Posts com a Tag ‘Xadrez’

Adeptos do xadrez se reúnem em evento solidário nesse sábado

A inscrição é feita no local e é 1 kg de alimento não perecível que será doado a instituições filantrópicas.

A Escola Municipal Sócrates Mariani Bitencourt será palco nesse sábado (12), a partir das 10h, da 8ª edição do Xadrez Solidário. O evento é promovido pelo do Clube de Xadrez de Contagem (CXC), e que a cada ano vem aumentando o número de adeptos.

O evento é aberto a estudantes e púbico em geral. As inscrições e o acesso serão feitos mediante a entrega de 1 kg de alimento não perecível (exceto fubá e sal). Tudo que for arrecadado será entregue a entidades filantrópicas da cidade. As inscrições podem ser feitas pelo site do clube por meio de formulário eletrônico até hoje (11), no seguinte endereço: http://cxcontagem.org/

Clube de Xadrez de Contagem
Fundado em 2012, o Clube de Xadrez de Contagem CXC iniciou a promoção, divulgação e a prática do xadrez por meio da promoção de torneios, treinamentos, curso de arbitragem e aulas. De acordo com o presidente do CXC, José Nicodemos, pautando-se no compromisso com a cidadania, o esporte tem contribuído para a formação de uma nova geração de atletas. Os sócios do CXC têm a disposição estrutura e pessoal capacitado para o ensino do xadrez. O clube conta atualmente com 25 sócios e cerca de 130 participantes nos eventos e torneios da região metropolitana.

Evento: 8ª Edição do Xadrez Solidário
Data: 12/08/2017 – Sábado
Hora: 10h
Local: Escola Municipal Sócrates Mariani Bitencourt
Endereço: Praça Maria da Conceição, número 335 – bairro Novo Eldorado

Reportagem: Noeme Ramos
Foto: Divulgação

Jogadores de xadrez e voleibol feminino foram destaques nos Jemg

Gabriel Jacob, da Escola Municipal Sócrates Mariani Bittencourt, foi vice-campeão no xadrez e a aluna Ana Cecília, do Colégio Novos Tempos, foi considerada a melhor atleta do vôlei.

A cidade de Uberaba recebeu entre os dias 31 de julho e 5 de agosto a fase final dos Jogos Escolares de Minas Gerais (Jemg/2017). Contagem manteve a tradição esportiva e voltou da etapa com ótimos resultados no xadrez, com um vice-campeonato, e no voleibol feminino, que teve uma de suas atletas considerada a melhor dos jogos.

A equipe de enxadristas foi formada por alunos das escolas municipais Carlos Drummond de Andrade, Heitor Villa Lobos e Sócrates Mariani Bittencourt, que teve o aluno Gabriel Jacob conquistando o vice-campeonato estadual no módulo I masculino.

“Esta colocação e a medalha significam que os treinos valeram a pena, tanto pessoalmente quanto para elevar o nome da nossa cidade neste campeonato”, disse Gabriel que joga xadrez desde os 10 anos e participa do Clube de Xadrez de Contagem (CXC), que funciona na Escola Municipal Sócrates Mariani Bittencourt.

Gabriel, que também tem o título de campeão Mineiro Escolar, agradeceu a equipe de treino formada por Yan, Ruan, Pablo e Rúbia e disse que a paixão pelo xadrez vem de família, pois seu pai Neivaldo Jacob e os irmãos Samuel e Daniel também jogam. Daniel foi campeão dos Jemg em 2014.

Reportagem: Noeme Ramos
Fotos: Divulgação

Xadrez é aliado no processo ensino-aprendizagem nas escolas

Com o esporte os alunos melhoram suas habilidades motoras, trabalham sua capacidade de concentração e memória.

O xadrez é fundamentado como um suporte pedagógico, pois se relaciona com diversas disciplinas. O esporte requer lógica, conhecimento e raciocínio, tudo num modelo de construção própria do sujeito ou jogador.

Algumas escolas municipais de Contagem utilizam a modalidade esportiva pensando na evolução do estudante em sala de aula. O xadrez contribui para o pensamento lógico, desenvolve habilidades motoras, trabalha a capacidade de concentração e memória. Dessa forma, o estudante adquire destrezas que o obrigam a focar a atenção em um único ponto até achar o melhor caminho para vencer o adversário.

A Escola Municipal Paulo Cézar Cunha, situada na regional Petrolândia, o xadrez é aliado às disciplinas. O professor de educação física, João Marcelo, ensina táticas do jogo aos estudantes. Atualmente 30 alunos participam das aulas. “O xadrez proporciona a capacidade do aluno de pensar. O jogo ajuda nas tomadas de decisões e soluções para os problemas. Eu percebo que os nossos alunos têm se desenvolvido dentro da sala de aula, nas matérias que envolvem leitura, escrita e cálculo”, destaca João Marcelo.

A diretora, Xênia Cruz Bernardo, salienta que a prática deve ser ampliada nas escolas e acredita no esporte como método de ensino. “O xadrez modifica os meninos no que se refere aos estudos e aprendizados. Muitos alunos que tinham dificuldade em certas matérias conseguiram melhorar graças aos métodos aplicados naquele tabuleiro. Eu acredito e aprovo o uso da modalidade como ensino nas escolas”, finalizou.

Jogos Escolares de Minas Gerais

O xadrez é uma das modalidades dos Jogos Escolares de Minas Gerais. As escolas municipais classificadas para a etapa regional do Jemg 2017, na cidade de Arcos, centro-oeste do Estado, terão sete representantes, divididos no masculino e feminino na modalidade xadrez. O evento vai acontecer ainda neste mês.

Reportagem: Leonardo Melo
Foto: Newton de Castro Resende