Ampliação do acesso e participação popular na UBS Icaivera

Gestão responsiva e população participando do controle social levam melhorias a unidade de saúde em Vargem das Flores

Saúde - 28/09/2018, 08:42:08 - Repórter: - Foto: Lídia Bento

Quando a população e os gestores de saúde trabalham em conjunto, a saúde melhora. No início de 2017, em um contexto em que a atual gestão acabara de assumir o governo, havia déficits de profissionais em várias unidades de saúde do município. Esse era o caso da Unidade Básica de Saúde (UBS) Icaivera, uma região de alta vulnerabilidade socioeconômica situada no distrito sanitário Vargem das Flores.

Cerca de sete mil pessoas são referenciadas na unidade, mas havia apenas um médico atuando no local. Além disso, havia distribuição de fichas de atendimento, em quantidade restrita, e quem não conseguia pegar ficha tinha que procurar outros locais de atendimento. O acolhimento era feito apenas no início da manhã. Tudo isso restringia o acesso aos serviços de saúde pela população.

Após reestruturações de processos de trabalho, reposições de profissionais e a ampliação do horário de funcionamento das unidades em uma hora, mudanças que aconteceram em toda a cidade, a situação da UBS Icaivera foi encaminhada: desde setembro de 2017, há duas equipes completas de Saúde da Família na unidade.

“Essa segunda equipe era aguardada há mais de 12 anos pela população. Ela começou a ser montada em maio de 2017, após uma reunião de integrantes da gestão com o Conselho Local de Saúde da unidade e lideranças comunitárias. Estavam presentes a essa reunião, que aconteceu no fim do mês de março, mais de 110 moradores, que reivindicavam mais profissionais para a unidade”, relata o diretor do distrito sanitário Vargem das Flores, Flávio Luiz dos Santos Flávio, também presente à reunião.

A partir de então, a comunidade passou a contar com dois médicos, dois enfermeiros, dois técnicos de enfermagem e Agentes Comunitários de Saúde (ACS), que atuam em duas equipes de Saúde da Família. Para que isso acontecesse, a gestão precisou fazer a parte que lhe cabe, garantindo a contratação de mais profissionais, redesenhando escalas e fluxos de atendimento e fornecendo os insumos necessários.

Atualmente, o acolhimento é feito durante todo o período em que a unidade está aberta: das 7h às 17h, uma hora mais cedo em relação ao funcionamento antigo. “Hoje, não fica ninguém sem passar pelo acolhimento. Alguns serão atendidos no mesmo dia, outros serão agendados, a depender de cada caso, mas todos são acolhidos”, garante o diretor do distrito Vargem das Flores.

Além de melhorar as condições de trabalho dos servidores e de acesso da população, a chegada da segunda equipe de Saúde da Família possibilitou que o atendimento prestado na unidade atenda ao que preconiza a legislação sobre quantidade de pessoas referenciadas por equipe de ESF. Trata-se da Portaria nº 2.488/2011, que aprova a Política Nacional de Atenção Básica (PNAB) e estabelece que cada equipe de Saúde da Família deve ser responsável por, no máximo, quatro mil pessoas.

Participação popular

Mas há um outro grupo que também foi muito importante para que essas mudanças positivas fossem viabilizadas: a população, que participou cobrando melhorias e exercendo o controle social por meio do Conselho Local de Saúde. Ao longo do ano de 2017, foram criados ou retomados os Conselhos Locais de Saúde em unidades de todos os distritos sanitários da cidade, fortalecendo o diálogo entre gestores, trabalhadores e usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). “O conselho local da UBS Icaivera sempre foi muito atuante e geralmente conta com a presença de mais de 50 pessoas. Ao longo de um ano e oito meses de gestão Alex de Freitas, foram promovidas diversas ações que melhoraram o acesso à saúde pela população e, com isso, as reclamações do conselho local diminuíram muito”, afirma Flávio Luiz dos Santos.

Antonio Eustáquio Peixoto é conselheiro municipal de Saúde segmento usuário e morador da região de Vargem das Flores e confirma que o conselho local da UBS Icaivera é de fato operante. “O conselho local de lá é muito atuante. Antigamente, o pessoal não ia muito, mas as pessoas foram mobilizadas e passaram a participar mais. Essa mobilização da população fez com que houvesse a ampliação das equipes e outras melhorias, como a construção e a ampliação da unidade”, afirma o conselheiro segmento usuário.

Para ver outras reportagens que citam a UBS Icaivera, clique AQUI e AQUI

Saúde - 28/09/2018, 08:42:08 - Repórter: - Foto: Lídia Bento
Tags:

Notícias relacionadas

Secretaria Municipal de Comunicação | Prefeitura de Contagem
Desenvolvido: Secretaria Municipal de Comunicação