Posts com a Tag ‘Formação’

Instrutores de LIBRAS da Rede Municipal de Contagem participam de formação

O curso é ofertado, gratuitamente, por meio da Secretaria Municipal de Educação

Por meio de um convênio firmado entre a Secretaria Municipal de Educação com a Sociedade Cultural e Religiosa de Contagem, 11 instrutores de Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) participam de uma formação em serviço. O curso tem o objetivo de capacitá-los para o atendimento diário à estudantes surdos, matriculado na Rede de Municipal de Ensino. “A capacitação é importante também para padronizar o atendimento, que interfere diretamente na aprendizagem do aluno”, destacou a técnica de LIBRAS da Sociedade Cultural e Religiosa de Contagem, Bárbara Gonçalves Guimarães Silva.

Durante a formação os instrutores aprendem técnicas para aprimorar a comunicação com os estudantes. O curso tem duração de quatro horas. Atualmente Contagem possui 11 instrutores contratados, que atuam no Atendimento Educacional Especializado. Eles são responsáveis por ensinar a língua de sinais aos estudantes e auxiliá-los em sala de aula.

Reportagem e foto: Nelson Augusto
Publicação: 01/04/2019

Seduc inicia processo de formação continuada em Educação das Relações Étnico-Raciais

A temática consta na rede de formação de todos os segmentos: Infantil, Fundamental e EJA.

A Secretaria Municipal de Educação (Seduc), iniciou o processo de formação continuada em Educação das Relações Étnico-Raciais. O primeiro módulo contou com ampla participação dos servidores das UMEIS e rede conveniada. O curso faz parte da rede de formação conhecimento, experiências práticas e diálogo. Serão realizados 4 encontros ao longo de 2019.

A proposta da formação é trabalhar as relações étnico-raciais na educação infantil a partir de análises e compreensão da construção histórica e social do racismo. Além da compreensão dos processos históricos estruturantes do racismo, busca refletir sobre estratégias para superação do racismo a partir da legislação vigente, e para a implementação de ações voltadas para a educação das relações étnico-raciais.

“A formação continuada é a base para a consolidação de projetos pedagógicos que visem o estudante em sua diversidade, com respeito e entendimento das diferenças. Educar para a igualdade racial, pressupõe reconhecer que a escola é o espaço da alteridade e estar atento à função social da escola. As metodologias e planejamento contribuem para o processo de transformação, no entanto, não transforma em si só pensamentos estruturados que são parte de construções sociais. Necessário compreender o espaço escolar para além da formalidade do ensino. A escola é um espaço sócio e cultural, logo é o lugar das diferenças. A educação é fundamental para a construção positiva da identidade racial”, destacou diretora de Educação das Relações Étnico-Raciais, Direitos Humanos e Cidadania da SEDUC, Rosângela da Silva.

Ao longo dos quatro módulos será possível estimular práticas pedagógicas de educação das relações étnico-raciais e trocar experiências entre as unidades escolares do município de Contagem.

Reportagem: Nelson Augusto
Foto: Divulgação
Publicação: 21/03/2019

Funec promove 1° Encontro para formação para professores

Cerca de 40 servidores da instituição de ensino participaram do evento

A Fundação de Ensino de Contagem (Funec) promoveu o 1° Encontro para formação dos servidores na instituição de ensino. O evento foi iniciado com um bate papo sobre experiências em sala de aula, com o tema “Diálogos que valorizam a produção de uma gestão democrática na educação”. Os participantes analisaram as concepções, o que favorece e o que dificulta a produção de uma educação mais inclusiva e uma gestão democrática nas unidades de ensino.

“A Funec está retomando o hábito de formação dos profissionais para que possamos compartilhar a respeito do processo de ensino, compartilhar experiências e adquirir conhecimentos”, destacou a vice-diretora da Funec Inconfidentes, Mônica Garcia Pontes.

