Posts com a Tag ‘Secretaria Municipal de Educação’

Intérpretes que atendem estudantes de Contagem passam por formação

Mais de 70 intérpretes e instrutores de Libras que atendem os estudantes surdos ou com perda auditiva progressiva nas escolas do município participaram da formação.

Na última segunda-feira (14/10), as secretarias municipais de Educação e de Saúde deram, no Centro Especializado em Reabilitação (CER IV), início à terceira Formação Presencial de Profissionais de Apoio à Inclusão que atuam na rede de ensino de Contagem. Mais de 70 intérpretes e instrutores da Língua Brasileira de Sinais (Libras), que atendem os estudantes surdos ou com perda auditiva progressiva nas escolas municipais, participaram da formação.

“A parceria entre as secretarias municipais em relação à inclusão e ao atendimento educacional dos estudantes com deficiência é fundamental. Na inclusão, o pedagógico e o clínico não se dissociam. O estudante que é acompanhado pela saúde tem melhor qualidade de vida, tendo assim, mais condição de se apropriar dos conteúdos pedagógicos. São pequenos detalhes que os profissionais da reabilitação transmitem aos educadores e que fazem a diferença na qualidade de ensino do estudante e de seu desenvolvimento”, destacou a superintendente de Projetos Especiais e Parcerias, Ludmilla Skrepchuk Soares.

Os participantes tiveram a oportunidade de conversar com os profissionais da área clinica sobre a questão da deficiência auditiva e procedimentos cirúrgicos, tais como aparelhos e implantes, e como esses recursos tecnológicos contribuem no processo pedagógico de aprendizagem. No período da tarde participaram de uma palestra sobre materiais didáticos específicos para a educação do público com deficiência auditiva.

Atualmente, 40 estudantes com surdez total estão matriculados no ensino fundamental de Contagem e cerca de 19 estudantes com perda auditiva progressiva estão em processo de aprendizagem da língua brasileira de sinais.

Reportagem: Nelson Augusto
Foto: Adelcio R Barbosa
Publicação: 16/10/2019

Homenagem ao Dia do Professor

Seduc e Funec desejam a todos os professores da Rede um excelente dia.

Nesta terça-feira (15/10), é comemorado o Dia do Professor. A Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Seduc) e da Fundação de Ensino de Contagem (Funec), acredita no potencial de cada profissional responsável pela tarefa tão fundamental na vida dos nossos mais de 60 mil estudantes que é a Educação. Nesta importante data, devemos lembrar daqueles que um dia nos mostraram o vasto caminho do conhecimento, respeito e também admiração, assim como já dizia o professor Paulo Freire: “Ensinar não é transferir conhecimento, mas criar as possibilidades para a sua própria produção ou a sua construção”.

Tanto a Seduc quanto a Funec estão atentas aos processos e deveres que a Rede Municipal de Ensino tem passado no decorrer do ano letivo. E dessa forma, algumas reivindicações dos professores da Rede já estão garantidas por meio do empenho do prefeito Alex de Freitas e da secretária municipal de Educação, Sueli Baliza, como de toda a equipe. Como por exemplo:

* 5% de recomposição de perdas salariais, retroativo ao mês de junho de 2019;

* Alteração do índice do padrão da carreira de 2% para 2,15%;

* Redução da jornada semanal de trabalho do Quadro Administrativo, de 30h para 25h sem redução de salário e sem perdas de direitos;

* Realização de Concurso Público para a área da Educação com previsão de publicação do edital para o mês de setembro;

* Mais um secretário para as Unidades Municipais de Educação Infantil (Umeis);

* Garantia de 1.5 de professores para cada turma;

* Pagamento dos dias de paralisação cortados (30/05, 14/06 e 18/06);

* Merenda para os trabalhadores da Educação a partir da renovação do contrato de prestação de serviço;

* Garantia de nove liberações sindicais para atuação na Subsede Contagem do SindUte. A legislação municipal previa três liberações e, a cada gestão, a diretoria do SindUte dependia da negociação com o Governo Municipal que estivesse no momento. A partir de agora, as liberações pertencem à organização dos trabalhadores em Educação, cabendo aos mesmos o seu encaminhamento;

* Mudança do nível de vencimento para o cargo de diretor de escola municipal e de diretor da Funec, de Dam-7 para Dam-8, representando uma valorização para a categoria.

O dia do professor é importantíssimo ser lembrado hoje, mas é também no decorrer dos anos que o governo municipal tem trabalhado para a valorização desses profissionais que representam o ensino, zelo e amor para as crianças, jovens e adultos da cidade de Contagem. Tenham todos um excelente dia!

