Procon alerta consumidores sobre compras de Páscoa

Chocolates e peixes, bastante consumidos nessa época do ano, sofrem grande variação de preço

Procon - 22/03/2018, 15:23:58 - Repórter: - Foto: Divulgação

O órgão encontrou diferenças superiores a 25% para os ovos de páscoa e nos peixes a diferença é ainda maior sendo superior a 140%

O consumidor deve ficar atento e ponderar na hora de comprar ovos de páscoa e pescados nesta época do ano em que a procura é específica devido às comemorações da semana santa. O alerta é feito pelo Coordenadoria de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon Contagem), após pesquisa de preços dos produtos nos principais supermercados da cidade. O órgão encontrou diferenças superiores a 25% para os ovos de páscoa e nos peixes a diferença é ainda maior sendo superior a 140%.

Durante essa semana, o Procon Contagem promove a “Operação de Páscoa” para orientar o consumidor quanto à variação dos preços e produtos, além de orientá-los para que também façam uma pesquisa antes de finalizar as suas compras, dando atenção às promoções que os lojistas costumam fazer nos últimos dias.

Conforme explica a diretora do Procon, Rariúcha Amarante Braga, na pesquisa de preço dos ovos de páscoa no município, levou-se em consideração não só o valor dos produtos, mas também a variedade e o peso dos itens. “Outro detalhe que precisa ser levado em conta é que as embalagens dos ovos de páscoa industrializadas ou artesanais devem ser claras e explícitas, incluindo informações como identificação do fabricante e importador, país de origem, prazo de validade, peso, composição e características, devendo sempre ficar atentos aos rótulos danificados ou ilegíveis”, informou.

Para os ovos de páscoa infantis, mais procurados nesta época e com  variedade, é preciso prestar atenção, principalmente, nas embalagens, conforme destaca a gerente de Fiscalização, Gabrielle T. Ribeiro da Fonseca. “Todos os produtos devem apresentar o selo do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), contendo assim a identificação da faixa etária indicada e de forma alguma colocar no mercado de consumo qualquer produto em desacordo com as normas expedidas pelos órgãos oficiais competentes, pois esta é uma prática abusiva segundo
o art. 39 do Código de Defesa do Consumidor”, esclareceu.

Consumidores devem ficar atentos aos peixes

Consumidores devem ficar atentos aos peixes

Peixes

Segundo orientações da fiscal do Procon Contagem, Juliana Carolina Oliveira, quem consome mais peixes nessa época do ano deve verificar a conservação, aparência e a presença de cheiro forte. “Uma dica importante é observar se o peixe está com o abdômen flácido, com olhos murchos, sem brilho e guelras pálidas, pois esses são sinais de que o produto não deve ser consumido. Nos rótulos ainda deve haver o registro obrigatório, previsto no art. 31 do código de defesa do consumidor”, explicou.

Procon - 22/03/2018, 15:23:58 - Repórter: - Foto: Divulgação

Secretaria Municipal de Comunicação | Prefeitura de Contagem
Desenvolvido: Secretaria Municipal de Comunicação
Desenvolvedor: Maxwell Pereira