Umei São Judas Tadeu é revitalizada

A Umei que atende cerca de 160 alunos, com faixa etária entre 4 e 5 anos, em Nova Contagem, foi totalmente reformada.

A Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos, entregou uma chave simbólica à Secretaria Municipal de Educação da Unidade Municipal de Educação Infantil (Umei) São Judas Tadeu, nessa segunda-feira (17). A chave representa a entrega da Umei que atende cerca de 160 alunos, com faixa etária entre 4 e 5 anos, em Nova Contagem, totalmente reformada.

A escola fundada em 2003 atendia alunos do ensino fundamental, desde 2010 passou a atender a educação infantil. O investimento é de cerca de R$ 200 mil para oferecer mais conforto e melhorar a qualidade do ensino. É a primeira vez que a escola passa por uma reforma completa. Em 2011 houve uma reforma, porém não atendeu todas as necessidades, foram feitos apenas o telhado da parte da frente, os pisos do parquinho e do pátio.

A engenheira responsável pela obra de manutenção, Thaís Estanislau, explica a importância do projeto. “As intervenções são planejadas de acordo com a necessidade de cada escola. Na Umei São Judas Tadeu, foram feitas intervenções no muro, cobertura termo-acústica, pintura, supressão de árvores que causavam danos, arquibancada, troca de piso, substituição de vidros quebrados e uma rampa de acessibilidade”, ressalta.

Em 2018, a Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria de Obras e Serviços Urbanos (Semobs), já realizou reformas gerais em quatro unidades, visando a acessibilidade para facilitar a inclusão de pessoas com deficiência. O subsecretário da Seduc, Sérgio Mendes, explica que um dos fatores que contribuem com a melhoria do ensino é a reforma na escola. “A satisfação dos profissionais envolvidos, o ambiente limpo e adequado para o aprendizado estimula a vontade de aprender e consequentemente aumenta a qualidade do ensino. Estamos trabalhando para que até o final desta gestão 100% das escolas sejam reformadas”, destaca.

O administrador da regional Vargem das Flores, Sebastião Pedro de Araújo, mais conhecido como “Tiãozinho da sorveteria”, pede que a população ajude a preservar as benfeitorias. “Todo trabalho que estamos fazendo será em vão se a população não colaborar e não nos ajudar a fiscalizar. Peço aos pais e às lideranças para nos ajudar a conscientizar os jovens que cuidem do patrimônio público. Qualquer ato de vandalismo deve ser denunciado para que nossas crianças desfrutem de um ambiente limpo e apropriado para o aprendizado. Os recursos que são investidos para recuperar danos podem ser utilizados em outras melhorias para a comunidade se cada um fizer sua parte”, afirma.

Reportagem: Nayara Vianna
Foto: Elias Ramos
Publicação: 19/09/2018

Notícias Relacionadas