Posts com a Tag ‘Obras’

Funec-Centec receberá nova pintura no prédio depois de 13 anos

Desde 2006 a escola não teve uma ação concreta de revitalização.

A Fundação de Ensino de Contagem (Funec), unidade Centec, regional Sede, depois de 13 anos terá uma nova fachada graças ao acordo firmado entre a Fundação e a empresa que participou do processo de licitação para a pintura do prédio. A nova geração de estudantes do Ensino Médio e Técnico poderão usufruir de um espaço mais moderno e digno.

Atualmente, o prédio conta com 304 estudantes divididos em médio regular, técnico em Análises Clínicas, Química, Farmácia e Cervejeiro, além de um corpo docente atuante nos contraturnos. Todos estão há alguns anos a espera de uma nova pintura que pudesse representar o que é a Funec: nova, moderna e sempre na vanguarda da educação na cidade.

O cronograma já foi assinado e a previsão de conclusão será em até 60 dias, com entrega antes do início das aulas em 2020. O valor ficou em R$ 200 mil o que vai agraciar a fachada, salas de aula, quadra, auditório, laboratórios, banheiros, etc.

Como acréscimo, também foram encerrados os processos de licitação para aquisição de escaninhos para todos os estudantes. Os antigos não estavam em bom estado. “Estamos satisfeitos em poder realizar essa pintura e também a restruturação dos escaninhos para os nossos estudantes. Eles serão os precursores dessa nova forma de gestão. Queremos trazer mais dignidade para eles e também para todo o corpo pedagógico que desde 2006 lutam por melhorias naquele prédio”, explica a secretária municipal de Educação e presidente da Funec, Sueli Baliza.

Funec Riacho de muro novo

A Funec Riacho, por meio do Projeto de Lei à Incentivo Cultura, recebeu o valor de R$ 20 mil que será revertido na pintura do muro externo da escola. O curioso é que o artista que fará o trabalho é um ex-aluno da unidade que usará da criatividade para embelezar a o espaço utilizado pelos estudantes locais.

Reportagem: Leonardo Melo
Fotos: Geraldo Tadeu
Publicação: 06/11/2019

Escola Municipal Babita Camargos é totalmente revitalizada

A escola, fundada há 47 anos, atende mais de 1000 alunos do Ensino Fundamental I e da Educação de Jovens e Adultos (EJA), na região Sede.

A Escola Municipal Babita Camargos está de cara nova. Todos os ambientes receberam uma nova pintura. As intervenções tiveram início em maio, deste ano, e foram concluídas no final do mês de julho. O investimento foi de aproximadamente R$ 180 mil.

A diretora da escola, Maria de Fátima Pinheiro, ressalta que a pintura da escola é fundamental para o bem estar dos alunos e, também, contribui para incentivar o aprendizado. “Além de proporcionar mais conforto aos alunos e funcionários, a revitalização da escola estimula o aprendizado e desperta nos alunos a vontade de zelar pelo patrimônio público. A atual gestão tem dado mais atenção às demandas das escolas, o investimento na revitalização é um ponto positivo. Nossa escola, por exemplo, passou por uma reforma de grande porte e agora ganhou nova pintura”, destaca.

A restauração está seguindo as diretrizes do memorial descritivo, elaborado para o projeto de pintura escolares da cidade. O modelo de pintura foi definido por votação, com participação dos funcionários, alunos e comunidade, dentro das quatro possibilidades de pintura existentes.

A escola, fundada há 47 anos, atende mais de 1000 alunos do Ensino Fundamental I e da Educação de Jovens e Adultos (EJA), na região Sede. A obra está sendo feita pela Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos (Semobs) para atender uma reivindicação antiga da comunidade escolar.

Reportagem: Nayara Vianna
Foto: Geraldo Tadeu
Publicação: 12/08/2019

Pintura da Unidade Municipal de Educação Infantil (Umei) Bom Jesus é concluída

O modelo de pintura foi definido por votação, com a participação dos funcionários, alunos e comunidade, dentro das quatro possibilidades de pintura existentes.

