Posts com a Tag ‘Formação’

Seduc firma parceria inédita com a Fundação Lemann

Município está entre os quatro selecionados no Brasil para receber assessoria educacional

De forma inédita, a Secretaria Municipal de Educação (Seduc), firmou uma parceria com a Fundação Lemann, organização sem fins lucrativos voltada à inovação, gestão, políticas educacionais e à formação de jovens talentos. O objetivo é melhorar a educação nas escolas de Contagem e alinhar com os educadores e diretores o desenvolvimento profissional e o aperfeiçoamento das práticas de gestão nos processos pedagógicos.

Contagem é o único município de Minas Gerais a receber consultoria do Fundação Lemann. A cidade foi escolhida para participar do programa Formar após participar de uma seleção com aproximadamente 50 municípios. “Por meio da seletiva vimos que Contagem é um ambiente propício para melhores resultados na educação. Além disso a Secretaria de Educação facilitou a abertura para o nosso trabalho. estamos satisfeitos em formar essa parceria em prol da melhoria da qualidade de ensino de Contagem”, afirmou a administrada da Fundação Lemann, Mariana Lopes Fontoura.

A consultoria é realizada de forma gratuita pela Fundação. Durante três anos, todas as 68 escolas de ensino fundamental receberão visitas técnicas para elaboração de diagnósticos para o desenvolvimento e excelência do serviço prestado. Além disso o programa propõe alternativas para solucionar os desafios nas políticas educacionais, tais como: currículo, avaliações padronizadas, formação de professores e acompanhamento pedagógico.

Profissionais da Fundação Lemann visitam a E.M. Maria do Amparo

Três representantes da Fundação Lemann já estão em Contagem. Eles se reuniram com o Secretário Municipal de  Educação, Joaquim Antônio Gonçalves e membros da equipe pedagógica da Seduc. Além disso fizeram visitas a escolas da cidade para conhecer o perfil do ensino municipal e traçar diretrizes de trabalho.”Ter o respaldo de profissionais capacitados é excelente. A parceria vai proporcionar melhorias na educação no município”, destacou a diretora da Escola Municipal Maria do Amparo, Sandra Mary Melo.

 

O programa Formar é uma parceria entre a Fundação Lemann e redes públicas de educação de todo o Brasil. A parceria já acontece em 17 redes públicas, apoiando mais de 1500 profissionais da educação entre equipes das secretarias, gestores escolares e professores, além de contribuir com a aprendizagem de mais de 600 mil estudantes no país.

Reportagem: Leonardo Melo
Fotos: Leonardo Melo/Newton de Castro Resende
Publicação: 21/03/2018

Novos secretários escolares passam por curso de capacitação

Encontro tem o foco de preparar o servidor para o atendimento de qualidade

Os trinta secretários escolares recém contratados passarão por um curso de capacitação nesta sexta-feira (9). A formação será no Centro Universitário UNA e terá duração de quatro horas. Durante o curso eles irão conhecer a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) e metodologias do ensino municipal.

Os servidores também conhecerão as atribuições do cargo. O secretário escolar é responsável por realizar matrículas e transferências, emitir documentos e atender o público. “Queremos preparar o profissional para que eles possam prestar o serviço com eficiência e atender a comunidade escolar da maneira que ela merece”, explicou a analista de gestão educacional, Dulce Marliere.

Os novos contratados já estarão nas secretarias no início do ano letivo, 19 de fevereiro. As novas contratações vão agilizar ainda mais o atendimento à comunidade escolar.

Reportagem: Leonardo Melo
Arte: Renata Coura
Publicação: 08/02/2018

Educadores infantis passam por capacitação pedagógica

O objetivo é preparar os profissionais e promover uma educação de qualidade

Na casa de Michelle de Souza o clima é de expectativa. A partir do dia 19 de fevereiro, as filhas gêmeas de dois anos irão para a escola pela primeira vez. A confeiteira, moradora do bairro Água Branca, fez o cadastro escolar e conseguiu as vagas paras as crianças. “Agora vou conseguir focar mais no trabalho. A minha alegria é saber que minhas filhas terão grandes oportunidades de aprendizagem”, comemorou.

Além das garotinhas Letícia e Heloisa, outras 1935 crianças, entre 0 a 3 anos, irão estudar na rede municipal de ensino. Um aumento de 48% se comparado a 2016. 

O aumento no número de vagas é só uma das novidades para este ano. Também em 2018 o governo passa a atender na rede própria crianças de 0 a 1 ano. A atual gestão também zerou o déficit de vagas para estudantes de 4 e 5 anos no município. E para que as crianças recebam educação e cuidados adequados, os educadores vão passar por capacitações.

Seminário de Educação Infantil de Contagem

Na próxima semana, seiscentos professores, pedagogos, agentes de educação e diretores participarão do Seminário de Educação Infantil de Contagem. Com o tema “Cuidar e Educar: caminhos possíveis”, o evento vai abordar as metodologias pedagógicas e protocolos de saúde para a faixa etária de 0 a 3 anos.

O seminário será dividido em palestras e oficinas. Serão doze temas em pauta como alimentação saudável, primeiros socorros, trabalho pedagógico e a importância das brincadeiras. “O profissional de educação infantil deve ser afetuoso. A nossa proposta é qualificar teoricamente e também na prática. Estamos preparando uma formação de grande porte e com um material de qualidade”, enfatizou a coordenadora de educação infantil, Liliane Melgaço.