Reportagem: Leonardo Melo
Arte: Renata Coura
Publicação: 15/10/2019

Escolas da Rede Municipal recebem obras do Pró-Escola

Além de pinturas, serão feitas reformas de telhados, rede de esgoto, banheiros, salas de aula, muros e quadras poliesportivas.

O pacote de obras do Programa Pró-Escola está a todo vapor e com algumas escolas em fase de execução, conclusão e também de licitação. Desde o início de 2017, cerca de 50 escolas da Rede Municipal de Ensino de Contagem foram contempladas com algum tipo de reforma pontual. Agora, as instituições passarão por revitalizações de grande porte. Serão investidos R$ 10 milhões.

Depois de 40 anos, a Escola Municipal René Chateaubriand Domingues, Regional Riacho, foi contemplada com um pacote promissor e justo para a comunidade escolar que nunca recebeu reformas de grande porte. Na primeira etapa do Pró-Escola, em fase de execução, a escola terá a reforma do telhado com substituição por telhas termo acústicas, readequação dos sistemas de drenagem pluvial, reforma da cozinha comum e dos funcionários e também haverá a construção de guarda-corpo e corrimão na rampa de acesso à escola.

Na opinião da diretora Kátia da Cruz Ferreira, os moradores do entorno que possuem os filhos matriculados terão a oportunidade de ter uma escola nova, segura, justa e totalmente revitalizada. “Trabalho no local há 34 anos e acredito que no final do meu mandato como diretora, terei a oportunidade de entregar uma escola nova e mais alegre. O sentimento de todo o bairro é de realização e conquista”, desabafa.

É com esse sentimento que toda a Rede Municipal tem recebido o Pró-Escola. Das 115 unidades da Rede Municipal, 100 fizeram as solicitações de reforma. As prioridades foram definidas pelos dirigentes escolares que elencaram as obras necessárias na instituição de ensino. Além de pinturas, serão feitas reformas de telhados, rede de esgoto, banheiros, salas de aula, muros e quadras poliesportivas, dentre outras.

Na Unidade Municipal de Educação Infantil (Umei) Icaivera, Regional Vargem das Flores, a prioridade, ou melhor, o desejo antigo da comunidade foi a cobertura com um telhado de meio pátio para que as crianças pudessem aproveitar melhor e com conforto durante o período na escola e também a pintura do prédio. O espaço contempla estudantes da Educação Infantil de 3 a 5 anos de idade e a Umei é a primeira desse segmento no município. A obra com apenas uma semana de etapa já foi entregue.

“A nossa comunidade tem orgulho imenso desse espaço. Somos uma instituição que tem a criança como centralidade de todo o trabalho e buscamos sempre o melhor para elas e em consequência o melhor para os nossos profissionais e comunidade. Hoje após a obra, percebemos o quanto era importante e como nossa comunidade ficou satisfeita com este triunfo”, comemora a diretora, Érica Fabiana Beltrão Pereira.

A previsão é a de que as intervenções sejam concluídas em todas as escolas contempladas até o final de 2020. O investimento foi aprovado pela Câmara Orçamentária de Administração Financeira (Coaf). Serão aplicados recursos arrecadados com o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e outras fontes do Município.

“Existe um esforço grande por parte do governo para que todas as escolas estejam em perfeitas condições para receber os alunos com dignidade em ambientes próprios para uma educação de qualidade. Dessa forma, estamos fazendo uma força-tarefa para que tudo aquilo que foi sugerido pelos diretores realmente aconteçam no ambiente escolar”, finalizou a secretária municipal de Educação, Sueli Baliza.

Reportagem: Leonardo Melo
Fotos: Geraldo Tadeu
Publicação: 11/10/2019

Seduc e Belgo Bekaert Arames entregam óculos aos estudantes de Vargem das Flores e Ressaca

Cerca de 54 estudantes foram agraciados.

A Secretaria Municipal de Educação (Seduc) e a Belgo Bekaert Arames realizaram, por meio do Programa Ver e Viver, a entrega de óculos para estudantes das Escolas Municipais Ivan Diniz Macedo e Albertina Alves do Nascimento, ambas das regionais Vargem das Flores e Ressaca, respectivamente.

As escolas fizeram uma triagem com cerca de mil estudantes, em que detectaram casos urgentes que precisavam de apoio diligente. O programa inclui a doação de óculos, que influencia diretamente no rendimento escolar de crianças e adolescentes na forma de ajudar a aprendizagem que até então estava sendo prejudicada por algum problema visual. Ao todo, 108 consultas oftalmológicas foram realizadas e 54 óculos doados.

