Funcionários e frequentadores do Mercado Central são vacinados

Ação é mais uma promovida pela prefeitura no combate à febre amarela

Saúde - 16/02/2018, 16:47:32 - Repórter: - Foto: Adelcio R Barbosa

O município já imunizou cerca de 87% do público-alvo, a meta do Ministério da Saúde é atingir aproximadamente 95%

Nessa sexta-feira (16), a Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria de Saúde, fez a imunização de funcionários e frequentadores do Mercado Central, cerca de 500 vacinas foram disponibilizadas para o local. Essa é mais uma ação da prefeitura que continua firme no combate e prevenção da febre amarela. O município já imunizou cerca de 87% do público-alvo. A meta do Ministério da Saúde é atingir aproximadamente 95% de imunização.

Segundo a administração do Mercado Central, no local circulam cerca de duas mil pessoas por dia. A diretora de Imunização da Secretaria de Saúde, Fernanda Elisa, destacou o empenho do município na campanha contra a doença. “Além das 50 unidades de saúde, continuaremos realizando ações específicas, como essa, em que levamos profissionais da saúde em locais de grande fluxo de pessoas, para vacinar a população”, disse.

Ainda há um número considerável de pessoas que precisam tomar a vacina. Ela é recomendada para quem tem de nove meses a 59 anos e é a medida mais eficaz para prevenção e controle da febre amarela.

Quem pode tomar a vacina (com restrições)

– Pessoas com mais de 60 anos deverão ser vacinadas somente se residirem ou se deslocarem para áreas com transmissão ativa da febre amarela, e que não tiverem alguma contraindicação;
– Gestantes (em qualquer período gestacional) e lactantes (com filhos amamentando) só deverão ser vacinadas se residirem em local próximo onde ocorreu a confirmação de circulação do vírus e que não tiverem alguma contraindicação;
– Lactantes devem suspender o aleitamento materno por 10 dias após a vacinação e procurar um serviço de saúde para orientação e acompanhamento;
– Portadores de HIV, desde que não apresentem imunodeficiência.

Quem não pode tomar a vacina

– Pessoas com imunossupressão secundária à doença ou terapias imunossupressoras (que fazem quimioterapia, radioterapia e usam corticoides em doses elevadas);
– Pacientes em uso de medicações anti-metabólicas ou medicamentos modificadores do curso da doença (Infliximabe, Etanercepte, Golimumabe, Certolizumabe, Abatacept, Belimumabe, Ustequinumabe, Canaquinumabe, Tocilizumabe, Ritoximabe);
– Transplantados e pacientes com doença oncológica em quimioterapia;
– Pessoas que apresentaram reação de hipersensibilidade grave ou doença neurológica após dose prévia da vacina;
– Pessoas com reação alérgica grave a ovo;
-Pacientes com história pregressa de doença do timo (glândula do sistema imunológico).

Saúde - 16/02/2018, 16:47:32 - Repórter: - Foto: Adelcio R Barbosa
Tags:

Notícias relacionadas

Secretaria Municipal de Comunicação | Prefeitura de Contagem
Desenvolvido: Secretaria Municipal de Comunicação