Secretaria Municipal de Educação libera terceira parcela do Caixa Escolar

Recursos auxiliam na manutenção e melhoria das escolas

Educação - 10/08/2018, 17:11:01 - Repórter: - Foto: Elaine Castro

Escola Municipal Carlos Drummond de Andrade fez a prestação de contas em período hábil

A Secretaria Municipal de Educação (Seduc) liberou nesta sexta-feira (10) a terceira parcela do Caixa Escolar. Também foram liberados os recursos da Parcela Única de Capital. As verbas foram creditadas para as instituições que tiveram as prestações de contas deferidas pela Seduc.

O prazo para a apresentação dos documentos terminou no dia 30 de julho, mas as escolas que ainda não entregaram a documentação devem procurar o setor financeiro da Secretaria. Assim que os documentos forem analisados e deferidos a Seduc fará o repasse dos recursos às instituições pendentes.

De acordo com a subsecretário de Gestão e Operações, Sérgio Mendes, a gestão tem trabalhado para garantir o bom funcionamento das instituições de ensino. “Mesmo com todas as dificuldades, principalmente pela retenção do Fundeb, que deveria sido repassado pelo governo de Minas ao município, a gestão tem se preocupado em manter a casa em ordem. Esses recursos são essenciais para o funcionamento das escolas”, destacou o subsecretário.

O Caixa Escolar é uma conta jurídica sem fins lucrativos e que tem a proposta de dar autonomia à escola e à comunidade no que diz respeito a aplicação dos recursos. Já a Parcela Única de Capital é destinada para a compra de bens permanentes. Em Contagem, cada escola recebe anualmente três parcelas de custeio e uma permanente, além de parcelas extras, chamadas de aditivos. O valor é calculado de acordo com número de alunos.

Neste ano, a administração municipal promoveu um aumento no valor das parcelas destinadas às Unidades Municipais de Educação Infantil (Umeis). O reajuste foi de 20% para as escolas que atendem crianças em período parcial e de 50% para as que atendem crianças em período integral.

A Escola Municipal Carlos Drummond de Andrade fez a prestação de contas em período hábil. Para a diretora, Keila Valadares, o recurso chega em boa hora. “Vamos utilizar a verba do Caixa Escolar para as manutenções regulares com equipamentos, compra de produtos de limpeza. Também pretendemos deixar a escola mais bonita e segura. A proposta é cercar o parquinho e revitalizar o jardim de inverno da biblioteca. O espaço deve ser ampliado e virará u ponto de leitura ao ar livre”, destacou a diretora.

Educação - 10/08/2018, 17:11:01 - Repórter: - Foto: Elaine Castro

Secretaria Municipal de Comunicação | Prefeitura de Contagem
Desenvolvido: Secretaria Municipal de Comunicação
Desenvolvedor: Maxwell Pereira