Idosos recebem alerta sobre armadilha nos empréstimos

Representantes do Procon promovem palestras de conscientização ao longo da semana

Direitos Humanos - 13/03/2018, 18:06:57 - Repórter: - Foto: Ricardo Lima

Procon levou informações sobre o planejamento financeiro

O público da terceira idade que frequenta o Espaço Bem Viver Mário Covas foi agraciado, nesta terça-feira (13), com uma palestra sobre Planejamento Financeiro e Familiar. Proferida pela assessora jurídica da Coordenadoria Municipal de Proteção do Consumidor (Procon/Contagem), Dáfany Norberto Lagares, a série de orientações segue até a próxima sexta-feira (16) em diversas entidades de convivência de idosos. Clique aqui e confira as palestras.

Durante a explanação, diversos idosos apontaram exemplos pessoais de aliciamento. Eles alegam que grandes redes de lojas, e até mesmo os bancos onde suas aposentadorias são depositadas, os induzem a fazer compras em muitas parcelas.

Um deles, o senhor Nilo Vieira Silva, aproveitou a palestra para agendar com a assessora do Procon a sua ida ao órgão para formalizar a denúncia contra uma instituição financeira. “A financeira deixou de debitar, por um mês, a parcela de empréstimo pessoal em minha conta bancária e agora querem cobrar juros exorbitantes”, reclamou o Sr. Nilo

Outro exemplo foi dado por Eliester Almeida Santos, que mora em Nova Contagem. “Não compramos nada fiado. Só se for um bem que valha a pena, mesmo assim pagando a maior parte à vista, e com poucas prestações sem juros”, disse ela informando que discutiu com uma profissional de telemarketing que ligava todos os dias para o telefone fixo tentando vender TV a cabo.

A diretora do Espaço Mário Covas, Maria Fontana, fez um alerta sobre os riscos pelos quais os idosos passam no mercado de consumo. “Procurem sair das dívidas e não deixem que ocorra o assédio financeiro com vocês por parte de bancos e lojistas”, destacou ela. Fontana lembrou que na cidade há cerca de 81 grupos de convivência de idosos, e que a Coordenadoria Municipal de Políticas Públicas para os Idosos está preparando oficinas diversas para estas entidades.

Sobre o consumo consciente, a assessora jurídica do Procon, Dáfany Lagares, destacou a necessidade de “pôr na ponta do lápis” o dinheiro que entra e o que sai do orçamento doméstico, para que se possa economizar para momentos de gasto emergencial com a saúde, ou com um passeio.

Presentes à palestra no Espaço Mário Covas, o representante da Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania, Marcos Wellerson, e o presidente do Conselho Municipal dos Idosos, Joaquim Gomes de Fátima.

Direitos Humanos - 13/03/2018, 18:06:57 - Repórter: - Foto: Ricardo Lima

Semana do consumidor

Secretaria Municipal de Comunicação | Prefeitura de Contagem
Desenvolvido: Secretaria Municipal de Comunicação