“Para nós da Belgo Bekaert é muito gratificante poder contribuir com a saúde e educação dessas crianças. O programa Ver e Viver representa uma forma de cuidado da empresa com a comunidade escolar. Desejamos que os óculos contribuam muito com a melhoria do aprendizado dos alunos beneficiados”, destaca a analista de Comunicação da Belgo Bekaert Arames, Júnia Ferreira.

O programa está alinhado à competência da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), que refere-se ao Autoconhecimento e Autocuidado. “Com muita alegria, entregamos óculos para os estudantes com necessidade de correção visual das Escolas Municipais. A Prefeitura de Contagem continuará com a avaliação e doação dos óculos para toda a Rede por meio do Programa Saúde na Escola. Educar e cuidar é o nosso compromisso”, finalizou a secretária municipal de Educação, Sueli Baliza.

Reportagem: Leonardo Melo
Fotos: Leonardo Melo e Vanessa Trotta
Publicação: 03/10/2019

Equipe da Seduc promove interação e diálogo em escolas das oito regionais

A participação dos familiares e estudantes também foi primordial para entender a realidade das escolas.

A Diretoria de Clima Escolar, da Secretaria Municipal de Educação (Seduc), organizou, durante quase todo mês de setembro, reuniões regionalizadas com os dirigentes para discussões acerca das interações entre toda comunidade escolar. Os diretores foram orientados previamente a dialogar com os professores, pedagogos, servidores administrativos, estudantes e seus familiares, buscando ouvi-los e levar para a reunião as eventuais questões sobre os temas.

Os encontros aconteceram nas unidades escolares, uma por regional, para trabalhar o diálogo e o bem-estar. As escolas agraciadas foram: E. M. Giovanini Chiodi na Regional Vargem das Flores; UMEI Mira Pereira na Regional Eldorado; E. M. Nossa Senhora Aparecida na Regional Industrial/Riacho; E. M. Dona Babita Camargos na Regional Sede; E. M. Paulo Cézar Cunha da Regional Petrolândia; E. M. Professora Maria de Mattos Silveira na Regional Ressaca e UMEI Bom Jesus, no Nacional.

Em um momento de compartilhamento de ideias, os dirigentes relataram situações conflituosas que interferem nos processos escolares, discutiram casos semelhantes, sugeriram soluções e encaminhamentos. Ainda, fizeram apontamentos em um documento de consulta, os quais serão compilados e avaliados pela diretoria para a elaboração do Plano de Proteção eficiente para toda Rede Municipal de Ensino.

“A reunião foi extremamente produtiva, todos dirigentes e representantes das escolas puderam relatar os principais problemas que afetam o clima escolar, discorrer sobre a funcionalidade dos equipamentos de apoio e protetivos. Também foi relatado as potencialidades e experiências positivas enfrentamentos de situações já existentes”, finalizou o diretor da E.M. Giovanini Chiodi, Joel Lucas de Souza.

Reportagem: Leonardo Melo
Foto: Divulgação
Publicação: 01/10/2019

Escolas Municipais incentivam criatividade durante Mostra Primavera das Ciências e Artes

As turmas de escolas municipais e Umeis mostraram-se atentas aos temas pertinentes do momento.

A Mostra Primavera das Ciências e Artes – Educação de Contagem em Ação, promovida pela Secretaria Municipal de Educação (Seduc) e a Fundação de Ensino de Contagem (Funec), no último dia 20/9, ficou marcada pela criatividade e ousadia dos estudantes e professores da Rede Municipal que mostraram, em cada segmento, a valorização plena da arte e da ciência.

Ao transitar pelo local, era possível observar o quanto os estudantes, com o aval de seus mestres, usaram e abusaram da criatividade. Era nítido que o objetivo foi mostrar o melhor de cada projeto. No stand da Escola Municipal Newton Amaral Franco, regional Petrolândia, era possível observar o espaço tomado por brinquedos, livros, jogos e diversos meios para se fazer atividades com estudantes com deficiência.

Os profissionais de Atendimento Educacional Especializado (AEE), mostraram que inclusão em Contagem é levada a sério e tem o seu espaço no âmbito escolar. “Resolvemos trazer uma mostra da sala multifuncional. Hoje esse espaço dentro da Educação é voltado para o aprendizado comum. Dessa forma, pensamos em mostrar como é trabalhado as quatro deficiências no sentido de adaptar o estudante para uma vida escolar”, destaca a professora de AEE, Geiza Viegas.