Alunos da Unidade Municipal de Educação Infantil (Umei) Bom Jesus voltaram de férias e se depararam com a escola revitalizada. A pintura teve início no mês de junho e foi concluída no início de agosto. O investimento foi de aproximadamente R$ 80 mil. A restauração está seguindo as diretrizes do memorial descritivo, elaborado para o projeto de pintura escolares da cidade. O modelo de pintura foi definido por votação, com a participação dos funcionários, alunos e comunidade, dentro das quatro possibilidades de pintura existentes.

O subsecretário de Educação, Sérgio Mendes, afirma que a prefeitura está empenhada em oferecer mais qualidade de ensino em um ambiente adequado para todos os alunos da rede pública municipal. “Lutamos sempre para oferecer o que tem de melhor para alunos e professores. Nosso intuito é investir cada vez mais em educação”, ressalta.

A diretora da Umei Bom Jesus, Karlla Mara Neiva de Souza, acredita que a nova pintura traz uma sensação de espaço educador. “O ambiente também educa as criança. Estudar em uma escola organizada, bonita e limpa estimula a crianças a cuidar e gostar de estar presente no espaço. Isso influencia diretamente na aprendizagem e na sensação de pertencimento, oferecendo bem estar aos alunos e aos professores”, destaca.

A escola, fundada em 2009, atende mais de 300 crianças, na Regional Nacional. A obra está sendo feita pela Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos (Semobs) para atender uma reivindicação antiga da comunidade escolar.

Reportagem: Nayara Vianna
Foto: Marllon Alves
Publicação: 12/08/2019

Gestores da Educação visitam escolas para acompanhar práticas pedagógicas e anunciar melhorias

Durante os encontros foi anunciada a revitalização da escola na Regional Riacho.

A secretária municipal de Educação, Sueli Baliza, e os subsecretários Sérgio Mendes, visitaram duas escolas da Rede Municipal nessa quarta-feira (7/8) com o intuito de reforçar a boa relação que a pasta (Seduc) tem com os dirigentes, educadores e estudantes. Eles estiveram na Unidade Municipal de Educação Infantil (Umei) Beija-Flor, na Regional Ressaca, e na Escola Municipal René Chateaubriand Domingues, na Regional Riacho, onde acompanharam as práticas pedagógicas das unidades e também anunciaram melhorias nas instalações.

Na Umei Beija-Flor, os secretários conversaram com os educadores sobre os projetos do Pró-Escola, além da parte pedagógica. Foram abordadas também as melhorias que a Seduc conseguiu proporcionar para a Umei. “Essas visitas diárias são importantes em toda a Rede, pois nos faz entender como é a realidade daquela escola dentro de sua comunidade e como o ensino está sendo ofertado. Acredito que estamos no caminho certo para darmos uma educação de qualidade ao município”, destaca Sueli Baliza.

No segundo momento, a Escola René recebeu os secretários que puderam aproveitar para anunciar as reformas no muro, sala de depósito, cozinha de funcionários, readequação da rede de drenagem pluvial e instalação de guarda-corpo e corrimão na rampa de acesso à escola. O investimento inicial será de R$ 330 mil. A escola passará por uma grande revitalização, não somente para atender aos termos do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), mas também para dar ao prédio da unidade melhores condições de uso. “Estou nessa escola há 34 anos, nunca tivemos uma reforma. Acredito que daqui para frente vamos solucionar os problemas estruturais que estávamos enfrentando”, explica a diretora, Kátia da Cruz Ferreira.

Para o subsecretário de Gestão e Operações, Sérgio Mendes, a gestão da Seduc tem democratizado os recursos por meio do programa Pró-Escola, no intuito de melhorar as condições para os estudantes terem um lugar digno para receber o conhecimento e questões práticas da vida. “Hoje temos o uniforme, merenda, kit escolar e não vamos parar por aí. Queremos a revitalização da Rede Municipal para que tenhamos escolas aptas na educação das crianças, adolescentes e adultos”, finalizou.

PRÓ-ESCOLA

Desde o início de 2017, cerca de 50 escolas da Rede Municipal de Ensino de Contagem foram contempladas com algum tipo de reforma pontual. Agora, as instituições passarão por revitalizações de grande porte. Serão investidos R$ 10 milhões por meio do Programa Pró-Escola, lançado pela Secretaria Municipal de Educação. A necessidade das obras foi avaliada pelos diretores escolares e cada unidade apontou até cinco intervenções para melhoria da estrutura do prédio.

