Prefeitura oferta mutirão para consulta com otorrinolaringologista

Meta é fortalecer serviços ofertados para tratar ocorrências no nariz, ouvido e garganta

Saúde - 26/04/2018, 16:12:46 - Repórter: - Foto: Divulgação

A chegada das estações mais frias e secas do ano costuma vir acompanhada do aumento da ocorrência de doenças respiratórias, como gripes, resfriados e dores de garganta, mais comuns no outono e no inverno. Para reforçar os serviços da rede SUS/Contagem e agilizar a fila de espera para consultas com o médico especialista em ouvido, nariz e garganta, a Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SM), está promovendo o mutirão de consultas com otorrinolaringologista.

A ação teve início no mês de novembro de 2017 e desde então já ofertou cerca de 2.500 consultas. O objetivo é reduzir a fila de espera para consulta com otorrinolaringologista, que em março de 2017 era de 7 mil usuários e em março deste ano passou a ser de 4,5 mil pessoas.

Ana Lúcia Dias Salazar, moradora do bairro Jardim do Lago, passou pela consulta com o otorrinolaringologista, na quarta-feira (25). Ela conta que precisou aguardar por dois anos até ser chamada para a consulta. “Tenho surdez parcial desde criança, mas nunca fiz um exame específico para identificar o problema. Espero que hoje eu seja encaminhada para a realização de exames específicos que possam auxiliar no diagnóstico. Se não fosse pelo mutirão, eu, que já aguardava por dois anos, poderia precisar esperar até mais. Esses esforços são muito válidos, mas o certo seria uma solução concreta para o problema das filas, e não só a realização de mutirões. Há casos que podem esperar, e outros não”, opina Ana Lúcia.

Anete da Conceição Tacchi de Souza, moradora do bairro Milanês, também foi atendida pelo mutirão nesta quarta-feira. Assim como Ana Lúcia, Anete também relata uma longa espera para se consultar com o especialista. “Aguardo faz cinco anos. Tenho dificuldade de audição. Acho que vou precisar colocar um aparelho. É muito ruim ter que ficar pedindo para as pessoas ficarem repetindo as coisas”, afirma a aposentada.

Para ter acesso ao médico otorrinolaringologista, os usuários precisam passar pela avaliação médica e, havendo a necessidade, serem encaminhados ao especialista. A porta de acesso ao serviço é a Unidade Básica de Saúde (UBS). Os atendimentos são feitos no Centro de Consultas Especializadas (CCE) Iria Diniz. A previsão é de que o mutirão tenha continuidade até que a fila para acesso a esses profissionais seja significativamente reduzida.

“Com isso, a gestão busca promover agilidade na fila de espera e ofertar consultas de qualidades aos usuários do SUS Contagem”, afirma a gestora da Atenção Especializada da Secretaria Municipal de Saúde, Aliny Vasconcelos.

Alergologia na rede SUS/Contagem

A gestora da Atenção Especializada ressalta que a rede SUS/Contagem também oferta consultas com alergologista. O município conta com dois desses profissionais, que atendem nos CCEs Iria Diniz e Ressaca. “Assim como no caso do acesso ao otorrinolaringologista, as pessoas devem passar primeiro pelo atendimento com o médico da UBS de referência ou ser encaminhadas por outro médico especialista para a consulta com o alergologista. Atualmente, não há fila de espera para marcação de consulta com esse profissional”, explica Aliny.

Saúde - 26/04/2018, 16:12:46 - Repórter: - Foto: Divulgação
Tags:

Notícias relacionadas

Secretaria Municipal de Comunicação | Prefeitura de Contagem
Desenvolvido: Secretaria Municipal de Comunicação