Ações da prefeitura reforçam combate à violência contra a mulher

Roda de conversa levou informação a servidoras do restaurante popular Eldorado

Direitos Humanos - 09/03/2018, 14:20:46 - Repórter: - Foto: Ricardo Lima

Autoestima, mercado de trabalho, violência doméstica e as formas de superação foram amplamente dialogados

Promover e intensificar ações de combate ao assédio e à violência contra a mulher são objetivos da Prefeitura de Contagem durante todo o mês de março. A exemplo disso, foi promovida uma roda de conversa com as servidoras do restaurante popular do Eldorado, na tarde de quarta-feira (7). O evento foi desenvolvido pela Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania, por meio da Coordenadoria de Políticas para as Mulheres.

O Tema, “Empoderar para Superar”, buscou levar a compreensão dos direitos considerados fundamentais. Na palestra, subtemas como autoestima, mercado de trabalho, violência doméstica e as formas de superação foram amplamente dialogados.

De acordo com coordenadora e diretora-geral de Políticas Públicas para as Mulheres, Gê Nogueira, resistir e ir em busca da igualdade deve ser uma vontade constante. “Normalmente quem trabalha pelas causas femininas não considera o dia 8 de março como uma data comemorativa, mas um símbolo da luta pela igualdade de oportunidades entre mulheres e homens. Aqui, em Contagem, nós temos um ambiente político favorável para fazer as pautas e agendas que pleiteiam o direito das mulheres. O prefeito Alex de Freitas valoriza e lida com e a realidade de saber que é importante esse trabalho. Somos motivadas todos os dias a percorrer a cidade com o intuito de dialogar com todas as mulheres independentemente da idade, etnia, e da posição financeira”, relatou.

A diretora de Políticas Públicas para Mulheres, Dalila Reis, foi quem conduziu a palestra. Ela falou sobre o importante papel do poder público no processo de acolhida. “Nós que estamos à frente de instituições públicas temos que elevar o discurso da não violência. Em Contagem existe o espaço Bem-Me-Quero, que é especializado em amparar mulheres em situação de violência doméstica. Estamos na vanguarda no atendimento à mulher e vamos continuar nessa luta ao longo do ano”, informou.

A cozinheira do restaurante popular, Claudimara das Mercês Oliveira, 38, deu seu depoimento sobre a terrível experiência que passou. “Eu casei muito nova e meu ex-marido me batia muito, a ponto de o meu corpo ficar todo cortado e até hoje tenho essas marcas. Suportei tudo isso por dezoito anos até os meus filhos crescerem. Eu sofria violência de todas as formas. Porém, me libertei dessas amarras há quatro anos quando procurei ajuda. Após isso o meu convívio social mudou completamente e recuperei a minha autoestima”, informou.

Espaço Bem-Me-Quero

O Espaço Bem-Me-Quero, localizado na rua José Carlos Camargos, 218, Centro, é um equipamento criado pela Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania, especializado no acolhimento de mulheres que sofrem ou sofreram algum tipo de violência doméstica. No local, os trabalhos são feitos em parceria com a Rede Municipal de Enfrentamento à Violência, composta pela Administração Municipal, Polícia Militar, Delegacia de Mulheres (Deam), Ministério Público, Consórcio Mulheres das Gerais, Guarda Civil, Educação, Saúde, entre outras.

Para saber mais informações ligue: (31) 3352-7543

Direitos Humanos - 09/03/2018, 14:20:46 - Repórter: - Foto: Ricardo Lima

Roda de conversa restaurante popular

Secretaria Municipal de Comunicação | Prefeitura de Contagem
Desenvolvido: Secretaria Municipal de Comunicação
Desenvolvedor: Maxwell Pereira