Foram apresentados os conceitos que facilitam a análise das lógicas educacionais nas unidades da Funec e traçados marcadores que possam contribuir para fortalecer o processo de aprendizagem no ambiente escolar.

Reportagem: Nelson Augusto
Foto: Divulgação
Publicação: 21/03/2019

Profissionais de apoio à inclusão participaram da segunda formação presencial

A formação foi promovida pela Secretaria Municipal de Educação, por meio do Departamento de Educação Inclusiva.

No último dia 15 de março, os profissionais de apoio à inclusão (cuidadores, estagiários, intérpretes e instrutores de Libras), que acompanham diariamente os estudantes com deficiência nas escolas, finalizaram a segunda formação presencial. A formação ocorreu na Escola Municipal Heitor Villa Lobos e foi promovida pela Secretaria Municipal de Educação, por meio do Departamento de Educação Inclusiva.

“A formação tem o objetivo de alinhar com os profissionais de apoio as diretrizes da política de atendimento da educação especial. Mostrar as suas atribuições, como deve ser a atuação dentro do ambiente escolar, e assim evoluirmos para qualificar nosso atendimento aos estudantes com deficiência, matriculados na rede de ensino municipal”, destacou a superintendente de Projetos Especiais e Parcerias, Ludmilla Skrepchuk Soares.

Na formação foi apresentada a Legislação Brasileira de Inclusão (LBI), e alguns projetos que a Seduc está realizando nesse ano de 2019, como por exemplo, alfabetização de surdos e educação física inclusiva. Além disso, assistiram a palestras, apresentação cultural com dança de cadeira de rodas, capoeira e percussão inclusiva, apresentada pelos estudantes da Escola Municipal Antônio Carlos Lemos.

Reportagem: Nelson Augusto
Foto: Geraldo Tadeu
Publicação: 20/03/2019

Dirigentes da Educação Infantil participam da primeira Formação de 2019

Novo formato da formação em Serviço vai beneficiar todos os profissionais da Rede de Ensino

A Secretaria Municipal de Educação deu início à formação em Serviço dos dirigentes escolares da Educação Infantil. Todos os diretores e vice-diretores que atuam nas escolas da Rede Municipal de Ensino participaram da formação sobre conhecimentos e habilidades na gestão das escolas.

“Esse conhecimento traz um desafio grande, pois, essas escolas atendiam somente o Ensino Fundamental, por isso, avaliamos ser necessário a presença deles nesse primeiro módulo para que entendam mais sobre a Educação Infantil e como gerir o segmento”, destacou a diretora da Educação Infantil, Mayrce Terezinha da Silva Freitas.

A secretária Municipal de Educação, Sueli Baliza, a subsecretária de Ensino, Dagmá Brandão, e o subsecretário de Gestão e Operações, Sérgio Mendes participaram da Formação.

Nesse ano, a Formação em Serviço foi ampliada. A partir de agora, todos os educadores participarão dos cursos. São beneficiados educadores da Educação Infantil, Ensino Fundamental, Educação de Jovens e Adultos (EJA). 

A Rede de Formação tem como objetivo qualificar os profissionais para a incorporação prática das intencionalidades educativas previstas nos Referenciais Curriculares de Contagem. Os cursos oferecidos propiciam vivências didáticas que articulem conhecimentos teóricos com dimensões da prática pedagógica com o foco principal na aprendizagem dos estudantes.

Reportagem: Nelson Augusto
Foto: Geraldo Tadeu
Publicação: 08/03/2019

Seduc dá início à nova Rede de Formação

Inscrições para as formações devem ser feitas pela internet

Começou nessa quinta-feira (21), o Programa Rede de Formação 2019 da Rede Municipal de Ensino de Contagem. A aula “Coletivo de Professores da Educação Física Narradores de seus Saberes e Fazeres” foi ministrada pelo professor Admir Soares de Almeida Junior, pesquisador vinculado ao Grupo de Pesquisa em Educação Física Escolar do PROEFE/UFMG. No curso, o grupo de professores de Educação Física foi convidado a narrar suas experiências docentes e a escrever sobre suas aulas, como forma de refletir e fazer circular um conjunto de saberes produzidos na prática pedagógica. Eles ainda debateram sobre a construção de novas possibilidades pedagógicas na disciplina de Educação Física.