Das 115 unidades da Rede Municipal, 100 fizeram as solicitações de reforma. As prioridades foram definidas pelos dirigentes escolares. Cada diretor teve autonomia para baixar um formulário disponível no portal da Secretaria de Educação (Estuda Contagem) e elencar as obras necessárias na instituição de ensino. Além de pinturas, serão feitas reformas de telhados, rede de esgoto, banheiros, salas de aula, muros e quadras poliesportivas, dentre outras.

Reportagem: Leonardo Melo
Fotos: Geraldo Tadeu
Publicação: 08/08/2019

Secretários de Educação e de Obras vistoriam serviços de melhoria na Escola Municipal Estudante Leonardo Sadra

São investidos R$ 418 mil na reforma do telhado, piso, banheiros e parte elétrica

A secretária municipal de Educação, Sueli Baliza, a subsecretária de Ensino, Dagmá Brandão. O subsecretário de Gestão e Operações, Sérgio Mendes e o secretário de Obras, João Batista Mares Guias visitaram o andamento das obras de melhorias da Escola Municipal Estudante Leonardo Sadra, localizada na Rua Joaquim Camargos, no centro de Contagem.

As obras foram iniciados em 7 de janeiro e contemplam reforma de telhado, piso, banheiros, além de melhorias na parte elétrica. O investimento será de R$ 418 mil. A equipe responsável trabalha para que os serviços sejam estregues até o início do ano letivo, 18 de fevereiro.

“Acreditamos que com apoio da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos teremos um trabalho ágil para que até o início das aulas possamos estar com a escola pronta para recebermos os estudantes. Está sendo feita uma melhora substancial na escola. O telhado estava muito danificado e um conjunto de elementos farão dessa obra um prédio modelo, do jeito que sempre foi para cidade de Contagem”, destacou a secretária municipal de Educação, Sueli Baliza.

Reportagem: Nelson augusto
Foto: Paulo Pereira
Publicação: 23/01/2019

Iniciada reforma no telhado da Escola Municipal Estudante Leonardo Sadra

Antiga reivindicação da comunidade escolar, a reforma geral do telhado da E. M. Estudante Leonardo Sadra começou na quarta-feira (10) e tem previsão de conclusão para abril, com investimento aproximado de R$ 400 mil

A Escola Municipal Estudante Leonardo Sadra, fundada há 28 anos, atende mais de 900 alunos do Ensino Fundamental I e da Educação de Jovens e Adultos (EJA), na Regional Sede, e passará por uma reforma geral no telhado. A intervenção teve início semana passada e a previsão é que a obra seja concluída até o mês de abril deste ano. O objetivo é oferecer um lugar adequado para a aprendizagem e zelar pelo patrimônio público. O investimento é de aproximadamente R$ 400 mil.

A obra está sendo feita pela Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Seduc). Para o subsecretário de Gestão e Operações da Seduc, Sérgio Mendes, proporcionar um ambiente adequado para o ensino é fundamental para aprendizagem. “Um dos focos da atual gestão é melhorar o ambiente escolar para que os alunos e funcionários tenham mais conforto, pois isso vai influenciar diretamente na qualidade do ensino e também vai estimular o interesse dos alunos no aprendizado”, ressalta.

A obra era uma reivindicação antiga da comunidade escolar. Segundo a diretora, Joana D’Arc Moreira, o telhado apresenta problemas há anos. “Por diversas vezes já tentamos resolver essa situação em outras administrações, mas até então não fomos atendidos. Estou contente e agradecida de assumir a direção da escola novamente e desta vez com essa conquista tão sonhada. Melhorar o ambiente é fundamental para a qualidade do ensino”, destaca.

Reportagem: Nayara Vianna
Foto: Paulo Pereira
Publicação: 16/01/2019

Escola Municipal Coronel Antônio Augusto Diniz Costa recebe reforma geral

O objetivo da reestruturação é oferecer um ambiente adequado aos estudos

Em 1969 foi fundada a Escola Municipal Coronel Antônio Augusto Diniz Costa, e com o passar dos anos o colégio foi sendo ampliado, mas somente neste ano aconteceu a primeira reforma geral. Atualmente, mais de 800 alunos do ensino fundamental I e II e também da Educação de Jovens e Adultos (EJA) da região Sede, são matriculados na escola. O objetivo da reestruturação é oferecer um ambiente adequado aos estudos. O investimento é de cerca de R$ 2 milhões.

