulo I e durante o convênio; reforçar a importância do Planejamento Participativo com vistas a subsidiar a construção do projeto político-pedagógico do convênio e destacar o papel dos coordenadores e agentes sociais como “agentes” de inclusão e transformação social, antes de tudo.

A formadora do Ministério do Esporte, Sheylazarth Ribeiro, falou sobre a capacitação. “Só conseguimos melhorar os núcleos e os atendimentos, além de fortalecer o protagonismo da pessoa idosa, se conversamos sobre isso e entendermos o que está acontecendo nos núcleos. Para isso, chamamos os agentes sociais e coordenadores para dialogarem entre eles mesmo e conosco. Estamos formulando as ações que vão acontecer nos núcleos e, por isso, é tão importante qualificar os agentes para que a política pública que desejamos que aconteça, se concretize na ação cotidiana dos agentes sociais em relação aos idosos”, disse.

No encerramento, houve uma assembleia para organização do trabalho coletivo no Vida Saudável, além da exposição e debate da temática “Vida Saudável e a Educação no e para o Lazer”. Para finalizar, foi feito um planejamento coletivo de ações do convênio explorando as questões que envolvem o planejamento participativo e a auto-gestão; elaboração do quadro de metas e ações para o convênio.

Érica Carmo, coordenadora geral do Programa Vida Saudável, disse da importância da formação. “Esse tipo de capacitação é de extrema importância, pois aprendemos a lidar da melhor maneira com os desafios. Para mim é um imenso prazer participar do Programa, e quero dizer que aprendo muito a cada dia. Espero que todos renovem as esperanças para este final de ano e para 2019, para sempre estarmos conseguindo melhorias e novas conquistas”.

A Superintendente de Políticas Públicas para a Pessoa Idosa da Secretaria de Diretos Humanos de Contagem, Maria Fontana, também esteve presente no encerramento. “O Programa Vida Saudável realmente tem feito diferença na vida das pessoas idosas de Contagem. Parabenizo a cada coordenador e a cada agente desse programa, por todo esforço e carinho. Políticas Públicas para pessoas idosas, sem formação, caminha para qualquer lado. Tem que ter direção, formação e planejamento, e é isso que a gente vê nesse programa, o que nos deixa bastante feliz”, alegou.

Direitos Humanos - 22/10/2018, 06:59:46 - Repórter: - Foto: Divulgação
Tags:

Notícias relacionadas

Secretaria Municipal de Comunicação | Prefeitura de Contagem
Desenvolvido: Secretaria Municipal de Comunicação