Para o professor Leonardo Teodoro da Silva, da Escola Municipal Heitor Villa-Lobos, o Programa Rede de Formação faz com que os profissionais tenham instrumentos para preparar aulas baseadas em metodologias atuais. ” É uma oportunidade fantástica, pois temos a possibilidade de rever colegas, de conversar e refletir sobre a prática e pensarmos o que iremos fazer na escola. ”, destacou.

A Nova Rede de Formação de Contagem
A Rede de Formação 2019 terá um diferencial. A partir de agora, todos os educadores participarão dos cursos, incluindo diretores, estagiários de inclusão e cuidadores; por exemplo. Serão beneficiados educadores da Educação Infantil, Ensino Fundamental, Educação de Jovens e Adultos (EJA). O número de vagas para a formação também foi ampliado. Em 2018, 1.170 educadores participaram de formações. Para 2019 serão 8 mil vagas.

Para participar da Rede de Formação é preciso realizar a inscrição pela internet (CLIQUE AQUI).

Reportagem: Júlio César Santos
Publicação: 22/02/2019

Estão abertas as inscrições para a Rede de Formação 2019

Inscrições devem ser feitas pela internet

A Rede de Formação tem como objetivo qualificar os profissionais para a incorporação prática das intencionalidades educativas previstas nos Referenciais Curriculares de Contagem. Os cursos oferecidos visam propiciar vivências didáticas que articulem conhecimentos teóricos com dimensões da prática pedagógica relativa aos processos de Ensino, Avaliação, Planejamento e Intervenções Pedagógicas, tendo como foco principal as Aprendizagens de todos os estudantes.

A Formação Continuada em Serviço acontecerá no turno de trabalho, sendo necessária a organização do coletivo da escola, pela equipe gestora, para a realização da inscrição.

Os links para inscrição estão divididos por segmento, conforme disponível no Caderno Rede de Formação 2019: Conhecimentos, Experiências, Práticas e Diálogos. A temática de Educação das Relações Étnico-Raciais está contida em todos os curso da Educação Básica. A confirmação da participação, acrescida de data, horário e local será encaminhada posteriormente, por e-mail, pela Seduc, considerando a ordem de inscrição. As vagas são limitadas. 

LINKS

Educação Infantil
https://forms.office.com/Pages/ResponsePage.aspx?id=gIynVQJPNkmKvnxHJRxs_iFCAyts0cNCvAPaJzDC7nBUQktZVkNCTFYyWjg2OEM1M0IzQkk0RDNOVC4u

Ensino Fundamental
https://forms.office.com/Pages/ResponsePage.aspx?id=gIynVQJPNkmKvnxHJRxs_iFCAyts0cNCvAPaJzDC7nBUOE0zNlJLTk9JMTRLT0lDNko2OUxJN0oxRi4u

Educação de Jovens e Adultos
https://forms.office.com/Pages/ResponsePage.aspx?id=gIynVQJPNkmKvnxHJRxs_iFCAyts0cNCvAPaJzDC7nBUQ0Y1TDFMUktWUTM0N1BSUlpBN0hUMktQWC4u

Educação Integral
https://forms.office.com/Pages/ResponsePage.aspx?id=gIynVQJPNkmKvnxHJRxs_iFCAyts0cNCvAPaJzDC7nBUREE3UUdaUVAzTTBDTjc4TVM2VjczVzZQTC4u

Professores do AEE Profissionais de Apoio à Inclusão
https://forms.office.com/Pages/ResponsePage.aspx?id=gIynVQJPNkmKvnxHJRxs_iFCAyts0cNCvAPaJzDC7nBUN0NEWE1XNVA1UFlJRkg0UUxYSE1CSk85Ty4u

Pedagogos do Ensino Fundamental
https://forms.office.com/Pages/ResponsePage.aspx?id=gIynVQJPNkmKvnxHJRxs_iFCAyts0cNCvAPaJzDC7nBUOEw2SVJBWlNZTUFXVEJMMVpXNjFUS0I4My4u

Publicação: 19/02/2019

Servidores da Seduc participam da Semana de Formação. O objetivo é capacitar e apresentar a organização e a estrutura do trabalho que será desenvolvido em 2019.

