Estudantes participam de atividades em contraturno

Educartes promovem aulas de reforço e oficinas culturais

Educação - 22/05/2018, 14:12:41 - Repórter: - Foto: Leonardo Melo

A Secretaria Municipal de Educação (Seduc), abriu quatro Educartes em Contagem. Os Educartes são espaços de educação integral voltados para estudantes em período de contraturno escolar e também a comunidade, promovendo o desenvolvimento das habilidades em sua integralidade.

O secretário municipal de Educação, Fabiano Diniz, a secretária-adjunta de ensino, Cláudia Caldeira, conheceram as atividades realizadas no Educarte Lucas Braga. Durante a visita, os estudantes apresentaram coreografias de street dance, roda de capoeira e números de circo. “Com o aval do prefeito, Alex de Freitas, queremos dar força nesse projeto, pensando no bem comum das crianças, adolescentes e dos moradores que queiram participar das atividades”, destacou Fabiano Diniz.

Os Educartes funcionam da seguinte forma: no contraturno, o estudante participa de aulas de reforços e das oficinas. As aulas de reforço escolar são obrigatórias. O Educarte Lucas Braga tem capacidade para atender a 120 estudantes matriculados, de 6 a 15 anos. No espaço são oferecidas oficinas de balé, jazz, hip hop, capoeira, artesanato, teatro e esportes (futebol, vôlei, basquete, handball, Le parkour), além do acompanhamento escolar, com aulas de português e matemática.

A estudante da Escola Municipal Otacir Nunes dos Santos, Jennifer Lopes, passa o período da tarde no Educarte perto de casa. Elas faz aulas de reforço, oficinas de jazz, balé, capoeira, artesanato e esportes. “Aqui eu consigo desenvolver várias habilidades, além de melhorar minhas notas na escola. Esse trabalho pode fazer com que sejam revelados grandes talentos”, comemorou a estudante.

E não saõ só os estudantes que estão felizes com a abertura dos Educartes. No período noturno o Educarte Lucas Braga, por exemplo, atende a comunidade do bairro funcionários. São realizadas aulas de ginástica fitness, balé, jazz e capoeira.

Para participar das oficinas noturnas é preciso ter mais de 18 anos. “Nossas funções educativas e de valorização pessoal e cultural fazem com que as pessoas fiquem mais motivadas, confiantes e encontrem mais sentido nas atividades do dia-a-dia”, finalizou a diretora do Educarte Lucas Braga, Adriana Cristina Campos.

Educação - 22/05/2018, 14:12:41 - Repórter: - Foto: Leonardo Melo

Notícias relacionadas

Secretaria Municipal de Comunicação | Prefeitura de Contagem
Desenvolvido: Secretaria Municipal de Comunicação