A engenheira Thaís Estanislau, responsável pela obra, conta o que foi feito no local. “Foram substituídas as instalações elétricas e hidráulicas, telhado, muro e pátio frontal. Além da pintura escolhida por votação de acordo com as diretrizes que foram apresentadas”, relata.

Para a diretora Márcia Cândido, um ambiente agradável e harmônico contribui com a valorização dos profissionais e estimula o desenvolvimento do aluno. “Estar num ambiente limpo, com estrutura adequada é fundamental para que as atividades sejam desempenhadas com êxito. Os funcionários realizam suas tarefas com mais facilidade e os alunos demonstram mais interesse em ficar no âmbito escolar. Além disso, a comunidade também se aproxima mais da escola. Para nós, foi uma conquista ver a reforma concluída”, destaca.

Clique AQUI  e confira o antes e depois da reforma.

Reportagem: Nayara Vianna
Fotos: Geraldo Tadeu
Publicação: 06/12/2018

Umei São Judas Tadeu é revitalizada

A Umei que atende cerca de 160 alunos, com faixa etária entre 4 e 5 anos, em Nova Contagem, foi totalmente reformada.

A Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos, entregou uma chave simbólica à Secretaria Municipal de Educação da Unidade Municipal de Educação Infantil (Umei) São Judas Tadeu, nessa segunda-feira (17). A chave representa a entrega da Umei que atende cerca de 160 alunos, com faixa etária entre 4 e 5 anos, em Nova Contagem, totalmente reformada.

A escola fundada em 2003 atendia alunos do ensino fundamental, desde 2010 passou a atender a educação infantil. O investimento é de cerca de R$ 200 mil para oferecer mais conforto e melhorar a qualidade do ensino. É a primeira vez que a escola passa por uma reforma completa. Em 2011 houve uma reforma, porém não atendeu todas as necessidades, foram feitos apenas o telhado da parte da frente, os pisos do parquinho e do pátio.

A engenheira responsável pela obra de manutenção, Thaís Estanislau, explica a importância do projeto. “As intervenções são planejadas de acordo com a necessidade de cada escola. Na Umei São Judas Tadeu, foram feitas intervenções no muro, cobertura termo-acústica, pintura, supressão de árvores que causavam danos, arquibancada, troca de piso, substituição de vidros quebrados e uma rampa de acessibilidade”, ressalta.

Em 2018, a Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria de Obras e Serviços Urbanos (Semobs), já realizou reformas gerais em quatro unidades, visando a acessibilidade para facilitar a inclusão de pessoas com deficiência. O subsecretário da Seduc, Sérgio Mendes, explica que um dos fatores que contribuem com a melhoria do ensino é a reforma na escola. “A satisfação dos profissionais envolvidos, o ambiente limpo e adequado para o aprendizado estimula a vontade de aprender e consequentemente aumenta a qualidade do ensino. Estamos trabalhando para que até o final desta gestão 100% das escolas sejam reformadas”, destaca.

O administrador da regional Vargem das Flores, Sebastião Pedro de Araújo, mais conhecido como “Tiãozinho da sorveteria”, pede que a população ajude a preservar as benfeitorias. “Todo trabalho que estamos fazendo será em vão se a população não colaborar e não nos ajudar a fiscalizar. Peço aos pais e às lideranças para nos ajudar a conscientizar os jovens que cuidem do patrimônio público. Qualquer ato de vandalismo deve ser denunciado para que nossas crianças desfrutem de um ambiente limpo e apropriado para o aprendizado. Os recursos que são investidos para recuperar danos podem ser utilizados em outras melhorias para a comunidade se cada um fizer sua parte”, afirma.

Reportagem: Nayara Vianna
Foto: Elias Ramos
Publicação: 19/09/2018

Escola Municipal Prefeito Luiz da Cunha recebe reforma geral

A Semobs, entregou na última segunda-feira (17), para a Secretaria Municipal de Educação (Seduc) e para a comunidade, uma escola totalmente reformada.