Secretaria de Educação promove Semana de Formação para equipe técnica

Objetivo é capacitar e apresentar a organização e a estrutura do trabalho que será desenvolvido em 2019

Com objetivo de capacitar e planejar as ações do ano de 2019, a prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria Municipal de Educação, está promovendo entre os dias 28 de janeiro e 1º de fevereiro a Semana de Formação da Equipe Técnica da Seduc. A abertura foi realizada pela secretária municipal de Educação, Sueli Baliza, e pela subsecretária de Ensino, Dagmá Brandão.

“A equipe técnica da Secretaria Municipal de Educação de Contagem está envolvida no processo de alinhamento das ações para potencializar o trabalho pedagógico em 2019. São muitos os desafios, mas na certeza de que com planejamento e envolvimento de todos, iremos avançar na construção de uma Política de Educação com foco na aprendizagem de todos os estudantes. Finalizaremos a semana com um seminário interno de abertura do ano letivo selando o compromisso com a qualidade da Educação com todos da Seduc.”, destacou a diretora do Ensino Fundamental da Secretaria Municipal de Educação, Cristiana Chaves de Oliveira.

Sessenta servidores participam das atividades. Eles pertencem às equipes de Educação Infantil e Ensino Fundamental e Educação Inlcusiva, comparticipação das professoras do  Atendimento educacional Especializado (AEE). “Cada dia é um aprendizado, embora estejamos no 3º dia, saio cheia de coragem, porque a Seduc está possibilitando uma integração, unificando todos os projetos. A gente fica mais fortalecida e vê que não estamos sozinhos na escola”, destacou a professora de AEE  da Escola Municipal Virgílio Melo Franco, Margareth Gomes da Costa.

Confira mais fotos da formação AQUI.

Reportagem e fotos: Nelson Augusto
Publicação: 30/01/2019

Assistentes do Programa Mais Alfabetização passam por formação

Encontro foi uma forma de capacitar ainda mais os educadores que atuam na alfabetização de crianças

Os assistentes do Programa Mais Alfabetização, que atuam nas turmas do 1º e 2º anos do Ensino Fundamental, das escolas municipais de Contagem, passaram por uma formação continuada. O foco é possibilitar a discussão e análise dos resultados dos trabalhos desenvolvidos com os estudantes em sala de aula.

Durante todo o dia, 120 profissionais discutiram sobre organização as metodologias do programa, as atribuições do cargo e os métodos pedagógicos aplicados para auxiliar os estudantes no aprendizado.

O Programa Mais Alfabetização é realizado em 55 escolas de Ensino Fundamental da Rede Municipal de Ensino. Os assistentes de alfabetização têm papel de auxiliar o trabalho do professor em sala de aula. Eles orientam os estudantes que apresentam dificuldades em relação à leitura, escrita e matemática.“O programa tem o objetivo da consolidação da alfabetização nos dois primeiros anos do ensino fundamental. A partir da avaliação da determinada dificuldade, o professor direciona o assistente para trabalhar as atividades que não foram consolidadas na alfabetização”, destacou a coordenadora do Programa Mais Alfabetização em Contagem, Tatiane Maria Braga.

Os assistentes de alfabetização podem utilizar jogos, brincadeiras e instrumentos lúdicos para despertarem nas crianças a lógica de funcionamento da escrita e leitura.

Reportagem: Júlio César Santos
Fotos: Geraldo Tadeu
Publicação: 07/11/2018