Os participantes não precisam fazer inscrição. O credenciamento será realizado meia hora antes do evento. O Seminário de Educação Infantil será realizado no dia 15 de fevereiro, às 7h30 na PUC Contagem. O endereço é rua Rio Comprido, 4580, bairro Cinco, Contagem.

Confira aqui a cartilha com as orientações quanto à saúde infantil. 

Reportagem: Leonardo Melo
Fotos: Luíz Henrique Grossi/Divulgação
Publicação: 06/02/2018

Educadores são capacitados para modernização das bibliotecas escolares

Investimentos preveem melhorias em infraestrutura, informatização e mais opções de livros para estudantes.

Até o dia 13 de agosto, os bibliotecários e auxiliares de biblioteca da rede municipal de ensino de Contagem passarão por cursos de aperfeiçoamento. A capacitação faz parte do projeto de formação continuada dos educadores do município. O módulo aborda a “Biblioteca Escolar como Espaço Educativo”. Durante as palestras foram apresentadas as propostas e diretrizes referentes às estruturas e logísticas das bibliotecas da escolas municipais. O participantes puderam entender como ocorrerão a reorganização e padronização do sistema de empréstimo de livros, o alinhamento das atividades às propostas pedagógicas, o levantamento de títulos literários disponíveis em todas as unidades escolares e o fomento de atividades dentro das bibliotecas.

A bibliotecônoma, Creuza Almeida, explicou que a formação propõe um olhar reflexivo sobre o espaço da biblioteca nas escolas e como ele é fundamental na vida do estudante. “Pensamos na formação como chave fundamental na construção do conhecimento para os alunos”, destacou.

Ao todo, 190 profissionais da educação infantil, ensino fundamental e ensino médio (Funec) participam das atividades que terão 40 horas aulas. O Secretário Municipal de Educação, Joaquim Antônio Gonçalves, participou de uma das aulas. Joaquim explicou sobre o pacote de investimento que as escolas receberão. “Todas as bibliotecas serão modernizadas. Além de reformas, elas terão sistema informatizado”, explicou o secretário.

Gonçalves ainda anunciou que a Secretaria Municipal de Educação vai adquirir 25 mil livros para as escolas. Desde 2012 a administração não investia em compras de títulos literários.

Reportagem: Leonardo Melo
Fotos: Elias Ramos

Seduc realiza ciclo de palestras para pedagogos e dirigentes da rede municipal de ensino

Seminário apresenta novos conceitos para a educação.

O seminário “Inovar para Transformar” tem o objetivo de capacitar os profissionais para que desenvolvam metodologias inovadoras e diferenciadas para a educação. Três palestrantes vão falar de temas como neurociências, tecnologias em sala de aula e o aluno como protagonista.

As palestras vão acontecer no dia 7 de julho, em dois turnos. O primeiro painel começa às 8h30. Já o segundo, às 13h30. Os pedagogos não precisam fazer inscrições. Já os diretores e vices devem preencher um formulário, gratuitamente, no portal Estuda Contagem. No campo “Formulários” clique no ícone “Seminário de Dirigentes” ou acesse o link: https://goo.gl/CzxfzC. As inscrições vão até o dia 5 de julho.

O seminário será realizado na UNA Contagem, que fica na avenida João César de Oliveira, 5775, bairro Beatriz. Mais informações pelos telefones 3356 6707 e 3352 5786.

Pedagogos capacitados para as novas regras de avaliação

Ano letivo passa a ser dividido em bimestres no ensino fundamental

O grupo de formação da Secretaria Municipal de Educação se reuniu com os pedagogos que atuam no ensino fundamental da rede pública de Contagem para traçar as mudanças na aplicação de notas e planejamento de ciclos. A proposta é dividir o ano letivo em bimestres e aplicar conceitos em forma de notas numéricas.

Anteriormente, o ano letivo era dividido em trimestres e os estudantes eram avaliados por meio de letras (conceitos). A nova medida visa monitorar de forma mais frequente o aprendizado. “O intuito é conseguirmos alcançar notas cada vez maiores e melhorarmos a aprendizagem dos alunos”, destaca Simone Carneiro, formadora pedagógica.

Os pedagogos também receberam informações sobre o diário escolar, que deixa de ser utilizado apenas para o registro de presença e se torna um documento para inserção das avaliações sobre o rendimento do aluno em sala de aula. Além disso, toda a rede deve ter o currículo escolar alinhado.

Segundo a formadora pedagógica Lucimara Silva, a intenção é que todas as escolas municipais trabalhem, simultaneamente, com a mesma grade. “Vai gerar mais organização. O estudante que muda de escola encontra um currículo completamente diferente, o que atrapalha a continuidade de aprendizado”, comentou.

Os debates fazem parte do projeto de formação continuada de educadores da rede municipal de ensino. Ao todo, serão oito módulos. Os profissionais da educação já estão colocando em prática o aprimoramento do trabalho com os alunos. “Essa troca de experiência é fundamental. Servidores e estudantes só têm a ganhar”, enfatizou a pedagoga Arlete Gomes.

Reportagem: Leonardo Melo
Fotos: Newton de Castro Resende