A Escola Municipal Prefeito Luiz da Cunha localizada no Centro de Contagem atende mais de 500 alunos da região Sede no ensino fundamental I e II (1º ao 9º ano). Fundada em 1991, a escola ainda não havia sido totalmente reformada. A Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos (Semobs), entregou nessa segunda-feira (17) para a Secretaria Municipal de Educação (Seduc) e para a comunidade, uma escola totalmente reformada. O intuito é contribuir para que o aprendizado seja cada vez mais eficiente. E proporcionar um ambiente agradável para alunos e colaboradores. O investimento da reforma é de cerca de R$ 1,1 milhão.

A diretora da escola, Neide Santos, afirma que o sonho de ter uma escola nova e funcional foi realizado. “A comunidade que a escola atende é carente e precisava de um lugar que aguçasse a vontade de estudar dos alunos. Quando eles receberam um ambiente totalmente reformado, limpo e adequado aos estudos se sentiram estimulados. Sentimos que a atual gestão está comprometida com a qualidade do ensino dando a devida atenção ao desempenho das atividades que desenvolvemos. Há anos estávamos lutando por melhorias deste porte, porém só eram feitas reformas paliativas que não solucionavam os problemas de fato e hoje temos uma escola acessível e apropriada”, salienta.

A escola ficou mais colorida, acessível, com telhado termo acústico, o piso revitalizado, com as instalações hidráulicas e elétricas funcionando. O subsecretário de planejamento e projetos da Semobs, Luiz Otávio Caetano da Fonseca, reforça a importância que tem sobre o cuidado que a comunidade deve ter para com a escola. “Eu fico muito satisfeito quando a Prefeitura conclui uma obra deste porte e contribui para melhorar a educação. Depois do esforço que fizemos, agora é a vez da comunidade adotar a escola e cuidar do que é deles. Manter o ambiente limpo e organizado é fundamental para que o patrimônio se mantenha agradável. Se os alunos, colaboradores e a comunidade ao redor adotar a escola como se fosse a extensão da própria casa, com certeza o espaço será conservado por bastante tempo”, reforça.

Reportagem: Nayara Vianna
Fotos: Elias Ramos
Publicação: 18/09/2018

Novas cores tornam ambiente do anexo Mariângela Bonfim Frederico mais harmonioso

A Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos (Semobs) está executando, desde novembro de 2017, os serviços de pintura em 83 unidades escolares. Das 83, 29 unidades já tiveram os serviços de pintura finalizados.

O anexo Mariângela Bonfim Frederico, que integra a Escola Municipal Domingos Diniz Moreira, está de cara nova e sendo muito elogiada pelos alunos, servidores e comunidade do bairro Monte Castelo, na Regional Eldorado. Com o serviço de pintura iniciado no último mês de julho, foi contemplada toda a estrutura da edificação. As paredes, tetos, esquadrias, muros, passeio, portões e pisos foram totalmente revitalizados. Foi realizada em cada escola uma votação onde alunos, pais e servidores puderam escolher a pintura a ser realizada. A Unidade atende 170 alunos de 4, 5 e 6 anos.

A Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos (Semobs) está executando, desde novembro de 2017, os serviços de pintura em 83 unidades escolares. Das 83, 29 unidades já tiveram os serviços de pintura finalizados.

Segundo o engenheiro Thiago Leite os serviços foram finalizados em agosto, obtendo um resultado muito favorável, alcançando as expectativas da direção, alunos e da comunidade atendida pela unidade em questão.

De acordo com a diretora do anexo Mariângela, Sônia Alves Doetling, a pintura deu um novo aspecto ao espaço. “Já aguardávamos essa revitalização há anos. Ficou lindo e as crianças amaram. Todo o anexo foi revitalizado e deu outra vida aos ambientes. Mantivemos o grafite feito na fachada e estamos agora na expectativa para que a Escola Municipal Domingos Diniz Moreira também receba intervenções”, salientou.

Estão previstos investimentos de R$44 milhões em reformas das unidades educacionais. Ao todo, 115 escolas sofrerão intervenções, entre pinturas e reformas.

Para padronização das pinturas foi elaborado um memorial descritivo com o objetivo de criar um ambiente escolar mais harmonioso, que remeta de fato o ambiente escolar, resgatando o interesse dos alunos e orientadores pela convivência escolar e consequentemente a melhoria do ensino ali compartilhado.

Reportagem: Stella Santiago
Fotos: Ricardo Lima
Publicação: 29/08/2018