No hall de entrada da Mostra foi possível também conhecer o stand da Escola Municipal Professora Ana Guedes Viera, regional Vargem das Flores, local que os estudantes pensaram na economia coletiva, elaboraram uma Rosca Caseira acompanhado de degustação e também receita impressa na hora. O objetivo foi mostrar o quanto a escola se preocupa com os seus estudantes no que tange ao trabalho e geração de renda. “Pensamos numa rosca doce, daquelas dos tempos áureos das vovós. Fizemos na cozinha da escola e é claro que a ideia principal é mostrar que é possível transformar algo simples em algo rentável para a economia dos lares”, explica o estudante da Educação de Jovens e Adultos (EJA), Marcelo Vilela.

O stand da Escola Municipal Giovanini Chiodi, Vargem das Flores, abordou a questão do negro no Brasil. No espaço era possível ver um olhar sobre o continente africano e a plena valorização da cultura e combate ao racismo. “Nos foi dado a oportunidade de levarmos os nossos estudantes na Comunidade dos Arturos para levantarmos esse assunto que a cada dia é tão pertinente no país, o negro. . Portanto trouxemos para a Mostra um pouco das curiosidades que remetam ao simbolismo e tradição da africanidade no Brasil”, afirma a professora de História, Milene de Souza.

As turmas do 1ª ao 5ª ano da Escola Municipal René Chateaubriand Domingues, Riacho, criaram brinquedos para o desenvolvimento pedagógico de maneira lúdica. “Pensamos em trazer jogos e métodos lúdicos para avançarmos no aprendizado e acreditamos que assim faremos a diferença com os nossos estudantes”, assegura a pedagoga, Maísa Raquel Nunes. Compartilhando do mesmo pensamento, a estagiária da UMEI Profª Juverci de F. Ferreira, Industrial, Sabrina Almeida explicou que Umei trabalhou com as turmas de 3 a 5 anos a importância do alfabeto braille. “Acreditamos que ao trabalhar a inclusão desde cedo é mostrar que existe um mundo com pessoas deficientes. E quando fazemos isso brincando, com as turmas de Educação Infantil, é valorizar as futuras gerações”, finalizou Sabrina.

Cerca de mais de 6 mil estudantes passaram pelo local onde puderam trocar ideias, conhecimentos, interagirem e se divertirem. Durante todo o dia, além de observarem os trabalhos expostos, os presentes puderam se entreter com várias apresentações que aconteceram no palco dentro do museu, como danças, peças e até recitais de poemas.

Reportagem: Leonardo Melo
Fotos: Geraldo Tadeu
Publicação: 30/09/2019

Parabenizamos a todos os Secretários Escolares pelo o seu dia

A Secretaria Municipal de Educação e a Fundação de Ensino de Contagem parabenizam todos os Secretários Escolares pelo seu dia. Uma profissão na qual, se faz indispensável a aliança do carinho com a firmeza do trabalho.

No dia do secretário escolar, queremos dar os parabéns a todos os profissionais que ajudam a fazer com que as escolas sejam ambientes de crescimento e transformação.

Feliz dia do Secretário Escolar!

Reportagem: Da redação
Arte: Renata Coura
Publicação: 30/09/2019

Sancionadas leis complementares que atendem reivindicações históricas dos trabalhadores da Educação

Reajuste de 5% retroativo a junho já será pago no dia 1º de outubro.

O prefeito Alex de Freitas sancionou na última segunda-feira (23/9) as Leis Complementares 283 e 284, de autoria do Poder Executivo. As leis contemplam conquistas históricas na carreira dos educadores, além de conceder 5% de recomposição de perdas salariais, retroativo ao mês de junho de 2019. O valor já será pago no salário de setembro para servidores de cargo de provimento efetivo, inativos, pensionistas e contratados dos quadros setoriais da Educação e da Fundação de Ensino de Contagem (Funec).

O governo municipal atendeu uma série de reivindicações dos professores, acordadas na Comissão Permanente de Negociação Coletiva (Copenc) e aprovadas em assembleia pela categoria. Para o prefeito, essa é uma conquista histórica e merecida dos trabalhadores da Educação. “Fico muito feliz em poder assinar esses projetos tão esperados pela categoria. Fizemos um esforço grande para contemplar a maioria das reivindicações e vamos continuar focados para avançar ainda mais na melhoria da qualidade da Educação Pública de Contagem”, disse.

Segundo a secretária municipal de Educação, Sueli Baliza, a valorização da Educação se configura nas reivindicações históricas dos trabalhadores atendidas. “Toda essa política de valorização reflete na qualidade do ensino ofertado, pois além das conquistas de lutas históricas pelos professores, a prefeitura tem investido na revitalização e reforma das escolas, bem como no kit escolar, uniformes, merenda, e muitas outras ações para dar mais dignidade aos trabalhadores e também aos estudantes”, destacou.

Para a coordenadora do SindUte Contagem, Patrícia Pereira, essa é uma luta histórica de muito tempo que foi possível pela organização dos trabalhadores. “Sempre vamos fazer luta para avançar. Precisamos discutir em todo tempo a pauta da educação democrática no nosso município.”, disse.

Confira as reivindicações atendidas:

  • 5% de recomposição de perdas salariais, retroativo ao mês de junho de 2019;
  • Alteração do índice do padrão da carreira de 2% para 2,15%;
  • Redução da jornada semanal de trabalho do Quadro Administrativo, de 30h para 25h sem redução de salário e sem perdas de direitos;
  • Realização de Concurso Público para a área da Educação com previsão de publicação do edital para o mês de setembro;
  • Mais um secretário para as Unidades Municipais de Educação Infantil (Umeis);
  • Garantia de 1.5 de professores para cada turma;
  • Pagamento dos dias de paralisação cortados (30/05, 14/06 e 18/06);
  • Merenda para os trabalhadores da Educação a partir da renovação do contrato de prestação de serviço;
  • Garantia de nove liberações sindicais para atuação na Subsede Contagem do SindUte. A legislação municipal previa três liberações e, a cada gestão, a diretoria do SindUte dependia da negociação com o Governo Municipal que estivesse no momento. A partir de agora, as liberações pertencem à organização dos trabalhadores em Educação, cabendo aos mesmos o seu encaminhamento;
  • Mudança do nível de vencimento para o cargo de diretor de escola municipal e de diretor da Funec, de Dam-7 para Dam-8, representando uma valorização para a categoria.

Reportagem: Vanessa Trotta
Foto: Cássio Matias
Publicação: 26/09/2019

Teatro na Umei Eustáquio Júnior marca encerramento da Semana Florestal

Ao longo do ano de 2019, mais de 2 mil alunos foram sensibilizados com questões ambientais de forma lúdica e didática por meio de peças teatrais.

Para encerrar a programação da Semana Florestal, a equipe de educadores ambientais da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) apresentou a peça intitulada “Dona Baratinha não quer casar com o Mosquitão”, na sexta-feira (20/9), no período da manhã e da tarde na Unidade Municipal de Educação Infantil (UMEI) Eustáquio Júnior, no bairro Petrolândia. Cerca de 200 alunos participaram da atividade.

Ao longo do ano de 2019 mais de 2 mil alunos foram sensibilizados com questões ambientais de forma lúdica e didática por meio de peças teatrais, uma das ações da Diretoria de Educação Ambiental da Semad. As apresentações já ocorreram em mais de 30 Umeis e escolas municipais de Contagem.

O evento contou com a parceria da equipe de Mobilização da Limpeza Urbana, que também apresentou uma peça sobre o descarte irregular dos resíduos sólidos urbanos. A integração entre as duas secretarias traz benefícios para a população com ações socioeducativas que têm o intuito de melhorar a qualidade de vida dos contagenses.

Reportagem e fotos: Túlio Andrade
Publicação: 25/09/2019

Festival Paralímpico agitou a praça Nossa Senhora da Glória no final de semana

Cerca de 130 estudantes, com idade entre 10 e 17 anos, puderam praticar e conhecer um pouco mais das modalidades de basquete em cadeiras de rodas, parabadminton e atletismo.

Uma das tradicionais praças de Contagem, a Praça Nossa Senhora da Glória, localizada no bairro Eldorado, recebeu no sábado (21/9), o Festival Paralímpico 2019. O evento, organizado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro, reuniu cerca de 130 estudantes com e sem deficiência, com idade entre 10 e 17 anos, que puderam praticar e conhecer um pouco mais das modalidades de basquete em cadeiras de rodas, parabadminton e atletismo.

“O esporte é uma ferramenta importante na sociedade, agrega valores para as pessoas com e sem deficiência. Hoje, estamos participando deste evento de inclusão social, mostrando para as pessoas o quanto é bom praticar o esporte, mesmo estando sentado em uma cadeira de rodas”, destacou o atleta José Matias Gonçalves de Abreu, conhecido como Jamaica, campeão brasileiro e sul-americano na modalidade de Vela Adaptada. Ele, atualmente, atua no basquete em cadeira de rodas pela Associação de Deficientes de Contagem.

O festival é promovido simultaneamente em várias cidades do Brasil e, pela primeira vez, foi promovido em Contagem com apoio das secretarias municipais de Cultura, Esporte e Juventude e de Educação.

Reportagem: Nelson Augusto
Foto: Fábio Silva
Publicação: 24/09/2019